Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13636
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Escola de economia rural doméstica: ensino secundário profissionalizante no Triângulo Mineiro (1953-1997)
metadata.dc.creator: Ferreira, Nilce Vieira Campos
metadata.dc.contributor.advisor1: Goncalves Neto, Wenceslau
metadata.dc.contributor.referee1: Schelbauer, Analete Regina
metadata.dc.contributor.referee2: Inácio Filho, Geraldo
metadata.dc.contributor.referee3: Ribeiro, Betania de Oliveira Laterza
metadata.dc.contributor.referee4: Horta, José Silverio Baia
metadata.dc.description.resumo: Em 1953, o Padre Agostinho Zago fundou o Centro de Treinamento em Economia Rural Doméstica em Uberaba, no Triângulo Mineiro, destinado a ministrar cursos para mulheres visando a escolarização do cotidiano doméstico. Esse Centro se tornou o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro. A pesquisa objetivou reconstituir, tanto quanto a documentação e os testemunhos permitiram o percurso e trajetória da escola até 1997 quando o Curso de Economia doméstica se encerrou. Ao mapear a instituição o que se procurou foi contribuir para o registro da memória e funcionalidade da instituição na educação profissional, local e regional, em específico na formação educacional das mulheres. Alguns questionamentos foram levantados: Qual a identidade da escola de economia doméstica? Qual a formação técnica, profissional e formação geral oferecida? A pesquisa se valeu de fontes escritas e documentais como regimentos, livros de atas, matrizes curriculares, programas de curso; imprensa local e oficial; fotografias entre outros documentos. Contou igualmente com testemunhos de servidores que atuaram e se aposentaram de outros que ainda atuam na instituição. As discussões foram eriçadas a partir de uma perspectiva histórica para descrever o percurso da educação secundária profissionalizante para mulheres. A crença a que se chegou foi a de que os rumos da educação feminina se fundamentaram numa ação educativa com consequências. Criado para receber as jovens e prepará-las para o desempenho de papéis femininos tradicionalmente prescritos: mãe, esposa e educadora, a consolidação da Escola de Economia Doméstica representou a expressão prática da aliança tácita entre o Estado e a oligarquia uberabense que procurava uma educação conservadora para suas filhas, constituindo, portanto, uma base estratégica para o programa de civilização da sociedade pela escolarização.
Abstract: Agostinho Zago, in 1953, founded the Training Center on Rural Domestic Economy at Tuticorin, in Triangulo Mineiro, to teach courses for women aimed at the domestic schooling. This center became the Federal Institute of Education Science and Technology of Triangulo Mineiro. The research aimed to reconstruct as far as documentation and testimonies allowed to trace the path and trajectory of the school until 1997 when the course ended and Home Economics, that for many girls, became the instrument of education, social and professional initiation. By mapping the institution what was sought to contribute to the memory register and functionality of the institution in professional education, local and regional level, in particular in the educational background of women. Some questions were raised: What is the identity of the school of home economics? What technical training, vocational and general education offered? The research made use of written sources and documentary as regiments, books, records, arrays curriculum, degree programs, local news and official, photographs and other documents. Also counted with testimonies of servers who worked at the institution. The discussions were bristling from a historical perspective to describe the route of secondary vocational education for women. The belief that has been reached is that the direction of female education were based on educational action with consequences. Created to get young people and prepare them for the performance of traditionally prescribed female roles: mother, wife and educator, the consolidation of the School of Home Economics represented the practical expression of tacit alliance between the state and the oligarchy uberabense who sought an education for conservative his daughters, a strategic basis for the program of civilization of society through schooling.
Keywords: Ensino técnico
Educação para mulheres
Minas Gerais
História da educação
Education technician
Education for women
History of education
Ensino técnico
Educação feminina
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: FERREIRA, Nilce Vieira Campos. Escola de economia rural doméstica: ensino secundário profissionalizante no Triângulo Mineiro (1953-1997). 2012. 294 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13636
Issue Date: 17-Dec-2012
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
t.pdf5.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.