Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13305
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Macroinvertebrados bentônicos como indicadores de qualidade ambiental de afluentes do Rio Uberabinha, Uberlândia - MG
Other Titles: Benthic macroinvertebrates as environmental quality indicators of Uberabinha river tributaries, Uberlândia - MG
metadata.dc.creator: Guimarães, Renata de Moura
metadata.dc.contributor.advisor1: Jacobucci, Giuliano Buzá
metadata.dc.contributor.referee1: Augusto, Solange Cristina
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Leandro Gonçalves
metadata.dc.description.resumo: A utilização de índices bióticos e de diferentes métricas de macroinvertebrados bentônicos tem sido amplamente explorada em estudos realizados em sistemas lóticos no contexto da avaliação ambiental, assim como o conhecimento da relação biótico e abiótico e da dinâmica longitudinal das variáveis físico-químicas desses ambientes aquáticos. Este estudo objetivou avaliar a qualidade da água de córregos da área urbana de Uberlândia MG, utilizando métricas das comunidades de macroinvertebrados bentônicos, além de caracterizar a dinâmica longitudinal e sazonal de variáveis físico-químicas nesses córregos, avaliar a distribuição e a variação sazonal dos macroinvertebrados e a influência de variáveis ambientais sobre essas comunidades. O córrego Cabeceira do Lageado (C1) situa-se em uma Reserva Ecológica, já os córregos Buritizinho (C2), Lobo (C3) e Bons Olhos (C4) estão inseridos diretamente na malha urbana. Foram realizadas coletas na estação chuvosa e na estação seca, avaliadas as condições ecológicas dos locais e calculadas as métricas BMWP, diversidade de Shannon-Wiener, eqüidade de Pielou, riqueza de taxa, percentagem de EPT, Chironomidae e Oligochaeta. A comparação dessas métricas entre córregos em cada período de amostragem foi realizada através de Análise de Variância (ANOVA One Way), seguida do teste de Tukey. A comparação das métricas entre períodos de amostragem foi realizada utilizando-se o Teste t pareado e a relação entre elas foi avaliada através da Análise de Componentes Principais (PCA). Também foram avaliadas variáveis físico-químicas da água e do sedimento. As análises de correspondência (CA) e de componentes principais (PCA) determinaram os padrões mais importantes nos dados de abundância dos taxa e de variáveis ambientais, respectivamente. A significância das variáveis ambientais sobre a fauna foi avaliada através de Análise de Correspondência Canônica (CCA). Em C1 houve maior representatividade de EPTs, seguido de C4 e C2. A abundância de Chironomidae foi alta em todos os córregos, já a de Oligochaeta foi alta em córregos 2 e 3. O córrego 2 apresentou valores significativamente mais baixos de riqueza de taxa e BMWP em relação aos demais córregos na estação seca. Não foram encontradas diferenças sazonais das métricas dentro de cada córrego. A % EPT, riqueza e BMWP refletiram melhor a qualidade ambiental dos córregos, remetendo à boa qualidade de C1, seguida de C4, e em piores condições C2 e C3. As variáveis DBO, DQO, matéria orgânica, turbidez, condutividade e oxigênio dissolvido foram as mais importantes para a diferenciação dos córregos, apontando um gradiente de qualidade ambiental, de C1, que apresentou boa qualidade ambiental, até C2, que apresentou águas muito degradadas, e C3 e C4 em condições intermediárias. Grupos sensíveis à poluição restringiram-se a C1 e grupos mais tolerantes ocorreram em maior abundância em C2. Quanto à relação fauna e variáveis ambientais, a variável oxigênio dissolvido foi a mais importante para Ephemeroptera, Coleoptera (outros), Trichoptera (outros), Hemiptera, Odonata, Hydropsychidae e Diptera (outros), a DBO para Hydrophilidae e Hirudinea e a turbidez para Collembola. São urgentes medidas de recuperação dos córregos 2, 3 e 4, visando a melhoria da qualidade da água desses mananciais. Além disso, fica evidente a importância da preservação das veredas para os sistemas lóticos associados às mesmas.
Abstract: The use of biotic indices and different metrics of benthic macroinvertebrates has been widely used in studies on lotic systems in the context of environmental assessment, as well as the knowledge of the biotic and abiotic relationship and longitudinal dynamics of physico-chemical variables of these aquatic environments. This study aimed to evaluate the water quality of streams in the urban area of Uberlândia - MG, using metrics of benthic macroinvertebrate communities, and to characterize the seasonal and longitudinal dynamics of physico-chemical variables in these streams, evaluate the distribution and seasonal variation of macroinvertebrates and the influence of environmental variables on these communities. Cabeceira of Lageado stream (C1) is situated in a Natural Reserve, and the streams Buritizinho (C2), Lobo (C3) and Bons Olhos (C4) are directly inserted into the urban area. We conducted samplings in wet and dry seasons, evaluating the ecological conditions of the sites and calculating the metrics BMWP, Shannon-Wiener diversity, Pielou evenness, taxa richness, percentage of EPT, Chironomidae and Oligochaeta. The comparison of these metrics among streams in each sampling period was performed by analysis of variance (One Way ANOVA), followed by Tukey test. The comparison of metrics between sampling periods was performed by the paired t test and the relationship between them was evaluated by principal components analysis (PCA). We also evaluated physico-chemical variables of water and sediment. Correspondence analysis (CA) and principal component analysis (PCA) determined the most important patterns in taxa abundance and environmental variables data, respectively. The significance of environmental variables on the fauna was evaluated through Canonical Correspondence Analysis (CCA). In C1 EPTs were more representative, followed by C4 and C2. The Chironomidae abundance was high in all streams and Oligochaeta abundance was high in streams 2 and 3. Stream 2 had significantly lower values of taxa richness and BMWP than the other streams in the dry season. There were no seasonal differences of metrics within each stream. The % EPT, richness and BMWP better reflected the environmental quality of the streams, referring to the good quality of C1, followed by C4, and in worst conditions C2 and C3. The variables BOD, COD, organic matter, turbidity, conductivity and dissolved oxygen were the most important for stream differentiation, indicating a gradient of environmental quality, from C1, with good environmental quality, to C2, which showed very degraded waters, and C3 and C4 in intermediate conditions. Pollution sensitive groups were restricted to C1 and more tolerant groups occurred in higher abundance in C2. Considering the relationship between fauna and environmental variables, the variable dissolved oxygen was more important to Ephemeroptera, Coleoptera (other), Trichoptera (other), Hemiptera, Odonata, Hydropsychidae and Diptera (other), the BOD to Hydrophilidae and Hirudinea and turbidity to Collembola. Measures for recovery of the streams in the urban area of Uberlândia, aiming to improve the water quality are urgent. Moreover, it is clear the importance of the preservation of veredas for the associated lotic systems.
Keywords: Índices bióticos
Variáveis ambientais
Sistemas lóticos
Poluição
Macroinvertebrados bentônicos
Biotic indices
Environmental variables
Lotic systems
Pollution
Benthic macroinvertebrates
Ecologia aquática
Ecossistema
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: GUIMARÃES, Renata de Moura. Benthic macroinvertebrates as environmental quality indicators of Uberabinha river tributaries, Uberlândia - MG. 2008. 99 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13305
Issue Date: 30-Mar-2008
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
aRENATA GUIMARAES.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.