Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13370
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A influência da estrutura do hábitat sobre a composição da avifauna em praças públicas
Other Titles: The influence of habitat structure on birds composition in public square
metadata.dc.creator: Marques, Renata Leal
metadata.dc.contributor.advisor1: Marçal Junior, Oswaldo
metadata.dc.contributor.referee1: Franchin, Alexandre Gabriel
metadata.dc.contributor.referee2: Piratelli, Augusto João
metadata.dc.description.resumo: Existe um aumento reconhecido das paisagens dominadas por populações humanas que não pode ser ignorado na busca da conservação da biodiversidade. O conhecimento dos impactos que a urbanização pode ter sobre comunidades de aves pode permitir a identificação de importantes ferramentas para melhor planejar os hábitats urbanos de modo que esse grupo possa sobreviver nesses ambientes. A vegetação presente nas cidades, principalmente nos espaços públicos abertos, como praças, exerce um importante papel ao incrementar a biodiversidade. Assim, foram avaliadas as respostas da comunidade de aves à estrutura do hábitat, à localização e à perturbação humana em 40 praças de diferentes regiões da cidade de Uberlândia-MG. A observação da avifauna foi realizada por meio de registros visuais com varreduras detalhadas em toda a praça e nas ruas adjacentes, de março a novembro de 2009, entre 6:30h e 13:00h. Foram realizados registros do número de espécies e de indivíduos. O substrato e o estrato vertical utilizados, a atividade comportamental executada e o recurso explorado pelas aves foram anotados. Em cada praça foram realizadas medidas da área total; da riqueza e do número de indivíduos vegetais classificados nas alturas de 0,5-6,0 e acima de 6 metros; da proporção de cobertura do solo; da proporção de cobertura vegetal no entorno; da distância da praça ao centro, à periferia e ao remanescente de vegetação nativa mais próximo. Além disso, foram registrados: o número de edificações residenciais e públicas no entorno imediato da praça e o número de pedestres, veículos e animais domésticos. Foram realizadas 412 horas de observação e registradas 121 espécies de aves nas praças de Uberlândia, distribuídas em 14 ordens, 37 famílias e 101 gêneros. A ordem mais representativa foi Passeriformes e a família mais rica foi Tyrannidae. Foram obtidos 12 novos registros para a área urbana da cidade e 15 espécies apresentaram apenas um indivíduo ao longo do período de estudo. A curva de acumulação indicou que o número de espécies registradas está próximo do número real da comunidade de aves encontradas nas praças da cidade. As espécies mais abundantes nas praças foram Zenaida auriculata (448,63), Passer domesticus (254,50) e Patagioenas picazuro (238,25). As praças apresentaram de 23 a 65 espécies de aves e demonstraram alta similaridade entre si. As aves utilizaram principalmente árvores e os estratos mais altos, utilizando as praças especialmente para abrigo, alimentação e reprodução. A riqueza de espécies de aves nas praças foi relacionada à riqueza vegetal; ao número de indivíduos vegetais acima de 6,0 metros; à proporção de cobertura vegetal no entorno da praça; à distância ao remanescente de vegetação nativa; à distância ao centro da cidade e ao número de pedestres. A composição da avifauna e as atividades de forrageamento e reprodução correlacionaram com as características da vegetação das praças. Além disso, a reprodução teve relação com a distância ao centro da cidade, a proporção de substrato nãopavimentado e o número de pedestres. Assim, praças, especialmente aquelas com estrutura vegetativa mais complexa, podem oferecer hábitats importantes para a manutenção de uma avifauna variada no ambiente urbano.
Abstract: There is a recognized increase of landscapes dominated by human populations that can t be ignored in the search for biodiversity conservation. The knowledge of the impacts that urbanization can have on bird communities can allow the identification of important tools to better plan of urban habitats so that this group can survive in these environments. The vegetation present at the cities, mainly in public open spaces such as squares, plays an important role by increasing biodiversity. Therefore, we evaluated the responses of bird communities to habitat structure, to location and to human disturbance at 40 squares of different regions of Uberlândia, MG. The birds observation was carried out by visual records with detailed scanning across the square and the surrounding streets, from March to November 2009, between 6:30am and 13:00pm. The number of species and individuals were recorded. The substrate and the vertical stratum used, the behavioral activity performed and the resource exploited by birds were recorded. In each square were measured the total area, the richness and the number of plant individuals classified in heights 0.5-6.0 meters and above 6 meters, the proportion of ground cover, the proportion of surrounding cover vegetation, distance to the city central point, distance to the periphery and to the native vegetation remnant closer. Moreover, were recorded the number of residential and public buildings in the immediate surroundings of the square and the number of pedestrians, vehicles and pets. Were performed 412 hours of observation and 121 bird species were recorded at the squares, distributed in 14 orders, 37 families and 101 genera. The order Passeriformes was more representative and the family Tyrannidae was richer. We obtained 12 new species records for the urban area and 15 species had only one individual during the study period. The acumulation curve indicated that number of recorded species is close to the real number of bird community found in town squares. The most abundant species at squares were Zenaida auriculata (448.63), Passer domesticus (254.50) and Patagioenas picazuro (238.25). The squares have from 23 to 65 species of birds and showed high similarity. The birds used mainly trees and the upper strata, using the squares especially for shelter, food and reproduction. Birds richness at squares was correlated to plant richness and to number of plants individual above 6.0 meters, to proportion of surrounding cover vegetation the square, to distance to the native vegetation remnant, to distance to city center and to number of pedestrians. The composition of birds and the foraging and reproduction activities correlated with the characteristics of the squares vegetation. In addition, the reproduction was related to distance to city central point, to proportion of non-paved substratum and to number of pedestrians. Thus, squares, especially those with more complex vegetative structure, can provide important habitats for the maintenance of a varied avifauna in the urban environment.
Keywords: Aves
Ambiente urbano
Áreas verdes
Estrutura da vegetação
Atividade comportamental
Birds
Urban environment
Greens areas
Vegetation structure
Behavioral activity
Ave - Ecologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: MARQUES, Renata Leal. The influence of habitat structure on birds composition in public square. 2010. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13370
Issue Date: 30-Mar-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.