Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13357
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Potencial de utilização de anfípodes caprelídeos (Crustacea - Peracarida) como bioindicadores de compostos organoestânicos no litoral norte de São Paulo
metadata.dc.creator: Sousa, Eduardo de Freitas
metadata.dc.contributor.advisor1: Jacobucci, Giuliano Buzá
metadata.dc.contributor.referee1: Augusto, Solange Cristina
metadata.dc.contributor.referee2: Bueno, Alessandra Angélica de Pádua
metadata.dc.description.resumo: Os anfípodes caprelídeos são pequenos crustáceos, geralmente com 0,1 a 3 cm de comprimento, pertencentes à subordem Caprellidea. Os caprelídeos possuem uma importante função ecológica, pois além de servirem de elo de conexão entre os produtores primários e os níveis tróficos mais altos, eles são sensíveis a variações ambientais, toxinas e poluentes. Dentre esses poluentes, destacam-se os compostos organoestânicos (OTs), como o tributilestanho (TBT). O TBT é muito utlizado como ingrediente ativo em biocidas. Sua maior aplicação, no entanto, é em cascos de embarcações devido à sua ação anti-incrustante. Devido a esses fatores, o TBT e seus derivados (dibutilestanho DBT e monobutilestanho MBT) têm causado contaminação no ambiente marinho, especialmente no sedimento e na água de locais com grande tráfego de embarcações como marinas e portos. Como os limites de detecção de organoestânicos, como o TBT, através dos métodos analíticos normais são relativamente altos, a utilização de organismos marinhos no monitoramento desses compostos se torna interessante, pois além de acumular esses compostos, organismos de menor nível trófico, como os anfípodes caprelídeos, apresentam concentrações de TBT mais altas. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de utilização de caprelídeos como bioindicadores de OTs no litoral norte do estado de São Paulo. Para isso, foram realizadas duas coletas (Dezembro de 2009 e Março de 2010) em três praias (Fortaleza, Lázaro e Lamberto) de Ubatuba, SP. Foram coletadas 10 frondes individuais de Sargassum por praia em cada período para caracterizar a estrutura das assembleias de caprelídeos. As condições ambientais das praias foram avaliadas através de medições de hidrodinamismo, temperatura, oxigênio dissolvido, turbidez e matéria orgânica na água. As frondes foram fixadas, lavadas e triadas e os organismos identificados em nível de espécie. Para avaliação de organoestânicos foram coletadas cerca de cinquenta frondes de Sargassum, por praia, em cada período, das quais foram retirados caprelídeos para as análises. Em laboratório, os caprelídeos foram armazenados em papel alumínio, congelados e encaminhados para as análises de compostos organoestânicos. As amostras foram então homogeneizadas, e passaram por um procedimento analítico antes de serem analisadas em um cromatógrafo a gás com detector fotométrico de chama pulsante (CG-PFPD). Para descrever as assembleias de caprelídeos, foram calculados a densidade, a riqueza de espécies e índices de diversidade e equidade. Algumas diferenças nas condições ambientais entre praias e períodos de coleta foram registradas. Um total de 384 caprelídeos de nove espécies distintas foram coletados. A praia do Lázaro apresentou maior densidade, riqueza e diversidade. Apesar dessa riqueza de espécies, apenas duas (Caprella danilevskii e Caprella dilatata) puderam ser utilizadas nas análises de organoestânicos, devido à quantidade de massa exigida pelo método. Foram encontradas altas concentrações de TBT nas amostras de C. danilevskii (acima de 200 ng Sn/g), enquanto que para C. dilatata os valores estiveram desde abaixo do limite de detecção até um máximo de 35 ng Sn/g. Espera-se que, com a aplicação da nova legislação no Brasil, haja uma diminuição nas concentrações de TBT nas áreas costeiras do país. No entanto, o monitoramento das concentrações de TBT ainda se faz necessário e os resultados obtidos indicam que C. danilevskii pode ser um eficiente bioindicador de contaminação por TBT no litoral norte de São Paulo e em outras regiões do litoral brasileiro, pois essa espécie, além de concentrar esse composto, pode ser coletada com facilidade, ocorre em uma grande diversidade de condições ambientais e apresenta ampla distribuição no país.
Abstract: The caprellid amphipods are small crustaceans, usually with 0.1 to 3 cm long, belonging to the suborder Caprellidea. The caprellids have an important ecological function, because in addition to providing the connection between primary producers and higher trophic levels, they are sensitive to environmental variations, toxins and pollutants. Among these pollutants, organotin compounds, such as the tributyltin (TBT) stands out. The TBT is commonly used as active ingredient in biocides. Its wider application, however, is in the hulls of vessels due to its anti-fouling effect. Due to these factors, TBT and its derivatives (dibutyltin - DBT and monobutyltin - MBT) have caused environmental contamination in the marine environment, especially in the sediment and water, from areas with high boat traffic, like marinas and harbors. As the detection limits of organotins, such as TBT, through the normal analytical methods are relatively high, the use of marine organisms in the monitoring of these compounds are interesting because, besides accumulating these compounds, lower trophic level organisms such as caprellid amphipods, have higher concentrations of TBT. Therein, the aim of this study was evaluate the potential use of caprellids as bioindicators of OTs in the northern coast of São Paulo State. For this, two samplings were performed (December 2009 and March 2010) at three beaches (Fortaleza, Lázaro and Lamberto) from Ubatuba, SP. Ten individual fronds of Sargassum were collected per beach in each period to characterize the structure of caprellid assemblages. The environmental conditions of the beaches were evaluated by measurements of hydrodynamics, temperature, dissolved oxygen, turbidity and organic matter in water. The fronds were fixed, washed and examined and the organisms were identified to species level. For organotin evaluation, fifty fronds of Sargassum were collected, per beach, in each sampling period, from which caprellids were removed for analysis. In laboratory, the caprellids were stored in aluminum foil, frozen and sent to the organotin compounds analysis. The samples were then homogenized, and passed through an analytical procedure before analysis in a gas chromatography with pulsed flame photometric detector (GC-PFPD). To describe the caprellid assemblages, the density, species richness and indexes of diversity and evenness were calculated. Some differences in environmental conditions among beaches and between sampling periods were recorded. A total of 384 caprellids of nine different species were collected. The Lázaro beach had the highest density, richness, and diversity. Despite this species richness, only two species (Caprella danilevskii and Caprella dilatata) could be used in the organotin analyses, because of the amount of mass required by the method. High concentrations of TBT were found in the samples of C. danilevskii (above 200 ng Sn/g), whereas for C. dilatata the values were from below the detection limit up to 35 ng Sn/g. It is expected that with the implementation of new legislation in Brazil, there is a decrease in concentrations of TBT in the coastal areas of the country. However, the monitoring of TBT concentrations is still needed and the results obtained indicate that caprellids C. danilevskii stands out as an efficient bioindicator of TBT contamination in littoral north of São Paulo and another areas of Brazilian littoral, because this species besides concentrating this compound, can be easily collected, occurs in a wide variety of environmental conditions and is widely distributed in the country.
Keywords: Bioindicador
Caprelídeos
Compostos organoestânicos
TBT
Bioindicator
Caprellids
Organotin compounds
Ecologia marinha
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: SOUSA, Eduardo de Freitas. Potencial de utilização de anfípodes caprelídeos (Crustacea - Peracarida) como bioindicadores de compostos organoestânicos no litoral norte de São Paulo. 2011. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13357
Issue Date: 21-Feb-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss e.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.