Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13431
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Dinâmica da comunidade arbórea de um fragmento de floresta estacional semidecidual localizada na reserva legal da Fazenda Irara, Uberlândia-MG
metadata.dc.creator: Ferreira, Queroanne Isabel Xavier
metadata.dc.contributor.advisor1: Schiavini, Ivan
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Ana Paula de
metadata.dc.contributor.referee2: Vale, Vagner Santiago do
metadata.dc.contributor.referee3: Araújo, Glein Monteiro de
metadata.dc.description.resumo: Florestas tropicais são complexas e apresentam elevada diversidade de espécies. As florestas estacionais semideciduais foram o tipo florestal mais rápido e extensamente devastado em toda a sua área de ocorrência natural. Estas florestas apresentam deciduidade de 20% podendo chegar à 50 % no período mais seco do ano. Estudos de dinâmica em florestas tropicais são fundamentais para a compreensão da diversidade e complexidade de populações em comunidades vegetais. Porém, a alta diversidade e complexidade das comunidades florestais dificulta a determinação de padrões de respostas. Classificar as espécies em grupos ecológicos, reunindo aquelas que apresentam características similares, é um caminho promissor para compreender importantes questões. Dessa forma, o estudo tem como objetivo analisar os padrões fitossociológicos e a dinâmica da comunidade, identificar e comparar a representatividade dos grupos de respostas dinâmicas presentes na área. O estudo foi realizado na reserva legal da Fazenda Irara localizada na zona rural do município de Uberlândia. A primeira amostragem da vegetação arbórea foi realizada em setembro de 2008, sendo que todos os indivíduos arbóreos vivos com diâmetro à altura do peito ≥ 5 cm foram marcados e identificados. A área amostral compreende 1 hectare e foram demarcadas 25 parcelas 20 x 20 m cada. Em 2013, foram registrados os indivíduos mortos, remensurados os sobreviventes e mensurados e identificados os indivíduos recrutados (DAP >5 cm). As taxas anuais médias de mortalidade e recrutamento e as taxas anuais médias de perda e ganho de área basal da comunidade foram calculadas. Foram analisadas também, as taxas de rotatividade (turnover) em número de indivíduos e área basal. Foram formados quatro grupos baseados nas taxas de mortalidade e recrutamento e outros quatro grupos baseados nas taxas de incremento e decremento. As espécies também foram classificadas de acordo com características como, síndrome de dispersão, estratificação e densidade da madeira. O gradiente florestal apresentou o decréscimo no número de indivíduos (943-941 ind.haˉ¹) e o aumento em área basal (27-28,41 m²/há). Em geral, as taxas indicam um equilíbrio entre mortalidade e recrutamento (1,82% e 1,74%, respectivamente). A taxa de incremento de área basal foi de 2.12%. A comunidade apresentou uma taxa de rotatividade de indivíduos de 1.80% e 1.67% de área basal. Utilizamos 30 espécies para a formação dos grupos, e elas apresentaram a seguinte ordem em relação ao número de espécies para mortalidade e recrutamento G2 > G3 > G4 > G1 e G7 > G5 > G8 > G6 para incremento e decremento. A reserva da Fazenda Irara apresentou o estrato arbóreo com diversidade semelhante para florestas estacionais semideciduais da região. Os valores encontrados nesse estudo mostram uma tendência de equilíbrio dinâmico. E apesar de florestas semideciduais apresentarem dinâmica intensa, a floresta estudada exibiu um padrão diferente nesses cinco anos de estudo, com taxas baixas para mortalidade e recrutamento.
Abstract: Tropical forests are complex and have high species diversity. The semideciduous forests were the fastest forest type and widely devastated throughout its natural range. These forests have 20% deciduousness may reach 50% in the dry season. Dynamic studies in tropical forests are key to understanding the diversity and complexity of populations in plant communities. However due to the high diversity and complexity of forest communities difficult to determine answers standards. Classify the species in ecological groups, bringing together species with similar characteristics, is a promising way to understand important issues. Thus the study aims to analyze the phytosociological patterns and the dynamics of the community and to identify and compare the representation of dynamic response groups in the area. The study was conducted at the Farm of the legal reserve Irara located in the rural municipality of Uberlândia. The first sampling of trees was held in September 2008, and all living trees with diameter at breast height ≥ 5 cm) were labeled and identified. The sample area contains 1 hectare plots were demarcated 25 20 x 20m. In 2013, the dead individuals were recorded remeasured survivors and measuring and identifying the individuals enrolled (DBH> 5 cm). The average annual rates of mortality and recruitment and the average annual rates of loss and basal area gain the community were calculated. We also evaluate, turnover rates (turnover) in number of individuals and basal area. There were four groups based on mortality and recruitment rates and four groups based in the rates and decrease. The species were also classified according to characteristics of dispersal, laminate and wood density. The forest gradient showed a decrease in the number of individuals (943-941 ind.haˉ¹) and an increase in basal area (27 to 28.41 m² / ha). In general, the rates indicate a balance between recruitment and mortality (1.82% and 1.74%, respectively). he basal area increment rate was 2.12%. The community showed a turnover rate of 1.80% of individuals and 1.67% of basal area. We use 30 species for the formation of groups, and they followed the order in relation to the number of species for mortality and recruitment G2> G3> G4> G1 and G7> G5> G8> G6 to increment and decrement. The reserve Irara Finance presented the tree layer with diversity similar to FES in the region. The values found in this study show a trend of dynamic equilibrium. And although semideciduous forests present intense dynamics, the study forest exhibited a different pattern in these five years of study, with low rates of mortality and recruitment.
Keywords: Floresta tropical
Estudos à longo prazo
Grupos de resposta dinâmica
Rain forest
The long-term studies
Dynamic response groups
Florestas tropicais
Ecologia florestal
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: FERREIRA, Queroanne Isabel Xavier. Dinâmica da comunidade arbórea de um fragmento de floresta estacional semidecidual localizada na reserva legal da Fazenda Irara, Uberlândia-MG. 2015. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13431
Issue Date: 24-Feb-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DinamicaComunidadeArborea.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.