Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13302
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Estrutura, estratificação e grupos ecológicos de um fragmento de floresta estacional semidecidual (Uberaba, MG)
metadata.dc.creator: Dias Neto, Olavo Custódio
metadata.dc.contributor.advisor1: Schiavini, Ivan
metadata.dc.contributor.referee1: Araújo, Glein Monteiro de
metadata.dc.contributor.referee2: Berg, Evandro Van Den
metadata.dc.description.resumo: As florestas estacionais semideciduais (FES) ocorrem na forma de manchas, principalmente na região do Cerrado do Brasil central, e já ocuparam uma área bastante expressiva ao longo de Minas Gerais. Essas formações coincidem com solos férteis e úmidos, caracterizadas pela sazonalidade climática, que determina a estacionalidade foliar dos indivíduos arbóreos dominantes, em resposta a deficiência hídrica. Dessa forma um melhor estudo nestas florestas é necessário para buscar entender a estrutura e verificar a formação de padrões, comparando também a composição florística entre fragmentos. O estudo foi realizado em um fragmento de FES, localizado entre nas coordenadas inicias 19º40´35 S e 48º02´12 W. O clima da região é do tipo Aw e a média anual de temperatura apresenta-se entre máxima de 30,3°C e mínima de 17,5°C e precipitação pluviométrica média 1630 mm. Demarcou-se uma área de um hectare, subdividida em cinco transectos de 100 metros distantes um do outro 20m. Cada transecto foi composto por cinco parcelas de 20 x 20 m cada. Em cada parcela foram amostrados todos os indivíduos arbóreos vivos com circunferência a altura do peito (1,30 m acima do solo) maior ou igual a 15 cm (CAP  15cm). Os parâmetros fitossociológicos analisados foram os comumente usados em fitossociologia. Foram calculadas a densidade e área basal total, além dos índices de Shannon e Equitabilidade para a comunidade. A floresta foi segmentada em três estratos verticais, com base na altura média de todos os indivíduos e seu desvio padrão. Foi realizada a similaridade florística desta FES com outras FESs utilizando-se a riqueza e a abundância das espécies. Foram amostrados 806 indivíduos representados por 90 espécies. As espécies secundárias tardias foram freqüentes no o dossel e sub-bosque, sendo Micrandra elata (Didr.) Müll. Arg. a mais importante na comunidade, seguida da Galipea jasminiflora (A.St.-Hil.) Engl, a que teve maior freqüência no sub-bosque, ambas secundárias tardias. As espécies pioneiras tiveram baixa representatividade na amostra, o que era esperado para uma área com bom estado de conservação. Associado a esse estado de conservação destaca-se também a área basal de 45,8m2/ha, o que é fora do comum para esse tipo de formação vegetal no Triangulo Mineiro. A floresta apresentou o padrão J-invertido para a distribuição de diâmetro da comunidade, mas a espécie mais densa apresentou uma distribuição fora desse padrão. A análise de similaridade baseada na riqueza das espécies demonstrou a formação de quatro grupos; o fator conservação e proximidade geográfica parece ser os mais relevantes para o agrupamento das áreas. Já para a abundância, a análise não mostrou formação de grupos. O solo demonstrou media fertilidade e se caracterizou por ser homogêneo quanto aos teores químicos, o que não permitiu a formação de gradientes dentro da área amostrada. A análise da cobertura do dossel demonstrou uma variação em função da sazonalidade e em algumas parcelas distintas. De uma maneira geral, o fragmento estudado apresenta uma estrutura e características próprias, destacando uma elevada área basal, estratificação bem definida e o domínio de espécies secundarias tardias, mostrando assim o estado primário de conservação dessa floresta.
Abstract: Seasonal semideciduous forests (FES) occur in patches mainly in the region of the Cerrado of central Brazil, had occupied a expressive area throughout Minas Gerais state. These formations generally occur on fertile and humid soil, characterized for the climatic changes that determines the seasonal deciduousness of the dominant tree individuals, in reply the hydric deficiency. Therefore, studies in these forests are necessary to search to understand the structure and to verify the formation of standards and comparing the floristic composition of this with others fragment. The study was carried out in a seasonal semideciduous forest area located between the coordinates 19º40´35 S and 48º02´12 W. The climate of the region is of the Aw type and the annual average of temperature is presented maximum of 30.3°C, and minimum of 17.5°C and average precipitation is 1630 mm. An area of one hectare, subdivided in five transects of 100 meters was demarcated. Each transect was composed for five plots 20 x 20 m each, totalizing 25 plots. In each plot they had been showed to the tree individuals with circumference ate breast height (1.30 m above of the ground) bigger or equal 15 cm (CBH ≥ 15cm). The usual phytossociological parameters had been analyzed. The density and basal area had been calculated, beyond the indices of Shannon and equitability for the community. The forest was segmented in three vertical stratus based of the average height of all the individuals and its standard error. The floristic similarity of these FES with other FESs was calculated, based in richness and abundance of the species. 806 individuals represented for 90 species had been showed. Late secondary species were frequent in the canopy and sub-canopy, being Micrandra elata (Didr.) Müll. Arg. The most important specie in the community followed of Galipea jasminiflora (A.St. - Hil.) Engl, with presented the greater frequency in the understory. The pioneer species had low representation in the sampled area, what it was waited for an area with good condition of conservation. Associated to this state of conservation, the basal area of 45,8m2/ha is also distinguished, what is not common for this type of vegetation formation in the Triangulo Mineiro. The forest presented the J-invert standard for the diameter distribution of the community, but the more dense species showing distribution out of this standard. The analysis of similarity based on the richness of species demonstrated the formation of four groups, and the factor conservation state and geographic proximity seems to be most significant. Already for the abundance, the analysis did not show formation of groups. The soils demonstrated fertility media and characterized for homogeneity for chemical components, what did not allow the formation of gradients of the showed area. The analysis of the covering of the canopy demonstrated a variation in function of the seasonality. In a general way this remnant studied presents a particular structure and characteristics, well defined stratification and the species domain you would second delayed; thus showing the primary succession state of this forest.
Keywords: Florestas semideciduais
Estratificação
Estrutura
Similaridade
Forest fragment
Semideciduous forest
Stratification
Structure population
Similarity
Ecologia vegetal
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: DIAS NETO, Olavo Custódio. Estrutura, estratificação e grupos ecológicos de um fragmento de floresta estacional semidecidual (Uberaba, MG). 2009. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13302
Issue Date: 5-Feb-2009
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Olavo.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.