Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13257
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avifauna em áreas urbanas brasileiras, com ênfase em cidades do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba
Other Titles: Avifauna in brazilian urban areas, with emphasys in the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba cities
metadata.dc.creator: Franchin, Alexandre Gabriel
metadata.dc.contributor.advisor1: Marçal Junior, Oswaldo
metadata.dc.contributor.referee1: Pinese, José Fernando
metadata.dc.contributor.referee2: Brites, Vera Lucia de Campos
metadata.dc.contributor.referee3: Claro, Kleber Del
metadata.dc.contributor.referee4: Fontana, Carla Suertegaray
metadata.dc.description.resumo: No Brasil, a maioria das pesquisas com aves no ambiente urbano se restringe a parques urbanos, campi universitários e praças arborizadas. Com exceção dos estudos realizados em áreas verdes de Uberlândia, pouco se conhece sobre a avifauna nas cidades na região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba. Os objetivos desta tese foram determinar a avifauna em cidades brasileiras por meio de dados secundários; comparar a distribuição dessas aves no ambiente urbano do país; determinar a riqueza e composição da avifauna em áreas urbanas na região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba e comparar a avifauna encontrada no ambiente urbano com as aves de áreas naturais do Cerrado da região. Foi conduzida uma revisão bibliográfica e compilada uma lista de aves que foram registradas em áreas verdes urbanas no Brasil. A maioria dos trabalhos utilizados foi desenvolvida após 1995. Também foram realizados levantamentos em nove cidades da região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba e em uma área natural da região. Além disso, foram utilizadas informações da ocorrência de espécies de aves na cidade de Uberlândia e em outras duas áreas naturais, por meio de dados secundários. As observações em todas as áreas foram realizadas de setembro de 2005 a janeiro de 2009, no período da manhã e final da tarde, totalizando 270 horas nas áreas urbanas e 88 horas na área natural. Foi encontrado um total de 552 espécies de aves nas 22 cidades brasileiras, distribuídas em 21 ordens, 71 famílias e 339 gêneros. Apenas três espécies foram registradas em todas as cidades (Columbina talpacoti, Pitangus sulphuratus, Troglodytes musculus). A maioria das espécies foi exclusiva de uma única cidade (205 espécies) e 22 (3,9% do total) ocorreram em 80% das cidades. No contexto regional, foram registradas 183 espécies de aves nas nove cidades da região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (17 ordens, 47 famílias e 150 gêneros). Em relação à dieta, a maioria das aves foi insetívora (n= 72; 40,7%) e onívora (n= 46; 26,0%). A avifauna na região pode ser considerada similar (Cs=0,60). Foram identificadas 38 espécies comuns a todas as cidades investigadas (17,3%). Nas áreas naturais podemos encontrar 357 espécies e nas urbanas 220. O índice de similaridade entre as áreas foi de 0,72. A maioria das espécies em ambos os ambientes é essencialmente florestal. As dietas onívora e insetívora representaram mais de 65% das espécies em ambas as áreas. Nas áreas naturais, a dieta insetívora foi predominante (36%), enquanto que onívora foi mais frequente no ambiente urbano (34%). Nectarívoros foi a dieta que apresentou a maior proporção de espécies no ambiente urbano (74%, n=19). Ao todo, 26 espécies endêmicas. Todas elas estão presentes nas áreas naturais (11 de Cerrado e 15 de Mata Atlântica) e apenas cinco endêmicas de Cerrado e duas de Mata Atlântica ocorrem no ambiente urbano. Em relação ao status de conservação, nove espécies possuem algum grau de ameaça na lista global (IUCN), destacando-se uma vulnerável (Culicivora caudacuta) e uma em perigo (Harpyhaliaetus coronatus). De acordo com a lista de Minas Gerais, 15 espécies são consideradas ameaçadas. Em relação à representatividade dessas espécies no ambiente urbano, nenhuma espécie presente na lista nacional de espécies ameaçadas e apenas uma globalmente ameaçada na categoria Quase Ameaçada foi registrada (Aratinga auricapillus). Três espécies ameaçadas em Minas Gerais, na categoria Vulnerável, ocorreram no ambiente urbano (Crax fasciolata, Ara ararauna, Sicalis flaveola). A avifauna presente em cidades brasileiras representa uma porção importante das aves que ocorrem no Brasil. As áreas naturais e urbanas da região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba apresentam uma avifauna representativa de espécies do Bioma Cerrado. As áreas urbanas se mostraram importantes para proteção dessas espécies. Por outro lado, a composição de espécies presente em áreas naturais, quando comparada com aquelas presentes em áreas urbanas, demonstra a importância das áreas naturais para conservação da avifauna e reforça a necessidade de criação de unidades de conservação na região Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba.
Abstract: In Brazil most research with urban birds is restricted to urban parks, college campi and tree covered plazas. With the exception to the green areas of Uberlândia, very little is known about the avifauna in the cities of the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba region. The objectives of this thesis were to describe the avifauna of Brazilian cities by means of secondary data; to compare the distribution of these birds in the urban habitats in the city; to determine the richness and composition of the avifauna in urban areas of the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba region, and to compare the avifauna found in the urban habitat with birds of natural areas of Cerrado in the region. A bibliographic survey was conducted and compiled in a list of birds found in green urban areas in Brazil. Most papers used were accomplished since 1995. The birds of nine cities and also in a natural area were surveyed in the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba region. Besides this, the bird species occurrences information of the city of Uberlândia and other two natural areas were also utilized, by means of secondary data. The observations in all areas were made from September 2005 to January 2009, in the morning and in the afternoon, summing up 270 hours in the urban areas and 88 hours in the natural area. There were 552 bird species found in 22 Brazilian cities, distributed in 21 orders, 71 families and 339 genera. Only three species were found in all cities (Columbina talpacoti, Pitangus sulphuratus, Troglodytes musculus). Most species were exclusive of only one city (205 species) and 22 (3,9% of total) occured in 80% of the cities. In a regional context, 183 bird species were found in the nine cities of the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba region (17 orders, 47 families and 150 genera). In relation to the diet, most birds were insectivorous (n= 72; 40,7%) and omnivorous (n= 46; 26,0%). The avifauna in the region can be considered similar (Cs=0,60). There were 38 species common to all the surveyed cities (17,3%). In the natural areas were found 357 species, and in the urban area 220 species. The similarity index between the areas was 0,72 and most species in both habitats are essentially forest birds. The insectivorous and omnivorous diets represent more than 65% of species in both areas. In the natural areas, the insectivorous diet was the most important (36%), while in the urban habitat, the omnivorous diet (34%). The nectarivores represented a greater proportion of species in the urban habitat (74%, n=19). In total, 26 species are endemic. All of them are found in the natural areas (11 in Cerrado and 15 in Atlantic Forest) and only five Cerrado endemics and two Atlantic Forest species are found in the urban habitat. In relation to the conservational status, nine are listed with some degree of threat (IUCN), stressing one vulnerable (Culicivora caudacuta) and one endangered (Harpyhaliaetus coronatus). According to the Minas Gerais list, 15 species are considered threatened. In relation to the representativity of this list in the urban habitat, no species present in the national list of threatened species and only one globally threatened in the category almost endangered was found (Aratinga auricapillus). Three threatened species in Minas Gerais, in the vulnerable category occurred in the urban habitat (Crax fasciolata, Ara ararauna, Sicalis flaveola). The avifauna present in Brazilian cities represent an important portion of the birds found in Brazil. The natural and urban areas of the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba region show a representative avifauna of the Cerrado Biome. The urban areas were found to be important areas to the protection of these species. On the other hand, the species composition of the birds found in natural areas, compared to that of the urban areas, highlights the importance of the natural areas to the avifauna, and supports the necessity to organize conservation areas in the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba region.
Keywords: Hábitat urbano
Escala regional
Conservação
Áreas naturais
Urban habitat
Regional scale
Conservation
Natural areas
Ave - Ecologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais
Citation: FRANCHIN, Alexandre Gabriel. Avifauna in brazilian urban areas, with emphasys in the Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba cities. 2009. 160 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13257
Issue Date: 12-May-2009
Appears in Collections:TESE - Ecologia e Conservação de Recursos Naturais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alexandre.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.