Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13329
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Disponibilidade e consumo de frutos de Michelia champaca L. (Magnoliaceae) na área urbana de Uberlândia, MG: uma interação ave-planta exótica
Alternate title (s): Availability and consumption of fruits of Michelia champaca L. (Magnoliaceae) in the urban area of Uberlândia, MG: a birdexotic plant interaction
Author: Oliveira, Diego Silva Freitas
First Advisor: Marçal Junior, Oswaldo
First member of the Committee: Blamires, Daniel
Second member of the Committee: Franchin, Alexandre Gabriel
Summary: Plantas exóticas utilizadas na arborização urbana podem ter um importante papel na conservação de aves em ambientes urbanos quando oferecem algum tipo de recurso. O objetivo deste trabalho foi avaliar a disponibilidade de frutos de Michelia champaca na área urbana de Uberlândia, bem como seu consumo por aves. Foram selecionadas três áreas verdes da cidade: Parque do Sabiá, Praça Montese e Campus Umuarama da Universidade Federal de Uberlândia. O estudo foi desenvolvido no período de junho de 2008 a outubro de 2009. Para a análise do consumo dos diásporos (sementes ariladas) por aves foram realizadas observações com o auxílio de binóculo (8x40mm) das 06:00 às 18:00h de forma não contínua (sessões de 2 a 4 horas). Ao todo foram realizadas 167 horas de observação, sendo 47 no Parque do Sabiá, 51 no Campus Umuarama e 69 na Praça Montese. A disponibilidade de diásporos foi estimada por meio da contagem de frutos abertos visíveis em 9 indivíduos no Campus, 13 na Praça e 12 no Parque. Frutos maduros estiveram disponíveis em pelo menos uma das áreas ao longo de praticamente todo o período do estudo inclusive em meses da estação seca, sendo a frutificação mais abundante em fevereiro de 2009. Foram registrados 149 eventos de alimentação (EA) realizados por 20 espécies de aves (3 ordens, 6 famílias,15 gêneros). As espécies mais frequentes foram Dacnis cayana e Tersina viridis com 29 (19,5%) e 21 (14,1%) EA, respectivamente. Estas duas espécies também foram as que consumiram o maior número de diásporos, sendo 54 (20,3%) consumidas por T. viridis e 43 (16,17%) por D. cayana. De todos os diásporos consumidos 85,3% (n= 227) foram coletados por aves pousadas e 14,7% (n=39) foram coletados em vôo. O comportamento alimentar mais frequente foi o de engolir imediatamente o diásporo (n=149; 56,02%). O horário com maior média de EA foi das 8:00 às 9:00 h ( X = 1,5 ± 1,47) seguido pelo período de 7:00 às 8:00 h ( X = 1,46 ± 1,41). Não houve diferença significativa entre as áreas no número de diásporos consumidos (Kruskal-Wallis; H=4,33; gl=2; p=0,12). O número de EA apresentou diferença marginalmente significativa entre as áreas (Kruskal-Wallis; H=5,83; gl=2; p=0,055). Na comparação do número de EA dos principais consumidores houve diferença significativa entre as áreas (Kruskal-Wallis; H= 10,45; gl=2; p=0,005). Em relação à composição avifaunística, a análise de agrupamento revelou maior similaridade entre Praça Montese e Campus Umuarama (CS = 0,69). Em relação aos hábitos alimentares, houve predomínio de espécies onívoras (n=13; 65%), seguidas de espécies insetívoras (n=6; 35%). Não houve registros de interações agonísticas entre os consumidores de M. champaca. Os resultados indicam que esta espécie vegetal pode atuar como fonte alternativa de recurso alimentar para a avifauna local, uma vez que seus frutos ficam disponíveis durante a maior parte do ano.
Abstract: Exotic plants used in urban tree planting can play an important role in bird conservation in urban environments when they offer some kind of resource. The aim of this study was to evaluate the availability of fruits of Michelia champaca in the urban area of Uberlândia, and its consumption by birds. Three green areas of the city were selected: Parque do Sabiá, Praça Montese and Campus Umuarama of Federal University of Uberlândia. The study was carried out between June 2008 and October 2009. Observations were made with the aid of binoculars (8x40mm) for the analysis of consumption of diaspores (arillate seeds) by birds between 06:00 and 18:00 h (2 to 4 hours sessions). 167 hours of observation were accumulated, 47 in Parque do Sabiá, 51 in Campus Umuarama and 69 in Praça Montese. The availability of diaspores was estimated by counting all visible open fruits in 9 individuals on Campus, 13 on Praça and 12 on Parque. Mature fruits were available in at least one of the areas along virtually the entire period of study even in months of dry season, with the most abundant fruiting occurring in February 2009. A total of 149 feeding events (FE) performed by 20 species of birds (3 orders, 6 families, 15 genera) were recorded. The most frequent species were Dacnis cayana and Tersina viridis with 29 (19.5%) and 21 (14.1%) FE, respectively. These two species were also those who consumed the highest number of diaspores, with 54 (20.3%) being consumed by T. viridis and 43 (16.17%) by D. cayana. Of all consumed diaspores, 85.3% (n = 227) were collected by perching birds and 14.7% (n = 39) were collected in flight. The most frequent feeding behaviour was swallow diaspore immediately (n=149; 56.02). The higher mean of FE was between 8:00 and 9:00 h ( X = 1.5 ± 1.47) followed by the period of 7:00 to 8:00 h ( X = 1.46 ± 1.41). There was no significant difference between areas in the number of diaspores consumed (Kruskal-Wallis; H=4.33; gl=2; p=0.12).The number of feeding events presented marginally significant diference between areas (Kruskal-Wallis; H=5.83; gl=2; p=0.055). Comparing the number of FE of the main consumers there were significant difference between areas (Kruskal- Wallis; H= 10.45; gl=2; p=0.005). Regarding the composition of avifauna, the cluster analysis revealed a greater similarity between Praça Montese and Campus Umuarama (CS = 0.69). Regarding to feeding habits, there was a predominance of omnivores (n = 13; 65%), followed by insectivorous species (n = 6; 35%). There were no records of agonistic interactions among consumers of M. champaca. The results suggest that this species can act as an alternative source of alimentary resources for the local avifauna, since its fruits are available during most of the year.
Keywords: Frugivoria
Ecologia urbana
Aves
Michelia champaca
Frugivory
Urban ecology
Birds,
Ave - Ecologia
Ecologia urbana (Biologia)
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Quote: OLIVEIRA, Diego Silva Freitas. Availability and consumption of fruits of Michelia champaca L. (Magnoliaceae) in the urban area of Uberlândia, MG: a birdexotic plant interaction. 2010. 36 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13329
Date of defense: 25-Feb-2010
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
diego.pdf960.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.