Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13392
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Polinizadores potenciais de Lycopersicon esculentum mill. (Solanaceae) em áreas de cultivo aberto
Other Titles: Pollinators of Lycopersicon esculentum Mill. (Solanaceae) in open field
metadata.dc.creator: Santos, Alexandre Oliveira Resende
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Fernanda Helena Nogueira
metadata.dc.contributor.referee1: Campos, Maria José de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Yamamoto, Marcela
metadata.dc.description.resumo: Em áreas de cultivo abertas, o incremento da produção agrícola pode ser obtido pela presença de polinizadores naturais. Para identificar os possíveis polinizadores do tomateiro (Lycopersicon esculentum), foi realizado um levantamento da comunidade de abelhas visitantes e a observação de seu comportamento nas flores. Para isso, três áreas de cultivo comercial de tomate localizadas em Araguari (MG) e Estrela do Sul (MG) foram amostradas entre março e novembro de 2012. Foram coletados 185 indivíduos pertencentes a 13 espécies de abelhas. Exomalopsis analis foi a espécie mais abundante, seguida por Apis mellifera e Paratrigona lineata. Dez espécies realizaram o comportamento de buzz pollination, importante para a polinização do tomateiro, sendo que E. analis e Melipona quinquefasciata destacam-se por serem as mais abundantes. Apis mellifera, Paratrigona lineata, apesar de não realizarem buzz pollination, também poderiam colaborar para a polinização cruzada. Entretanto, P. lineata também apresentou um comportamento pilhador. Para verificar o efeito da visitação de E. analis na qualidade física dos frutos formados, foi realizado um experimento de polinização controlada (autopolinização e polinização por E. analis). Uma maior taxa de formação de frutos foi encontrada para o tratamento de polinização por E. analis. A massa, o índice de arredondamento e a concentração de açúcar do fruto não diferiram significativamente entre os tratamentos. Entretanto, o número de sementes foi maior em frutos visitados por abelhas e apresentou uma correlação positiva com a massa do fruto. Assim, conclui-se que E. analis é a potencial polinizadora do tomateiro em campo aberto nas áreas estudadas. No entanto, ainda é necessário conhecer melhor aspectos da sua biologia a fim de utilizá-la de forma eficiente em programas de polinização do tomateiro.
Abstract: In open cultivated areas, the increased agricultural production can be achieved by the presence of natural pollinators. In this study, to identify potential pollinators of tomato (Lycopersicon esculentum) the bee community and their visiting behavior on the flowers were evaluated. For this, three areas of commercial cultivation of tomatoes situated in Araguari (MG) and Estrela do Sul (MG) were sampled between March and November 2012. We collected 185 bees belonging to 13 species. Exomalopsis analis was the most abundant species followed by Apis mellifera and Paratrigona lineata. Ten species performed the buzz pollination, an important behavior for tomato pollination. Of these, we highlight E. analis and Melipona quinquefasciata for being the most abundant. Apis mellifera and P. lineata could also be acting as pollinators, because they transported pollen between flowers. However, P. lineata also acted as a pollen robber, a characteristic that prevents it from being used for tomato pollination. We also conducted a controlled pollination experiment (autopollination and pollination by E. analis) to evaluate the effect of bee s visitation in the physical quality of formed fruits. The fruit set in the pollination treatment by E. analis was a higher. The fruit mass, roundness and sugar concentration did not differ significantly among treatments. However, the number of seeds was higher in fruits visited by bees and presented a positive correlation with fruit weight. Thus, it appears that E. analis is the main pollinator of tomatoes in open field. However, it is still needed to understand more their biology and nesting habits in order to use it efficiently in crop pollination programs.
Keywords: Tomate
Exomalopsis analis
Cerrado
Buzz pollination
Comportamento
Tomato
Exomalopsis analis
Behavior
Polinizadores
Tomate - Cultivo
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: SANTOS, Alexandre Oliveira Resende. Pollinators of Lycopersicon esculentum Mill. (Solanaceae) in open field. 2013. 31 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13392
Issue Date: 27-Feb-2013
Appears in Collections:PPGECO - Mestrado em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alexandre Oliveira.pdf542.51 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.