Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13343
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Ecologia e comportamento de formigas tecelãs (Camponotus) no cerrado brasileiro
metadata.dc.creator: Santos, Jean Carlos
metadata.dc.contributor.advisor1: Claro, Kleber Del
metadata.dc.contributor.referee1: Prezoto, Fabio
metadata.dc.contributor.referee2: Vasconcelos, Heraldo Luís de
metadata.dc.description.resumo: A forma de construção de ninhos em insetos eussociais revela importantes passos de sua história evolutiva. Os ninhos de formigas tecelãs são construídos a partir da seda que é produzida pelas suas próprias larvas. Esta forma de construção de ninhos é um dos mais notáveis exemplos de cooperação social em animais. O comportamento de construção de ninhos nas tecelãs restringe-se a três gêneros, Oecophylla, Polyrhachis e Camponotus (Karavaievia), das regiões Paleotropicais e Australianas e dois da região Neotropical, Dendromyrmex e Camponotus (Myrmobrachys). O comportamento e a estrutura dos ninhos das tecelãs C. senex e C. formiciformis é pouco conhecido. Estas espécies têm sido por nós estudadas na região dos cerrados do Triângulo Mineiro, na Univ. Fed. de Uberlândia, e os resultados revelam que C. senex e C. formiciformis constroem seus ninhos em árvores de copa densa, com muitos ramos e folhas, geralmente, nas partes externas das copas. Os ninhos são ovóides, apresentam várias galerias construídas ao redor de galhos e folhas, são poligínicos e têm entre 30.000 e 60.000 indivíduos. A reprodução começa com o início da estação chuvosa, setembro a outubro. São diurnas e alimenta-se de pequenos artrópodes e secreções animais e vegetais. C. senex possui mecanismos defensivos proximais como lançamento de jatos de ácido fórmico, uso das mandíbulas e distais como a produção de som semelhante ao de ninhos de vespas Polibinae. C. formiciformis apresentou um repertório comportamental complexo com mais de 50 atos comportamentais, sendo o primeiro etograma realizado para uma espécie tecelã. Os estudos destas espécies de formigas tecelãs contribuem para uma melhor compreensão do comportamento social em animais.
Abstract: The form of nests construction in eusocial insects reveals important steps of its evolutionary history. The weaver ants nests are built starting from the silk that is produced by their own larvas. This form of nests construction is one of the most remarkable instances of social cooperation in animals. The nests construction behavior in the weavers limited to three groups, Oecophylla, Polyrhachis and Camponotus (Karavaievia), of the paleotropical and Australian areas and two of the neotropical area, Dendromyrmex and Camponotus (Myrmobrachys). The behavior and the structure of the weaver C. senex nests and C. formiciformis are little known. These species have been studied by us in the savanna area of the Triângulo Mineiro, in the Univ. Fed. de Uberlândia, and the results reveal that C. senex and C. formiciformis build their nests in trees of dense cup, with many branches and leaves, usually, in the external parts of the cups. The nests are rounds, they present several galleries built around of branches and leaves, they are polygyny and they have between 30.000 and 60.000 individuals. The reproduction begins with the beginning of the rainy station, September to October. They are daytime and feeds small arthropods and animal secretions and vegetables. C. senex possesses proximal defensive mechanisms as release of jets formic acid, the use of the jaws and distant as the sound production similar to the of nests of wasps Polibinae. C. formiciformis presented a complex behavioral repertoire with more than 50 behavior actions, being the first etogram accomplished for a weaver species. The studies of these weaver ants species contribute to a better understanding of the social behavior in animals.
Keywords: Formigas tecelãs
Camponotus senex
Camponotus formiciformis
Formigas tecelãs - Ninhos
Etograma
Comportamento defensivo
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: SANTOS, Jean Carlos. Ecologia e comportamento de formigas tecelãs (Camponotus) no cerrado brasileiro. 2002. 103 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2002.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13343
Issue Date: 23-Oct-2002
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JCSantosDISSPRT.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.