Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13605
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Políticas públicas e formação de professores: vozes e vieses da educação inclusiva
metadata.dc.creator: Silva, Lázara Cristina da
metadata.dc.contributor.advisor1: Rodrigues, Marilúcia de Menezes
metadata.dc.contributor.referee1: Guido, Humberto Aparecido de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Marques, Mara Rubia Alves
metadata.dc.contributor.referee3: Garcia, Rosalba Maria Cardoso
metadata.dc.contributor.referee4: Prieto, Rosângela Gavioli
metadata.dc.description.resumo: Este estudo tem como objeto de análise a questão das políticas públicas de formação de professores e a educação inclusiva, focada na escolarização das pessoas com deficiência intelectual, sensorial e física na escola comum. Objetivos gerais: realizar uma leitura transversal dos referenciais teóricos que fundamentam as políticas públicas brasileiras destinadas à formação docente, presentes nos documentos de caráter normativo/determinativo representados pelas leis e decretos e, aqueles de caráter orientador, referentes à temática da educação inclusiva no que tange ao processo de escolarização das pessoas com deficiências intelectuais, sensoriais e físicas; ainda, analisar aos currículos dos cursos de Licenciatura em: Ciências Biológicas; Geografia; História; Letras; Matemática; Pedagogia; e dos Programas de Pós-graduação stricto sensu nas referidas áreas e/ou equivalentes oferecidos pela UFG, UFMT, UFMS, UFU e UnB, buscando compreender a inserção desta temática nos mesmos. Investigou-se 29 projetos pedagógicos de cursos de Licenciatura, 32 de Programas de Mestrado e de doutorados, nas áreas afins aos das respectivas licenciaturas focos deste estudo. Ainda analisaram-se os Projetos de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UnB, UFMT e UFMS e o Projeto Institucional de Formação e Desenvolvimento do Profissional da Educação da UFU. Resultados do estudo: A análise do conjunto dos documentos nacionais demonstra que: a) apesar de o lócus da educação das pessoas com deficiência intelectual, sensorial e física ser, preferencialmente, a educação comum, as questões relativas a esta temática acontecem em espaços claramente destinados a tal finalidade a educação especial; b) quando abordam a formação docente, não envolvem a escolarização deste grupo de pessoas e, quando o faz, ela é tratada no sentido da diversidade humana; c) as preocupações apresentadas centram-se nas condições de acessibilidade destas pessoas no tocante à estrutura física e adaptação de materiais de apoio e comunicação, não as relacionando aos atos de ensinar e aprender, ações intimamente vinculadas à formação docente. Quanto aos documentos internacionais, destaca-se a presença de uma abordagem ampla dos aspectos relativos à formação docente para a escolarização de pessoas com deficiência intelectual, sensorial e física, demarcando sua importância para a concretização das metas relativas ao oferecimento de educação de qualidade para todos. Quanto aos currículos dos cursos de Licenciatura Ciências Biológicas, Letras, Geografia, História, Matemática e Pedagogia, das Universidades Federais estudadas, um total de 13 (treze) cursos, representando um percentual de 45%, apresenta em seus currículos a presença da discussão sobre Educação Inclusiva e/ou Educação Especial e 16 (dezesseis) deles, equivalente a 55%, não abordam a temática. Dos que abordam a temática, em 46% dos casos, a discussão acontece em disciplinas de natureza obrigatória, envolvendo, assim, todos os estudantes do curso e 54% são optativas. Em suma, no conjunto dos documentos analisados, a inserção da temática relativa à escolarização dos alunos com deficiência intelectual, sensorial e física nos currículos das licenciaturas das instituições lócus do estudo encontra-se em processo inicial, e é um espaço a ser construído em todos os cursos, sinalizando para a necessidade da inserção da temática nos debates institucionais, pois esta não é uma demanda relativa a um curso da instituição, mas o é de toda a instituição, de todas suas licenciaturas.
Abstract: This study has as object of analysis the issue of public policies for teacher formation and inclusive education, focusing on education of people with intellectual, sensory and physical disabilities at common schools. General Purposes: to perform a cross reading of the theoretical references that support the Brazilian public policies for teacher training, represented in the documents of normative/determinative character represented by laws and decrees, and those of mentor character, relating to the theme of inclusive education, in terms of the educational process of people with intellectual, sensory and physical disabilities; also to examine the curricula of graduation courses in: Biological Sciences, Geography, History, Languages and Literature, Mathematics, Pedagogy, and Programs of Post-graduation stricto sensu in these areas and/or equivalent offered by UFG, UFMT, UFMS, UFU and UnB seeking to understand the inclusion of this theme in them. 29 pedagogical projects of graduation teaching courses were investigated, 32 for masters and Ph.D. programs in related areas to the Graduation courses that this study focuses. Also, the Institutional Development Projects (IDP) of UnB, UFMT and UFMS were examined and the Institutional Project of Formation and Development of Education Professionals of UFU. Results of the study: The analysis of these national documents shows that: a) although the locus of education of people with intellectual, sensory and physical disabilities is, preferably, common education, the issues related to this thematic occur in spaces clearly dedicated to this purpose - special education, b) when concerning teacher training, it does not involve the education of this group of people, and when it does, it is treated as human diversity; c) the concerns showed focus on the conditions of accessibility of these people in terms of physical structure and adaptation of support and communication materials, not relating them to acts of teaching and learning, actions closely linked to teacher training. As for international documents, the presence of a broad approach of the aspects related to teacher training for the education of people with intellectual, sensory and physical disabilities is emphasized, demarcating its importance for achieving the targets related to the offering of quality education for all. As for the curricula of graduation courses in Biological Sciences, Languages and Literature, Geography, History, Mathematics and Pedagogy of the studied Federal Universities a total of 13 (thirteen) courses, representing a percentage of 45% shows in their curricula the presence of the discussion about Inclusive Education and/or Special Education and 16 (sixteen) of them, equivalent to 55% do not approach the thematic. Of those which approach this theme, in 46% of the cases the discussion occurs in subjects of compulsory nature, thus involving all students of the course and 54% are optional. In short, in all the documents analyzed, the insertion of the thematic related to the education of students with intellectual, sensory and physical disabilities in the curricula of graduations of the institutions locus of study is in the initial process, being a space to be built in all courses, signaling the need for the insertion of the thematic in the institutional debates, because this is not a demand of one course of institution, but it is a demand of the whole institution, of all its graduation courses for teachers.
Keywords: Professores - Formação
Inclusão em educação
Educação e Estado
Políticas públicas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Educação
Citation: SILVA, Lázara Cristina da. Políticas públicas e formação de professores: vozes e vieses da educação inclusiva. 2009. 344 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13605
Issue Date: 21-May-2009
Appears in Collections:TESE - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
adis.pdf2.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.