Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13358
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A intensificação da agricultura e o papel de árvores isoladas na conservação da fauna de formigas do cerrado fora de unidades de conservação
Other Titles: The intensification of agriculture and the role of isolated trees in the conservation of savanna ant assemblages outside protected areas
metadata.dc.creator: Frizzo, Tiago Luiz Massochini
metadata.dc.contributor.advisor1: Vasconcelos, Heraldo Luís de
metadata.dc.contributor.referee1: Melo, Celine de
metadata.dc.contributor.referee2: Ribas, Carla Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: A destruição dos hábitats naturais e a intensificação da agricultura são consideradas as maiores ameaças à conservação da biodiversidade. Dada a rápida expansão das fronteiras agrícolas sobre as áreas de vegetação nativa do Cerrado, é imperativo se conhecer a capacidade de conservação da fauna original nos agroecossistemas. Neste sentido, este estudo teve por objetivo determinar quanto da biodiversidade de formigas é mantida em agroecossistemas da região do Cerrado, assim como determinar se a presença de árvores nesses agroecossistemas agrega algum valor de conservação para a mirmecofauna. As coletas foram realizadas nos municípios de Uberlândia (MG) e Campo Alegre de Goiás (GO) em dois cultivos de soja e em quatro pastagens onde houvesse a presença de árvores isoladas da espécie Caryocar brasiliensis (popularmente conhecida como Pequizeiro). Foram instaladas armadilhas do tipo pitfall na copa das árvores, na superfície do solo e no subsolo. Para verificar se as árvores aumentavam a riqueza de espécies ao nível do solo, as armadilhas foram instaladas logo abaixo da copa das árvores e a 30 metros destas e de qualquer outra árvore (considerada área sem a influência de árvores). Ao todo foram coletadas mais de 200 mil formigas distribuídas em 204 espécies. A presença de árvores isoladas aumentou significativamente a riqueza de espécies independentemente do tipo de agroecossistema. Esse aumento na riqueza foi devido principalmente ao incremento de espécies arborícolas, apesar de também ocorrer um aumento de espécies que forrageiam e nidificam no solo. Os resultados sugerem também que a intensificação da agricultura tem efeitos negativos sobre a fauna de formigas. Isto porque as áreas de pastagem (as quais, gradativamente, estão sendo substituídas por monoculturas, como a da soja) têm uma fauna mais rica e mais similar àquela encontrada na vegetação nativa de cerrado do que os campos de soja. Além disto, a presença de árvores isoladas (as quais causam um incremento local na riqueza de espécies de formigas) é menos freqüente nos campos de soja do que nas pastagens. De forma geral, estes resultados sugerem que a manutenção de árvores isoladas e a adoção de outras medidas que aumentem a riqueza de espécies de formigas, não apenas ajudam a aumentar o valor de conservação das terras agrícolas mas também podem ajudar a manter os serviços ecológicos fornecidos por este importante grupo de insetos.
Abstract: The destruction of natural habitats and the intensification of agriculture are considered the major threats to biodiversity conservation. Given the rapid expansion of agricultural frontiers in the areas of native vegetation in the Cerrado, it is imperative to know the capacity of conservation of the native fauna in agroecosystems. Thus, this study aims to determine how much of the natural biodiversity of ants is maintained in agroecosystems in the Cerrado region (a savanna biome), as well as determine whether the presence of trees in these agroecosystems adds some value to conservation of the ant fauna. Samples were collected in the city of Uberlândia (MG) and Campo Alegre de Goiás (GO) in two soybean fields and four pastures where there was a presence of isolated trees (Caryocar brasiliensis; popularly known as Pequizeiro) were present. Pitfall traps were placed in the tree crowns, on the soil surface and in the underground. To evaluateif the presence of trees increased the species richness at ground level, ground and underground traps were placed just below the tree crown and 30 meters away from any tree (deemed to be outside the influence of trees). In total more than 200,000 ants, distributed in 204 species, were collected. The presence of isolated trees significantly increased species richness regardless of the type of agroecosystem. This increase in richness was due primarily to an increase of arboreal species, although an increase in the number of species that forage and nest in the soil was also detected. The results also suggest that the intensification of agriculture has negative effects on the ant fauna. This is because pasture areas (which gradually are being replaced by monocultures, such as soybean plantations) have a more diverse ant fauna and a fauna more similar to that found in the native cerrado vegetation, than the soybean fields. Moreover, the presence of isolated trees (which caused an increase in local ant species richness) is much less frequent in soybean fields than in pastures. Overall, these results suggest that the maintenance of isolated trees and the adoption of other measures that increase the species richness of ants, not only improve the conservation value of agricultural lands but also may help to maintain the ecological services provided by this important insect group.
Keywords: Formicidae
Savanas
Distúrbios
Assembléia de formigas
Diversidade biológica
Agrossistemas
Savannas
Disturbance
Ant assemblages
Biological diversity
Agroecosystems
Formiga - Ecologia
Biodiversidade
Fauna dos cerrados - Conservação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: FRIZZO, Tiago Luiz Massochini. The intensification of agriculture and the role of isolated trees in the conservation of savanna ant assemblages outside protected areas. 2011. 47 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13358
Issue Date: 28-Feb-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
diss tiago.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.