Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13348
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Regeneração natural e relações ambientais em um remanescente de floresta estacional decidual no Parque Estadual do Pau Furado, Uberlândia, MG
metadata.dc.creator: Silva, Pedro Paulo Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, André Rosalvo Terra
metadata.dc.contributor.referee1: Araújo, Glein Monteiro de
metadata.dc.contributor.referee2: Vieira, Daniel Luís Mascia
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho trata da regeneração natural e a influência das variáveis ambientais e biofísicas do dossel sobre a densidade das espécies e sua distribuição ao longo de um remanescente de floresta estacional decidual sobre afloramento basáltico na região do Triângulo Mineiro, MG. Foi elaborada uma introdução geral, onde foram discutidos os aspectos de perda da biodiversidade devido à ação antrópica (desmatamentos, agricultura, etc.) mostrando a importância das formações florestais para o Brasil, a diversidade de fitofisionomias florestais no Cerrado e a importância das florestas estacionais deciduais. Em seguida, após a contextualização, a dissertação foi dividida em dois capítulos. No primeiro capítulo foi realizado um levantamento do componente da regeneração natural em parcelas aleatórias na área e divididas em duas classes de amostragem. Foram calculadas a densidade e freqüência de todas as espécies e as médias de espécies e indivíduos por parcela. Foi realizada uma ordenação das espécies em relação à densidade e foram elaboradas curvas de rarefação considerando estimadores não paramétricos. No segundo capítulo, foram coletadas as variáveis ambientais e biofísicas do dossel (abertura do dossel, , área basal, rochosidade, declividade, cobertura do solo, cobertura por bambu, e altura do dossel) e correlacionadas com a densidade de espécies através da análise de correspondência canônica. Foram calculadas as médias de abertura do dossel e IAF(índice de área foliar) e comparadas entre as estações chuvosa e seca. A regeneração natural para as duas classes de amostragem mostrou semelhança no número de espécies em relação a outras FED, com a dominância da espécie Anadenanthera colubrina, mostrando uma alta regeneração e um grande potencial silvicultural da espécie. Os estimadores não paramétricos apresentaram diferenças entre si, mas no geral, a sufciência amostral foi satisfatória. As espécies se agruparam de maneira similar para as duas classes, principalmente aquelas características de FED. As variáveis ambientais estão correlacionadas com densidade de espécies, mostrando sua influência sobre a distribuição das espécies ao longo da FED, formando gradientes ambientais, principalmente influenciadas pela rochosidade e declividade nas duas estações do ano e pela abertura do dossel na estação seca. A sazonalidade climática do Cerrado impõe adaptações às plantas, e a presença de luz intensa na estação seca em FED parece ser um fator ambiental determinante. Os resultados apresentam contribuições importantes para a conservação das florestas estacionais deciduais no Brasil Central, mostrando a influência das variáveis ambientais na regeneração natural da comunidade vegetal e a importância desse entendimento para os planos de manejo e conservação em unidades de conservação e para a restauração ecológica de ambientes degradados.
Abstract: The aim of the present paper was to investigate natural regeneration of an arboreal community and the influence of environmental and canopy variables on species density and distribution along a deciduous forest remnant in the Triangulo Mineiro, region, MG. We elaborated a general introduction, in which aspects of biodiversity loss due to human actions (deforestation, agriculture) are discussed and the importance of different physiognomies in the Brazilian cerrado, especially deciduous forests, are pointed out. Following this theoretical background, we present two chapters. The first one discusses a survey of arboreal natural regeneration carried out in random plots subdivided into two sampling classes. We calculated species density, frequency and the mean number of species and individuals per plot. An ordination analysis of species according to density was performed, and we also constructed rarefaction curves based on nonparametric estimators. Natural regeneration for both sampling classes was very similar in number of species to other deciduous forests, with Adadenanthera colubrina as the dominant species, indicating a high regeneration and silvicultural potential. Nonparametric estimators presented differences among them, but in general, rarefaction curves tended towards stabilization, suggesting we sampled a representative part of the arboreal community. In the second chapter, several environmental and canopy variables (canopy openness, basal area, rock cover, soil cover, bamboo cover, canopy height and declivity) were correlated to species density through a canonical correspondence analysis. Mean canopy openness and LAI (leaf area index) were compared between wet and dry seasons, and we found significant differences between them. Our results demonstrated that environmental variables, especially rock cover, declivity and canopy openness, were correlated to species density, influencing their distribution along the forest remnant and creating environmental gradients. Climate seasonality in the cerrado imposes environmental pressures to plants, and the presence of intense light during the dry season in deciduous forests seems to be a determinant factor. In general, our results provide important contributions to deciduous forest conservation in central Brazil, demonstrating the influence of environmental variables in natural regeneration of arboreal communities and the importance of this knowledge to management plans and restoration of degraded habitats.
Keywords: Floresta estacional decidual
Regeneração natural
Variáveis ambientais
Seasonal deciduous forest
Natural regeneration
Environments variables
Ecologia vegetal
Parque Estadual do Pau Furado (Uberlândia, MG)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: SILVA, Pedro Paulo Ferreira. Regeneração natural e relações ambientais em um remanescente de floresta estacional decidual no Parque Estadual do Pau Furado, Uberlândia, MG. 2011. 86 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13348
Issue Date: 18-Feb-2011
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Pedro.pdf1.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.