Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13556
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Armadilha macroeconômica e impactos sobre a dinâmica da dívida pública brasileira pós 1994
metadata.dc.creator: Santos, Ana Carla
metadata.dc.contributor.advisor1: Corrêa, Vanessa Petrelli
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Guilherme Jonas Costa da
metadata.dc.contributor.referee1: Delgado, Guilherme Costa
metadata.dc.description.resumo: Este estudo tem como principal objetivo o estudo da relação causal entre um conjunto de variáveis macroeconômicas e financeiras e a Dívida Pública, representada pela Dívida Líquida do Setor Público (DLSP), utilizando-se o enfoque multivariado do modelo de Auto-Regressão Vetorial (VAR). Assim, buscou-se analisar as hipóteses apresentadas por Corrêa e Biagi (2009), que tratam acerca do crescimento da Dívida Pública articulada aos fatores financeiros, ligados à política macroeconômica que interrelaciona a abertura financeira, os capitais voláteis, os juros altos e a prioridade à política de combate à inflação. O período analisado compreende do pós 1994 a 2010. Assim, para o modelo proposto, realizou-se primeiramente, o teste de raiz unitária verificando-se que apenas duas variáveis não eram estacionárias, procedendo-se para a utilização das mesmas em primeira diferença. Além disso, fez-se o teste de cointegração, tendo como resultado a não identificação de vetores co-integrados, seguindo-se para a aplicação do modelo VAR. Por meio do teste de Schwarz, seguiu-se para a verificação do critério de seleção da ordem de defasagem das variáveis na matriz. Assim, com base nos resultados obtidos, tornou-se possível afirmar que as variáveis possuem um comportamento em torno de um valor médio, não se observando quebras estruturais, o que torna o modelo mais robusto. Nas matrizes de relações contemporâneas se observou relação significativa entre a Dívida Pública e a Dívida Pública. Quanto às demais variáveis, o câmbio, Outros Investimentos de Estrangeiros e Outros Investimentos de Brasileiros também apresentaram efeitos positivos sobre a Dívida Pública. E, em menor grau, às variáveis Risco País, Taxa de Juros de Longo Prazo, Taxa SELIC, IPCA e Investimento Externo em Carteira. Na análise da decomposição de variância, a Dívida Pública demonstrou alto poder explanatório, de mais de 60% de sua variação. Essa importância explicativa é seguida pelo câmbio e pelos juros. Esse resultado deixa clara a determinação da decomposição do erro de previsão quanto a função impulso resposta. Dentre as variáveis analisadas, a Dívida Pública foi a que mais impactou a Dívida Pública, mostrando a sua importância na economia brasileira.
Abstract: This study has as its main objective the study of the causal relationship between a set of macroeconomic and financial variables and the Public Debt, represented the Public Sector Net Debt, using the approach of multivariate regression model Self-Vector (VAR). Thus, we sougth to analyze the assumptions made by Correa and Biagi (2009), dealing about the growth of public debt to articulate financial factors linked to macroeconomic policy that interrelates financial openness, the volatile capital, high interet rates and the priority policy to fight inflation. The sample period includes the post form 1994 to 2010. Thus, for the proposed model, there was first the unit root test verifying that only two variables were not stationary, proceeding to theis use in first difference. Turthermore, it was tested for cointegration, resulting in failure to identify vector cointegrates, following to the application of VAR. Through Schwarz test, followed up to verify the selection criteria for the lag order of the variables in the matrix. Thus, based on these results, it became possible to say that the variables hava a behavior around a mean value, no significant structural breacks, which makes the design more robust. In arrays of contemporary relationships a significant relatioonship between the Public Debt and Public Debt. For other variables, the exchange rate, Aliens and Other Investments Other Investments Brazilian also had positive effects on the Public Debt. And, to a lesser extent, the variables Country Risk, Interesting Rate Long Term Selic rate, IPCA and Foreig Investiment in Portfolio. In the analysis of variance decomposition, the Public Debt demontrated hig explanatory power of more than 60% of its variation. This explanatory importance is followed by exchange and by interest. This result makes clear the determination of the decomposition of the forecast error as the impulse response function. Among the variables anlyzed, the Public Debt was the most impacted the Public Debt, showing its importance in the Brazilian economy.
Keywords: Dívida pública
Dinâmica macroeconômica
Política monetária e financeira
Política fiscal
Public debt
Macroeconomic dynamics
Monetary and financil policy
Fiscal policy
Dívida pública
Política tributária
Brasil - Política financeira
Política monetária
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: SANTOS, Ana Carla. Armadilha macroeconômica e impactos sobre a dinâmica da dívida pública brasileira pós 1994. 2011. 160 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13556
Issue Date: 29-Nov-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Carla.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.