Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13393
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Reestabelecimento da vegetação no sub-bosque de plantios de pinus: diversidade arbóreo-arbustiva e relações ambientais
metadata.dc.creator: Pinho Júnior, Gastão Viegas de
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, André Rosalvo Terra
metadata.dc.contributor.referee1: Santos, Jean Carlos
metadata.dc.contributor.referee2: Longhi, Solon Jonas
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo envolve a regeneração natural da comunidade arbóreo-arbustiva em três áreas de plantio de Pinus sp., uma área natural (cerrado sensu stricto) e a influência das variáveis ambientais e biofísicas de cobertura do dossel, espessura da serapilheira, área basal da vegetação circundante e distância do fragmento remanescente (para as três áreas de plantio) na distribuição das espécies em regeneração. Foram demarcadas 20 parcelas por área de duas classes de tamanho distintas (100m² e 4m²) onde foram levantadas todas as espécies arbóreo-arbustivas da regeneração. As áreas de plantio de Pinus sp. apresentaram uma regeneração heterogênea, com o número de espécies encontradas variando de 18 a 42 para as três áreas no sub-bosque de Pinus e 90 espécies na área natural. A área natural (cerrado s.s) apresentou um maior número de espécies em sua regeneração, no entanto, os valores referentes à riqueza, densidade e frequência de espécies para as três áreas de plantio de Pinus sp. assemelham-se a valores encontrados em áreas degradadas ou alteradas de cerrado no município de Uberlândia e região. Para verificar a relação entre a distribuição das espécies e as variáveis ambientais foi realizada a Análise de Correspondência Canônica (ACC) para as quatro áreas, tendo sido encontrado valores significativos para duas áreas, onde as variáveis distância do fragmento, área basal e serapilheira mostraram exercer influência na regeneração das espécies arbóreo-arbustivas nestas áreas. As espécies Siparuna guianensis, Miconia albicans, Xylopia aromatica, Sclerolobium paniculatum, Casearia sylvestris e Pinus sp. foram as mais importantes nas quatro áreas. As quatro áreas foram analisadas e comparadas também em relação às síndromes de dispersão das espécies presentes na regeneração, tendo sido encontrado um padrão semelhante entre as quatro áreas, havendo uma prevalência de zoocoria a anemocoria para as áreas estudadas. Os dados deste trabalho contribuíram para a compreensão do processo de regeneração natural em plantios comerciais homogêneos na região do Triângulo Mineiro, tendo sido apresentado ao final do trabalho diretrizes para futuros estudos e implicações silviculturais.
Abstract: This study encompasses the natural regeneration of a tree-shrub community in three Pinus sp. stands, one natural area (cerrado sensu stricto) and the effects of environmental and biophysical variables of canopy coverage, litter thickness, basal area of surrounding vegetation and distance from remaining natural fragment (for Pinus sp. stands only) in the distribution of regenerating species. We set 20 plots of two distinct size classes (100m² and 4m²) in each of the four areas for this purpose, in which all treeshrub regenerating species were assessed. Afterwards, a Canonical Correspondence Analysis (CCA) was performed for the four areas. Significant values were found for two areas, in which the variables of distance from fragment, basal area and litter thickness had shown a strong effect in tree-shrub regeneration in the corresponding areas. The species Siparuna guianensis, Miconia albicans, Xylopia aromatica, Sclerolobium paniculatum, Casearia sylvestris and Pinus sp. were the most important ones in the four study areas. We also analyzed the dipersal syndromes in each of the four areas, that had shown a very similar pattern: The prevalence of zoochory in all of the four study areas. The three Pinus sp. stands studied had shown a quite heterogeneous regeneration, with the number of regenerating species ranging from 18 to 42 in their overstories. In the natural area (cerrado s.s) we found 90 regenerating species though, the corresponding data of species richness, density and species frequency for the three Pinus sp. stands analyzed were similar to those found in disturbed or degraded cerrado areas in Uberlândia municipality and nearby. The data assessed in this study provides useful information on the comprehension of natural regeneration process beneath commercial plantations in Triângulo Mineiro region. In the last part of this paper we present some guidelines for future studies and forestry implications based on our data.
Keywords: Regeneração natural
Plantios comerciais
Cerrado
Variáveis ambientais
Natural regeneration
Commercial plantations
Cerrado
Environmental variables
Florestas - Reprodução
Reflorestamento
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: PINHO JÚNIOR, Gastão Viegas de. Reestabelecimento da vegetação no sub-bosque de plantios de pinus: diversidade arbóreo-arbustiva e relações ambientais. 2012. 96 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13393
Issue Date: 29-Feb-2012
Appears in Collections:PPGECO - Mestrado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gastao Viegas.pdf2.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.