Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13356
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Disponibilidade de recursos florais e o seu uso por beija-flores em uma área de cerrado de Uberlândia, MG
Disponibilidade de recursos florais e o seu uso por beija-flores em uma área de cerrado de Uberlândia, MG
Alternate title (s): Floral resource availability and its use by hummingbirds in an area of cerrado of Uberlândia, MG
Floral resource availability and its use by hummingbirds in an area of cerrado of Uberlândia, MG
Author: Maruyama, Pietro Kiyoshi
First Advisor: Oliveira, Paulo Eugenio Alves Macedo de
First member of the Committee: Freitas, Leandro
Second member of the Committee: Yamamoto, Marcela
Third member of the Committee: Araújo, Francielle Paulina de
Summary: Apesar de os beija-flores serem apontados como um importante grupo de polinizadores, poucos estudos sobre a sua ecologia estão disponíveis para alguns ecossistemas. O bioma Cerrado é um ecossistema que apresenta uma das mais ricas floras vasculares do mundo, mas numa dada comunidade desse bioma, a proporção de espécies ornitófilas parece ser relativamente baixa. Talvez forçadas por esta condição, visitas oportunistas de beija-flores a flores com outras síndromes florais no Cerrado parecem ser freqüentes. Nesse sentido este estudo teve dois objetivos: 1) avaliar a disponibilidade de recursos florais utilizadas pelos beija-flores numa comunidade de cerrado sentido restrito e 2) avaliar possíveis efeitos que as visitas de beija-flores tem na reprodução de uma planta não ornitófila. Na primeira parte do estudo, foi caracterizada a assembléia de plantas utilizadas pelos beija-flores, a dinâmica temporal e espacial da oferta de néctar (energia), bem como o uso e os fatores que afetam a utilização das plantas pelos beija-flores. Os resultados mostram que a disponibilidade de recursos florais variou de maneira considerável durante o ano, em sincronia com a floração das espécies mais abundantes, e sem clara associação com a sazonalidade típica do Cerrado. A quantidade de recursos oferecida pela planta e a disponibilidade de recursos para a área como um todo parecem explicar a freqüência com que determinada espécie de planta recebe visitas de beija-flores. Amazilia fimbriata e Eupetomena macroura foram as espécies mais freqüentes entre os beija-flores. Na maioria dos casos, os beija-flores parecem agir como ladrões de néctar quando em associação com as plantas não ornitófilas, já que não há um ajuste morfológico entre a flor e o polinizador. No entanto, em flores maiores e especialmente em flores do tipo pincel os beija-flores poderiam agir como polinizadores complementares. Na segunda parte do estudo, o efeito da visita de beija-flores numa planta não ornitófila (Styrax ferrugineus) foi investigado. Nessa planta em particular, os beija-flores parecem não contribuir de maneira direta para a reprodução da planta, já que apesar do contato com as anteras ocorrer frequentemente, as aves raramente tocam o estigma. Mesmo de maneira indireta, o efeito que os beijaflores têm na reprodução da planta parece ser pequeno, já que a sua exclusão não alterou as taxas de formação de frutos. A inabilidade dos beija-flores em exaurir todo o néctar presente na planta e a existência de outro recurso (grãos de pólen) para os principais polinizadores, abelhas, são apontados como fatores que minimizam o efeito da pilhagem de néctar. Mesmo que para as plantas o efeito da visita dos beija-flores não seja claro, sem dúvida o uso mais oportunista de recursos florais deve ser importante no ponto de visita dos beija-flores, especialmente no Cerrado onde a diversidade de flores ornitófilas é relativamente baixa.
Abstract: Although hummingbirds are considered an important group of pollinators, few studies about their ecology are available for some ecosystems. The Cerrado biome harbors one of the world richest vascular flora, but at a given community, the proportion of hummingbird pollinated flower is relatively low. Maybe driven by this trend, hummingbird visits are frequently recorded in non-ornithophilous flowers of Cerrado and these opportunistic visits may be crucial for their maintenance. In this sense our study had two aims: 1) to evaluate the floral resource availability for hummingbirds in a typical cerrado area and 2) to estimate the effect of hummingbird visits in the reproduction of a non-ornithophilous plant. In the first part of the study we characterized the assemblage of plants visited by the hummingbirds, the temporal and spatial dynamics of nectar (energy) availability, and factors affecting the frequency of hummingbird visits to the plants. Floral resource availability varied considerably during the year, in synchrony with the flowering of the most abundant species and without clear association with the seasonality typical of the Cerrado. The amount of nectar available per plant individual and the amount of nectar available in the entire area were the factors affecting the frequency of the hummingbird visits. In most of the nonornithophilous plants hummingbirds seemed to act as nectar thieves, since there was no morphological match between pollinator and flower. Nevertheless, in larger flowers and especially in brush flowers the hummingbirds may act as complementary pollinators. In the second part of the study, the effect of hummingbird visits to a non-ornithophilous plant (Styrax ferrugineus) was investigated. In this particular plant, hummingbird seemingly did not contribute directly in the pollination, since contact with the stigma rarely occurred, even though anthers were contacted frequently. Indirect effect of hummingbirds in the plant reproduction seemed to be minimal, since their exclusion from flowers did not affect fruit-set. The inability of hummingbirds in depleting all nectar produced in this mass-flowering plant and the existence of other resource (pollen) for the primary pollinator (large bees) are pointed as possible reasons for the absence of perceptible hindrance of hummingbirds in the plant reproduction. Even though the effect of hummingbird visits for non-ornithophilous plants were not clearly defined, for the bird perspective this opportunistic use of flowers is certainly important, especially in the Cerrado where hummingbird plant diversity is relatively low.
Keywords: Ladrões de néctar
Polinizadores oportunistas
Síndrome de polinização
Styrax ferrugineus
Nectar thieves
Opportunistic pollinators
Pollination syndromes
Polinização
Flores - Biologia
Interação animal-planta
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Quote: MARUYAMA, Pietro Kiyoshi. Floral resource availability and its use by hummingbirds in an area of cerrado of Uberlândia, MG. 2011. 56 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13356
Date of defense: 28-Feb-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Pietro.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.