Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13373
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Manejo de abelhas do gênero Xylocopa (Apidae, Xylocopini) para incremento da frutificação do maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Degener)
metadata.dc.creator: Junqueira, Camila Nonato
metadata.dc.contributor.advisor1: Augusto, Solange Cristina
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Hogendoorn, Katja
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Paulo Eugenio Alves Macedo de
metadata.dc.contributor.referee2: Yamamoto, Marcela
metadata.dc.contributor.referee3: Garófalo, Carlos Alberto
metadata.dc.description.resumo: A produtividade do maracujá-amarelo não atinge níveis ideais em áreas com baixa densidade ou ausência de seus polinizadores efetivos, abelhas do gênero Xylocopa. Estas abelhas apresentam tamanho e comportamento de forrageamento adequados para a polinização do maracujá-amarelo e são facilmente atraídas por ninhos-armadilha. O objetivo deste trabalho foi determinar procedimentos de manejo de ninhos de X. frontalis e X. grisescens e avaliar a eficiência destes procedimentos no incremento da produção e da qualidade de frutos de maracujá-amarelo em áreas de cultivos comerciais. No período de março de 2008 a janeiro de 2010, foram realizados os experimentos de manejo de ninhos na Fazenda Experimental Água Limpa, Uberlândia MG. Foram construídos dois ranchos entomológicos, nos quais foram disponibilizados 192 ninhos-armadilha/rancho, confeccionados com gomos de bambu. Adicionalmente 12 ninhos de X. grisescens e 17 ninhos de X. frontalis, em diferentes estágios de desenvolvimento, foram introduzidos nesses ranchos. Os experimentos acerca da eficiência da introdução de ninhos em áreas de cultivo comerciais de maracujá-amarelo no incremento da produção e da qualidade de frutos foram realizados de novembro de 2010 a junho de 2011, em seis áreas de cultivos comerciais na região de Araguari-MG (três áreas experimentais e três áreas controle). Foram introduzidos quatro ninhos/ha de X. frontalis e X. grisescens nas três áreas experimentais (n=36 ninhos). A taxa de visitação de polinizadores e pilhadores bem como os tratamentos de polinização e posterior caracterização físico-química dos frutos foram realizados em todas as áreas de estudo antes e após a introdução dos ninhos. Esses ninhos foram colocados em ranchos entomológicos montados próximo aos cultivos, juntamente com outros 48 de ninhosarmadilha. Nos experimentos realizados na Fazenda Experimental, cerca de 50% das fêmeas permaneceram nos ninhos após a transferência, sendo esta permanência maior (acima de 80%) quando os ninhos transferidos apresentavam células de cria. Houve um incremento de 248% no número de ninhos em relação aos ninhos introduzidos, devido à fundação (n=58) e reuso (n=14) dos ninhos. As fundações foram realizadas por fêmeas que emergiram em ninhos do rancho entomológico (n=22 ninhos) e por fêmeas da área de entorno que foram atraídas pelos ninhos-armadilha (n=36 ninhos). Os procedimentos de transferência não afetaram o desenvolvimento dos ninhos, pois não foi verificada diferença significativa em relação à longevidade, número de células de cria e razão sexual entre ninhos introduzidos e fundados. Nas áreas de cultivo comercial, a introdução de ninhos foi bem sucedida em relação à permanência das fêmeas nos ninhos e fundação de novos ninhos. O manejo de ninhos de X. frontalis e X. grisescens resultou na diminuição da taxa de visitação dos pilhadores em duas áreas de cultivo e no incremento significativo da taxa de visitação de polinizadores e incremento na produção e na qualidade dos frutos formados através de polinização natural em uma das áreas de cultivo de maracujá-amarelo. Esse estudo demonstra que a introdução de ninhos e a oferta de substratos de nidificação constituem técnicas de manejo eficientes, garantindo assim, serviços sustentados de polinização que incluem aumento na qualidade e na produção de maracujá-amarelo. Os parâmetros utilizados para determinar a quantidade ideal de ninhos introduzidos nas áreas de cultivo e a como proporção de remanescentes naturais e práticas agrícolas influenciam na população de abelhas e na polinização natural necessitam de maiores investigações.
Abstract: Passion fruit productivity does not achieve optimal levels in areas with low density or lack of effective pollinators like Xylocopa bees. These bees present appropriate size and foraging behavior for passion fruit pollination and are easily managed in trap nests. The aim of the study was to evaluate management procedures of X. frontalis and X. grisescens and assess the management effectiveness of these species to increase production and quality of yellow passion fruit in commercial orchards. During March 2008 to January 2010, nest management experiments were carried out at Água Limpa Experimental Farm, Uberlândia MG. Two entomological stations were built to shelter the trap-nests and to check the dynamics of occupation of both Xylocopa species. Each entomological station was populated with 192 trap-nests made of bamboo canes. Furthermore 12 nests of X. grisescens and 17 nests of X. frontalis were introduced to these stations. Experiments involving management effectiveness of these species in increase production and quality of yellow passion fruit were held from November/2010 to June/2011 in six crops areas in Araguari-MG (three experimental areas and three control areas). We introduced four nests/ha of X. frontalis and X. grisescens in the experimental areas (n=36 nests). Pollinators visitation rate, pollination tests and further fruits physicochemical characterization were carried out in all study areas before and after nests introduction. These nests were placed in entomological station built near the crop areas, with 48 other trap-nests. In the experiments conducted at the Experimental Farm, about 50% of females remained in their nests after transference and there was a higher females permanence in nests with brood cells (above 80%). There was an increase of 248% in the number of nests compared to the number of introduced nests, due to nest foundation (n=58) and nest reuse (n=14). Nest foundations were performed by females that emerged in the entomological station (n=22 nests) and by females from the surrounding area, which were attracted by trap-nests (n=36 nests). Transfer procedures did not affect nests development, because there was no significant differences regarding longevity, number of brood cells and sex ratio between introduced and founded nests. In crops areas nest introduction was successful regarding females permanence and new nests foundation. Nest management of X. frontalis and X. grisescens resulted in a decrease in visitation rate of thieves in two crop areas and in a significant increase in visitation rate of pollinators, yield and quality of fruits formed through natural pollination in one of the passion fruit crop areas. This study demonstrates that nests introduction of X. frontalis and X. grisescens and nesting substrates supply are efficient management techniques, thereby ensuring sustained pollination services which include increase in quality and yield of passion fruit. Parameters used to determine the optimal number of nests introduced in crop areas to increase passion fruit yield and how the proportion of natural remnants and farm practices influence bee populations and fruit set require further investigation.
Keywords: Abelha solitária
Manejo de abelhas
Reuso de ninhos
Polinização de cultivos
Solitary bee
Bee management
Nest reuse
Crop pollination
Abelha - Ecologia
Polinização por insetos
Maracujá-amarelo
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: JUNQUEIRA, Camila Nonato. Manejo de abelhas do gênero Xylocopa (Apidae, Xylocopini) para incremento da frutificação do maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Degener). 2012. 69 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13373
Issue Date: 29-Feb-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf403.54 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.