Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13532
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Fatores condicionantes do crescimento econômico de longo prazo a China: aspectos teóricos e investigação empírica
metadata.dc.creator: Andrade, Daniel Caixeta
metadata.dc.contributor.advisor1: Vieira, Flavio Vilela
metadata.dc.contributor.referee1: Silveira, Antonio Maria da
metadata.dc.contributor.referee2: Xavier, Clesio Lourenco
metadata.dc.description.resumo: O principal objetivo desta dissertação é analisar empiricamente a experiência de crescimento econômico na China no período 1978-2003. Partiu-se da hipótese de que existem vários aspectos (condicionantes) do crescimento econômico chinês das últimas décadas, dentre os quais se destacam as altas taxas de investimento (acumulação de capital físico), a maior abertura comercial e financeira (estímulo às exportações e à atração de investimentos externos), o regime cambial rígido (política cambial favorável ao desempenho do setor externo da economia) e os investimentos em capital humano. Os procedimentos metodológicos utilizados foram a análise de regressão, a estimação de modelos VAR e o uso dos instrumentais da análise de decomposição de variância e das funções de impulso-resposta, além dos testes de causalidade (Granger) e testes de cointegração (Johansen). Os resultados obtidos apontam que o investimento e a taxa de câmbio foram os principais determinantes do crescimento econômico da China no período analisado, confirmando a hipótese inicial apenas para estas duas variáveis. Estes resultados não indicam, porém, que a continuidade do crescimento da economia chinesa deve se assentar apenas sobre as políticas de acumulação de capital físico e na política cambial. É importante que se eleve a produtividade da economia através de investimentos mais eficientes em capital humano, além do que é preciso repensar a questão do câmbio, no sentido de que não estão claros quais serão os impactos de uma política cambial mais flexível sobre o crescimento econômico do país caso a China ceda às pressões de flexibilização de seu atual regime cambial.
Abstract: The main goal of this dissertation is to empirically analyze China s growth experience during the period of 1978 to 2003. We have started with the hypothesis that China s economic growth during the last decades can be characterized by different aspects such as the investment rates (physical capital accumulation), a higher degree of financial and trade openness (stimulating exports and attracting external investments), a pegged exchange rate regime (favoring export performance) and human capital investments. The methodological procedures used were regression analysis, the estimation of a vector autoregressive (VAR) models using variance decomposition and impulse-response function instruments, Granger causality tests and the Johansen cointegration test. The results suggest that investment and exchange rate are the main determinants of China s economic growth for the period considered, which corroborates the initial hypothesis for these two variables. These results can not be understood as an indication that the continuity of China s economic performance should be centered only on capital physical accumulation and exchange rate policies. It is important that China can increase productivity based on more efficient investments on human capital and to rethink exchange rate management in the sense that is not clear yet the future impact of exchange rate flexibilization on China s economic growth once it moves towards a more flexible exchange rate regime.
Keywords: Crescimento econômico
China
Econometria de séries temporais
Economic growth
Econometric time series
Desenvolvimento econômico
China Condições econômicas, 1978-2003
Política cambial China
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Economia
Citation: ANDRADE, Daniel Caixeta. Fatores condicionantes do crescimento econômico de longo prazo a China: aspectos teóricos e investigação empírica. 2006. 148 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2006.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13532
Issue Date: 23-Jan-2006
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DCAndradeDISSPRT.pdf667.89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.