Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13309
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Polinizadores da aceroleira (Malpighia emarginata DC., Malpighiaceae) em área do Triângulo Mineiro : riqueza de espécies, nicho trófico, conservação e manejo
Other Titles: West Indian Cherry s (Malpighia emarginata DC., Malpighiaceae) pollinators in an area of Triângulo Mineiro: species richness, trophic niche, conservation and management
metadata.dc.creator: Vilhena, Alice Maria Guimarães Fernandes
metadata.dc.contributor.advisor1: Augusto, Solange Cristina
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Bastos, Esther Margarida Alves Ferreira
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Paulo Eugenio Alves Macedo de
metadata.dc.contributor.referee2: Gaglianone, Maria Cristina
metadata.dc.description.resumo: As abelhas são consideradas os mais importantes polinizadores de plantas nativas e cultivadas, sendo que, em algumas culturas, podem aumentar a produção e melhorar a qualidade dos frutos. Dessa forma, estudos que abordem aspectos de conservação e manejo dos polinizadores, como monitoramento das populações e conhecimento dos recursos tróficos são fundamentais. Nesse trabalho, apresentamos parâmetros que podem subsidiar a conservação e o manejo dos polinizadores da aceroleira, as abelhas Centridini. Os dados foram coletados num cultivo dessa fruteira, na Estação Experimental Água Limpa, em Uberlândia, MG, nos períodos de outubro-novembro (P1) e janeiro-fevereiro (P2) dos anos 2006/2007 (A1) e 2007/2008 (A2), totalizando 54 horas de observação por ano. Além disso, a taxa de polinização natural foi acompanhada. Foi encontrada uma riqueza de 23 espécies, sendo Centris (Centris) varia e Centris (Centris) aenea as mais freqüentes no A1 e no A2, respectivamente. Foram registradas 20 espécies no A1 e 18 espécies no A2, as quais apresentaram variação temporal durante a floração. No entanto, o número de visitas não diferiu significativamente entre os dois períodos amostrados em ambos os anos. Os dados mostram uma substituição de espécies que polinizam efetivamente a aceroleira ao longo das amostragens, o que evidencia um efeito compensatório, no qual uma espécie diminui o impacto da falta de outra para a planta. Não houve correlação do número de frutos formados com o número de visitas, com o número de espécies e nem com o número de visitas por hora. Acredita-se que tenha sido verificada uma riqueza e uma frequência de polinizadores equivalente ao limiar necessário para manter níveis satisfatórios de polinização. Isso se deve, principalmente, à presença de áreas de Cerrado preservadas no entorno desse cultivo, que fornecem locais para nidificação e recursos alimentares para essas abelhas. Nas análises das cargas polínicas de sete espécies de Centridini coletadas de 2004 a 2008 no mesmo cultivo, encontramos grãos de 41 espécies e cinco tipos polínicos pertencentes a 18 famílias. Malpighiaceae foi a família mais representativa e, juntamente com Solanum lycocarpum, a mais importante como fonte de recursos. Dentre as principais fontes de néctar, destacaram-se Distictella elongata e Caesalpinia peltophoroides. Essa última, ao lado de S. lycocarpum, Tipo Heteropteris 3, Tipo Byrsonima e M. emarginata, foram utilizadas por todas as espécies de abelhas, embora tenham sido verificadas em abundâncias diferentes.Verificou-se a participação de 29 espécies que se apresentaram como polens isolados. Centris (Centris) flavifrons foi a espécie que apresentou maior amplitude de nicho trófico e maior uniformidade na utilização dos recursos. A espécie com menor amplitude e com menor uniformidade foi C. (C.) varia, cuja carga polínica apresentou 72,04% de grãos de M. emarginata. A similaridade máxima na utilização das fontes vegetais foi de 88% entre C. (C.) aenea e C. (C.) spilopoda. Acredita-se que as espécies de Malpighiaceae na área do cultivo estejam auxiliando na sua frutificação, garantindo populações grandes das espécies polinizadoras. A manutenção das espécies vegetais verificadas nesse estudo é fundamental para a conservação e o manejo dos polinizadores da aceroleira em áreas de Cerrado. Essa teia de interações baseada nos serviços de polinização auxilia não somente na produção do cultivo, mas também na reprodução das plantas que co-ocorrem no local, são dependentes de polinizadores e são fontes de recursos para esses Centridini.
Abstract: Bees are considered the most important pollinators of native plants and crops. In some cultures, they can increase the production and the fruit quality. Thus, studies that address issues of pollinators conservation and management like populations monitoring and knowledge about trophic resources are crucial. In this work, we present parameters that can support the conservation and management of the West Indian Cherry s pollinators, the Centridini bees. The data were collected in a cultivation of this plant, in Água Limpa Experimental Station, Uberlândia, MG, during October-November (P1) and January-February (P2) of the years 2006/2007 (A1) and 2007/2008 (A2 ), totaling 54 hours per year of observation. Moreover, the rate of natural pollination was accompanied. It was verified a richness of 23 species. Centris (Centris) varia and Centris (Centris) aenea were the most frequent species in the A1 and A2 respectively. We recorded 20 species in the A1 and 18 species in the A2, which showed temporal variation during the flowering. However, the number of visits did not differ significantly between the two periods in both years. The data show a replacement of species that pollinate effectively the West Indian Cherry, which presents a compensatory effect in which one species reduces the impact of the lack of another for the plant. There was no correlation of the number of fruits with the number of visits, the number of species and the number of visits per hour. This is believed to have been a richness and a frequency of pollinators equivalent to the threshold needed to keep a low variation in the fruit production. This is mainly due to the presence of preserved areas of Cerrado in the neighborhood of that culture, which provides sites for nesting and food resources for these species. In the pollinic loads analysis of seven Centridini bees collected from 2004 to 2008 in the same culture, we found grains of 41 plant species and five pollinic types belonging to 18 families. Malpighiaceae was the most representative family and with Solanum lycocarpum, the most important resource source. Among the main nectar sources, Distictella elongata and Caesalpinia peltophoroides stood out. The latter plus S. lycocarpum, Type Heteropteris 3, Type Byrsonima and M. emarginata, were used by all bee species, although they have been found in different abundances. It was verified the participation of 29 species that are presented as isolated pollen. Centris (Centris) flavifrons showed the largest trophic niche width and the most uniformity in the use of resources. The species with smallest width and with less uniformity was C. (C.) varia, whose pollinic load showed 72,04% of M. emarginata grains. The maximum similarity in the use of plant sources was 88% between C. (C.) aenea and C. (C.) spilopoda. Probably, the Malpighiaceae species in the area of cultivation are helping in the fruit set, ensuring large populations of pollinating species. The maintenance of plant species found in this study is essential to the West Indian Cherry s pollinators conservation and management in Cerrado areas. This interaction network based on pollination services helps not only the crop production, but also the reproduction of plants that co-occur in the same site, are dependents of pollinators and are sources for such Centridini.
Keywords: Abelha - Ecologia
Polinização por insetos
Acerola
Centridini
Agricultura
Polinização
Pólen
Abelhas
Agriculture
Pollination
Pollen
Bees
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: VILHENA, Alice Maria Guimarães Fernandes. West Indian Cherry s (Malpighia emarginata DC., Malpighiaceae) pollinators in an area of Triângulo Mineiro: species richness, trophic niche, conservation and management. 2009. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13309
Issue Date: 18-Feb-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
aAlice.pdf932.52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.