Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13162
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Estudo genético do consumo alimentar residual e características produtivas e reprodutivas em um rebanho nelore
metadata.dc.creator: Moraes, Giovanna Faria de
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Isabel Cristina
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Pereira, Idalmo Garcia
metadata.dc.contributor.referee1: Rezende, Fernanda Marcondes de
metadata.dc.contributor.referee2: Ribeiro, Sandro Henrique Antunes
metadata.dc.description.resumo: Para fomentar a lucratividade na bovinocultura é importante selecionar animais que ingerem menos alimentos sem comprometer o desempenho. O consumo alimentar residual (CAR) permite identificação de animais que se mantém e produzem com consumo inferior ao esperado. Foram realizadas revisão de literatura abordando CAR como medida de eficiência alimentar e impactos da sua utilização como critério de seleção e um artigo sobre avaliação genética do CAR e do consumo alimentar residual ajustado para a gordura (CARFat), analisando a influência da seleção para essas variáveis sobre outras características. A revisão de literatura demonstrou que a seleção para CAR resulta em rebanhos com menor exigência de mantença e consumo, entretanto, há divergências quanto às implicações em características de carcaça e precocidade reprodutiva. São necessários mais estudos, sobretudo em zebuínos, que avaliem o impacto da seleção para CAR e indiquem alternativas para sua utilização como critério de seleção. No artigo foram analisadas sete provas de eficiência alimentar, com 946 machos Nelore. Utilizou-se Inferência Bayesiana, modelo animal, análises uni e bicaracterística. Ingestão de matéria seca (IMS), ganho de peso diário (GPD), CAR, CARFat e peso metabólico (PVM0,75) apresentaram herdabilidade moderada à alta, assim como área de olho de lombo (AOL), espessura de gordura (EG), espessura de gordura na picanha (EGP8), marmoreio (MAR), acabamento (ACAB) e perímetro escrotal ajustado para 450 dias de idade (PE450). Correlações de CAR e CARFat com características de carcaça foram nulas, com exceção a AOL, que apresentou correlação genética com CAR e CARFat de -0,42. Correlações entre CAR e PE450 foram nulas e entre CARFat e PE450, altamente positivas. Seleção para CAR e CARFat resultaram em redução da IMS (-0,31 kg/dia, e -0,32 kg/dia, respectivamente). Com exceção a AOL que apresentou ganho indireto de 1,21cm2 e 1,24 cm2, ao selecionar para CAR e CARFat, respectivamente, respostas correlacionadas para características de carcaça foram nulas. Ganho indireto para PE450 foi negativo ao simular seleção para CARFat, enquanto que ao selecionar para CAR, foi nulo. Variabilidade genética observada no CAR e no CARFat demonstra que a seleção poderá promover ganhos genéticos, porém correlações genética desfavoráveis entre CARFat e PE450 devem ser analisadas.
Abstract: To increase profitability in cattle breeding is important to select animals that ingest less food without compromising performance. The residual feed intake (RFI) allows the identification of animals that produce and maintains with lower consumption than expected. Were performed literature review addressing RFI as a measure of feed efficiency, and impacts of their use as selection criteria, and an article about genetic evaluation of RFI and residual feed intake adjusted for fat (RFIFat), analyzing the influence of selection for these variables on other traits. The literature review showed that selection for RFI results in herds with less demand of maintenance and consumption, however, there is disagreement about the implications on carcass traits and reproductive precocity. Are required more research, especially in zebu, to evaluate the impact of selection for RFI and indicate alternatives to their use as selection criteria. In the article it was analyzed seven tests of feed efficiency, with 946 Nellore males. It was used Bayesian Inference, animal model, in single and two-trait analysis. Dry matter intake (DMI), average daily gain (ADG), RFI, RFIFat, and metabolic weight (MBW) had moderate to high heritability, as well as rib eye area (REA), backfat thickness (BFT), rump fat thickness (RFT), marbling (MAR), subcutaneous fat thickness (SFT) and scrotal circumference adjusted to 450 days of age (SC450). Correlations of RFI and RFIFat with carcass traits were nil, except AOL, that showed genetic correlation with RFI and RFIFat of -0.42. Genetic and phenotypic correlation between RFI and SC450 were null and between RFIFat and SC450 highly positive. Selection for RFI and RFIFat resulted in a reduction of DMI (-0.31 kg /day, and -0.32 kg /day, respectively). Except REA, that showed positive indirect gain when selecting for RFI and RFIFat, correlated responses to carcass traits were nil. Indirect gain for SC450 was negative at simulated selection for RFIFat, while selecting for RFI was nil. Genetic variability observed in RFI and RFIFat demonstrates that the selection can promote genetic gains, however unfavorable genetic correlations between RFIFat and SC450 should be carefully analyzed.
Keywords: Eficiência alimentar
Parâmetros genéticos
Zebuínos
Food efficiency
Genetic parameters
Zebu
Zebu - Alimentação e rações
Zebu - Melhoramento genetico
Zebu - Nutrição
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias
Citation: MORAES, Giovanna Faria de. Estudo genético do consumo alimentar residual e características produtivas e reprodutivas em um rebanho nelore. 2016. 58 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13162
Issue Date: 4-Mar-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Veterinárias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoGeneticoConsumo.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.