Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13429
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Árvores isoladas facilitam a regeneração natural em pastagem abandonada em condições de floresta estacional decidual?
metadata.dc.creator: Belan, Helen Carla
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, André Rosalvo Terra
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Ana Paula de
metadata.dc.contributor.referee2: Guarino, Ernestino de Souza Gomes
metadata.dc.description.resumo: A regeneração natural em áreas degradadas pode se tornar um processo lento, devido às condições adversas e das barreiras impostas pelo ambiente. Nesses locais, as interações positivas podem ser muito importantes para o estabelecimento da comunidade lenhosa. Em pastagens abandonadas, as árvores remanescentes isoladas facilitam a regeneração por amenizar as condições ambientais e reduzir a competição abaixo de sua copa, e atrair animais dispersores que podem incrementar a chuva de sementes no local. Assim, o presente estudo teve como objetivo compreender o papel de árvores isoladas no processo de regeneração e avaliar quais fatores podem estar atuando nesse processo. Para essa finalidade, selecionou-se uma pastagem abandonada (sem uso) em condições de Floresta Estacional Decidual (FED), situada dentro dos limites do Parque Estadual do Pau Furado, Uberlândia, MG. Em uma área de 10 hectares, foram escolhidas vinte árvores isoladas, e em cada uma foram instaladas quatro parcelas de 4m², duas sob a copa e duas fora da copa (área aberta). Todos os indivíduos lenhosos regenerantes encontrados nas parcelas foram medidos e identificados. Algumas características da árvore também foram mensuradas: altura da árvore, área e cobertura da copa e distância do fragmento de FED mais próximo. Os dados ambientais de temperatura e umidade relativa do ar e cobertura do solo foram medidos nos dois ambientes (dentro e fora da copa) em duas estações distintas (seca e chuvosa). A regeneração natural foi representada por 245 indivíduos do componente lenhoso (224 nas parcelas sob a copa e 21 nas parcelas fora), distribuídos em 51 espécies, 42 gêneros e 22 famílias botânicas. As famílias que mais se destacaram foram Fabaceae, Myrtaceae, Rubiaceae, Malvaceae e Bignoniaceae. As parcelas sob a copa das árvores apresentaram maior densidade de indivíduos e riqueza de espécies que as parcelas abaixo da copa. Quanto às síndromes de dispersão, nas parcelas sob a copa houve uma predominância de espécies zoocóricas (46,9%), um indicativo de que as árvores isoladas atraem dispersores que depositam sementes no local. Como efeito direto do sombreamento pela copa, observamos temperaturas mais baixas e valores mais altos de umidade relativa nas parcelas abaixo da copa, nas duas estações do ano. O sombreamento também afetou a cobertura de gramíneas, que foi reduzida abaixo da copa das árvores. Essa redução é importante para o estabelecimento e crescimento das plântulas, pois as gramíneas exóticas limitam a regeneração por serem fortes competidoras. Dentre os fatores ambientais e biofísicos avaliados, usando Análise de Correspondência Canônica (ACC), a altura, área de copa e UR apresentaram relação com a distribuição das espécies lenhosas. A relação espécie/ambiente foi significativa na estação seca (p<0,05) pelo teste de Monte Carlo, mesmo explicando somente 23,7% da variação dos dados. Em ambientes estressantes, como pastagens abandonadas, o sucesso da regeneração pode, muitas vezes, depender da existência de árvores isoladas que atuam como facilitadoras amenizando, desta forma, as condições ambientais abaixo da copa das árvores.
Abstract: The natural regeneration in disturbed areas might become a slow process due to harsh conditions and constraints imposed by the environment. The positive interactions in these locations are important for the establishment of woody plant community. In abandoned pastures the isolated remnant trees facilitate regeneration by easing the environmental conditions, reducing competition below their canopies and attracting animal dispersers that might increase the local seed rain. Thus, this study aimed to understand the role of isolated trees in the regeneration process and evaluate which factors might affect this process. For this purpose, we selected an abandoned pasture in Deciduous Seasonal Forest conditions (DSF), located within the borders of Parque Estadual do Pau Furado (Pau Furado State Park), Uberlândia MG. In a 10 - hectare area we selected twenty isolated trees and set four 4m² - plots in each one, two below the canopy and two outside the canopy (open area). All the regenerating woody individuals found in the plots were measured and identified. Some characteristics of the trees were also measured: tree height, canopy coverage and area, and distance from the nearest DSF fragment. The environmental data of temperature and relative humidity were gathered in both environments (below and outside the canopy) in two distinct seasons (dry and rainy). The natural regeneration was represented by 245 woody individuals (224 in the plots below the canopy and 21 in the plots outside the canopy), distributed in 51 species, 42 genera, and 22 botany families. The most important families were Fabaceae, Myrtaceae, Rubiaceae, Malvaceae and Bignoniaceae. The plots below the canopy showed higher density of individuals and species richness when compared to the plots outside the canopy. When it comes to dispersion syndrome, the zoochore species were predominant (46.9%), indicating that isolated trees attract dispersers that deposit the seeds on site. As a direct effect of canopy shading we recorded lower temperature and higher values of relative humidity below the canopy in both seasons. The shading also affected the grass coverage that was reduced below the canopy. This reduction is important for seedlings establishment and growing, since alien grasses set limits to natural regeneration due to competition. From the analyzed environmental and biophysical factors by using Canonical Correspondence Analysis (CCA), the height, the canopy area and RH showed a relation to distribution of woody species. The relation species/environment was significant in the dry season (p<0.05), according to Monte Carlo test even though it only explained 23.7 of data variation. In stressful environments, as abandoned pastures, a successful regeneration will probably rely on the existence of isolated trees that act as facilitators easing, thus, the environmental conditions below their canopies.
Keywords: Interações interespecíficas
Restauração
Condições ambientais
Interspecific interactions
Restoration
Environmental conditions
Recuperação ecológica
Florestas - Reprodução
Árvores sombreadoras
Plantas lenhosas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: BELAN, Helen Carla. Árvores isoladas facilitam a regeneração natural em pastagem abandonada em condições de floresta estacional decidual?. 2015. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13429
Issue Date: 26-Feb-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ArvoresIsoladasFacilitam.pdf2.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.