Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13567
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Biotecnologia no Brasil : uma análise empírica a partir dos dados da PINTEC
metadata.dc.creator: Rossi, Gabriella Macedo
metadata.dc.contributor.advisor1: Avellar, Ana Paula Macedo de
metadata.dc.contributor.referee1: Botelho, Marisa dos Reis Azevedo
metadata.dc.contributor.referee2: Britto, Jorge Nogueira de Paiva
metadata.dc.description.resumo: O papel da biotecnologia vem sendo objeto de discussão tanto nos países desenvolvidos quando nos países em desenvolvimento. Esse debate se deve ao fato de a biotecnologia ser um campo emergente com grande concentração de conhecimento, que possibilita diversos avanços, principalmente, nas áreas do meio ambiente, saúde e agrícola. A biotecnologia não pode ser tratada apenas como um elemento que compõe um sistema setorial de inovação, pois seu efeito de transbordamento e os impactos em diversos setores demonstram a sua abrangência como paradigma técnico-econômico. O objetivo do trabalho é analisar o perfil das empresas usuárias e/ou produtoras de biotecnologia no Brasil, com intuito de verificar se o seu esforço e desempenho inovativo se assemelham às empresas que não utilizam biotecnologia. Para realizar essa análise empírica, o trabalho utiliza-se de diversas versões da PINTEC/IBGE. Dentre os resultados encontrados pode-se destacar que as empresas biotecnológicas possuem um caráter inovador e colaborativo marcante, dada a natureza complexa da base tecnológica utilizada pelas mesmas.
Abstract: The role of biotechnology has been the subject of discussion in developed and in developing countries. This debate is due the fact that biotechnology be an emerging field with a high concentration of knowledge, enabling many advances, especially in the areas of environment, health and agriculture. Biotechnology cannot be treated as just one element that makes up a sectoral system of innovation, because its spillover effect and impacts on various sectors demonstrate its coverage as a techno- economic paradigm . The objective is to analyze the profile of users and / or producers of biotech in Brazil , in order to verify if your effort and innovative performance resemble those companies that do not use biotechnology. To accomplish this empirical analysis, the work makes use of various versions of PINTEC / IBGE. Among the findings can be noted that biotech firms have an innovative and collaborative striking character, given the complex nature of the technology base used by them.
Keywords: Biotecnologia
Paradigma técnico-econômico
Sistema setorial de inovação
Biotechnology
Techno-economic paradigms
Sectoral system of innovation
Desenvolvimento econômico
Biotecnologia - Aspectos econômicos - Brasil
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: ROSSI, Gabriella Macedo. Biotecnologia no Brasil : uma análise empírica a partir dos dados da PINTEC. 2012. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13567
Issue Date: 12-Jun-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BiotecnologiaBrasilAnalise.pdf769.29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.