Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13420
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Florística, fitossociologia e caracteres edáficos de duas florestas estacionais deciduais no Triângulo Mineiro
Alternate title (s): Floristic, phytossociology and edaphic caracters of two deciduous dry forests within Triângulo Mineiro region
Author: Siqueira, Ariane de Souza
First Advisor: Araújo, Glein Monteiro de
First member of the Committee: Schiavini, Ivan
Second member of the Committee: Bernacci, Luís Carlos
Summary: As florestas estacionais deciduais caracterizam-se pela estacionalidade climática e pela caducifolia pronunciada do estrato arbóreo. Estão distribuídas pelas mais diversas regiões do planeta e no Triângulo Mineiro podem ser encontradas em encostas voltadas para rios. Atualmente, essas florestas se encontram em um crítico estado de conservação, estando entre as formações mais ameaçadas do planeta. Mas, mesmo em face a essa problemática conservacionista, ainda são poucos os estudos ecológicos que vislumbrem esses ambientes. O presente trabalho teve como objetivo investigar a estrutura vegetacional e as características edáficas de duas florestas decíduas (Funil I e Funil II) localizadas no vale do rio Araguari (MG). Para o levantamento fitossociológico foram demarcadas 60 parcelas de 10 x 20 m em cada área. Todos os indivíduos arbóreos que apresentaram circunferência a 1,30 m de altura ≥ 15 cm foram amostrados. Para o estudo do solo foram obtidas 20 amostras compostas coletas na profundidade de 0-20 cm em cada ambiente. Para cada amostra foi determinado o pH, %C e %N, disponibilidade de Ca, Mg, K, P, Al, Mn e Fe, e as variáveis físicas: areia grossa, areia fina, silte e argila. Para verificar possíveis relações entre as características do solo e a distribuição das espécies mais abundantes foram realizadas análises de correspondência canônica (CCA). Os 2.034 indivíduos amostrados em Funil I durante o levantamento fitossociológico estão distribuídos em 64 espécies, 49 gêneros e 32 famílias. Em Funil II, os 1125 indivíduos inventariados pertencem a 46 espécies, 39 gêneros e 22 famílias. O índice de diversidade de Shannon obtido para Funil I e Funil II foi de 2,76 nat/ind. e 2,59 nat/ind., respectivamente, sendo a equabilidade semelhante para os dois ambientes (J = 0,66). Myracrodruon urundeuva, Myrsine umbellata, Myrcia rostrata e Campomanesia velutina são as espécies mais importantes de Funil I. Já em Funil II, as espécies que estão entre as mais importantes são Myracrodruon urundeuva, Tabebuia roseo-alba, Anandenanthera colubrina e Campomanesia velutina. As análises químicas realizadas nos solos de Funil I e II evidenciaram fortes semelhanças químicas entre os mesmos. Os valores médios do pH obtido para os solos de Funil I e Funil II indicam solos de acidez moderada. A disponibilidade de nutrientes no solo, excetuando-se o potássio, foi muito semelhante entre esses ambientes. Em contraste à semelhança química foi observada uma diferença considerável dos parâmetros físicos desses solos. O teor de areia grossa foi maior em Funil II, todavia, a disponibilidade de areia fina, argila e silte foi superior em Funil I. A CCA realizada para as duas áreas sugere que a maioria das espécies se distribuem por toda a floresta, alterando apenas suas abundâncias relativas. A existência de gradientes curtos sugere que uma ou diversas variáveis não analisadas no presente trabalho estão interferindo na distribuição das espécies. Assim, para um melhor entendimento da distribuição das espécies face a variáveis ambientais é necessária a realização de mais estudos em diferentes áreas, pois só com muitas repetições poderemos compreender e chegar a um padrão que realmente explique a distribuição das espécies em um dado ambiente.
Abstract: Deciduous dry forests are characterized by both seasonal climate and great leaf fall of the arboreus elements. They are distributed throughout tropical regions and within Triângulo Mineiro region they can be found in uphill turned around rivers. Currently, those forests are in a critical conservation status. Deciduous dry forests are the most threatened of all major tropical forests types. Despite their conservation status, ecological studies about these formations are few yet. The present study aims to research the vegetation structure and soils characteristics of two deciduous forests (Funil I and Funil II) located within Araguari river s valley (Minas Gerais State). For the phytossociology survey sixty 10 x 20 m plots were laid out in both areas. All the trees with a minimum circumference of 15 cm at 1.30 m upper ground were sampled. Composite soils samples were collected at a deep of 0-20cm for 20 plots in both forests. For each soil sample was analyzed pH, C, N, Ca, Mg, K, P, Al, Mn, Fe, thick sand, fine sand, silt and clay available. Canonical correspondence analysis (CCA) was used to check relationships between the distribution of the most abundant species and soil caracters. 2,034 individuals was found in Funil I. They are distributed in 64 species, 49 genera and 32 families. In Funil II was found 1,125 trees distributed in 46 species, 39 genera and 22 families. Shannon index calculed was 2.76 nat/ind. to Funil I and 2.59 nat/ind. to Funil II. Pielou evenness index was equal to both environments (J =0.66). Myracrodruon urundeuva, Myrsine umbellata, Myrcia rostrata and Campomanesia velutina were the most important species of Funil I. In Funil II, M. urundeuva, Tabebuia roseo alba, Anadenanthera colubrina and C. velutina were the most important species. Chemical analysis of both forest s soils showed a high chemical similarity. The pH values of both soils Funil I and II indicated a moderate acid. Soil nutrients available was similar in both areas, except for P. In contrast with similarity chemical was found a high fisical difference between Funil I and Funil II soils. Thick sand contents in Funil II was bigger than Funil I. On the other hand, fine sand, silt and clay available in Funil I was bigger than Funil II. In the correspondence canonical analysis it was evidenced the most of the species is distributed throughout environment in both forests, just altering your abundances. Short gradients suggest that one or several environmental variables not analyzed at present work can be interfering in the species distribution. Therefore, for a best knowledge about the relationship between species distribution and environmental variables it is necessary more studies in different areas because just with a lot of replications we can understand and arrive to a model that really explain the distribution species within environment.
Keywords: Floresta estacional decidual
Florística
Fitossociologia
Solos
Distribuição de espécies
Deciduous dry forest
Floristic
Phytossociology
Soils
Species distribution
Comunidades vegetais
Ecologia vegetal
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Quote: SIQUEIRA, Ariane de Souza. Floristic, phytossociology and edaphic caracters of two deciduous dry forests within Triângulo Mineiro region. 2007. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2007.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13420
Date of defense: 13-Feb-2007
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ASSiqueiraDISSPRT.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.