Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13148
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Diagnóstico de leptospirose bovina em duas propriedades rurais utilizando MAT, ELISA e PCR
metadata.dc.creator: Rezende, Laís Miguel
metadata.dc.contributor.advisor1: Ribeiro, Anna Monteiro Correia Lima
metadata.dc.contributor.referee1: Machado, Flávia Maria Esteves
metadata.dc.contributor.referee2: Naves, João Helder Frederico de Faria
metadata.dc.description.resumo: A Leptospirose é uma doença, de grande impacto econômico sobre a pecuária, além de ser uma importante zoonose que acomete várias espécies animais. Diversos sorovares podem infectar os bovinos, induzindo ou não manifestações clínicas assim sendo o diagnóstico clínico não é conclusivo, sendo necessário o auxilio dos testes de laboratório para a confirmação do diagnóstico. A Soroaglutinação Microscópica em Campo Escuro (MAT) é considerada teste padrão pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), porém apresenta algumas limitações e sua interpretação pode ser subjetiva. Outros testes de diagnóstico estão sendo desenvolvidos com o objetivo de substituí-lo ou complementá-lo, como o ELISA e o PCR. Os quais podem atuar como aliados no monitoramento dos animais, por se tratarem de testes mais sensíveis e específicos, aumentando a qualidade do procedimento diagnóstico. Objetivou-se com essa pesquisa avaliar a ocorrência da infecção em duas propriedades, com e sem histórico de leptospirose com auxílio do MAT, ELISA e PCR. Para isto foram analisados 48 bovinos voltados para produção de leite, sendo que destes, 20 (41,66%) eram reagentes no MAT apresentando títulos de anticorpos maiores ou iguais a 100, 12 amostras de urina, foram selecionadas para realização da PCR sendo todas consideradas negativas ao teste. Para complementar os resultados, três ELISAs, cada um empregando antígenos diferentes para detecção de anticorpos em soros de bovinos, sendo eles: L.interrogans sorovar Hardjo, L.interrogans sorovar Hebdomadis e um pool contendo seis sorovares foram desenvolvidos. Os quais obtiveram como sensibilidade 90%, 70%, 20% respectivamente e uma especificidade de 67,10%, 80,26%, 89,47%. Com exceção do ELISA/pool, todos alcançaram uma boa concordância com o teste padrão e uma boa reprodutibilidade. Conclui-se que é sempre importante correlacionar dois ou mais testes de diagnósticos, associado ao quadro clínico, para aumentar a eficácia dos resultados.
Abstract: Leptospirosis is a disease of great economic impact on livestock as well as being an important zoonosis that affects several animal species. Several serotypes can infect cattle, inducing or no clinical manifestations thus clinical diagnosis is inconclusive, requiring the help of laboratory tests to confirm the diagnosis. may or may not induce clinical manifestations clinical diagnosis is not conclusive, requiring support of laboratory tests to confirm the diagnosis. The Microagglutination test (MAT) is considered as standard by the World Organization for Animal Health (OIE) but has some limitations and their interpretation can be suggestive. Some tests in order to detect anti-Leptospira immunoglobulins are being developed in order to replace it or supplement it, as ELISA and PCR. They can act as allies in animal tracking, because they are more sensitive and specific tests, increasing the quality of the diagnostic procedure. The aim of this research is to evaluate the occurrence of infection in two properties, with and without history of leptospirosis with support of MAT, ELISA and PCR. For this were analyzed 48 cows, of these 20 (41.66%) were positive in MAT, with antibody titers equal or greater to 100, 12 urine samples were selected for PCR analysis are all considered negative to the test. To complement the results, three ELISAs, each employing different antigens to detect antibodies in cattle sera, these being: L.interrogans serovar Hardjo, L.interrogans serovar Hebdomadis and a pool with six serotypes have been developed. They presented as sensitivity, 90%, 70%, and 20% respectively, and a specificity of 67, 10%, 80, 26%, 89, 47%. Except the ELISA / pool, all have reached a good agreement with the standard test and good reproducibility. In conclusion, it is always important to relate two or more diagnostic tests, associated with the clinical diagnostic, to increase the effectiveness of the results.
Keywords: Hebdomadis
Lepstospira spp.
Testes sorológicos
Serologic tests
Leptospirose - Bovinos
Bovino de leite - Doenças
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias
Citation: REZENDE, Laís Miguel. Diagnóstico de leptospirose bovina em duas propriedades rurais utilizando MAT, ELISA e PCR. 2016. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13148
Issue Date: 28-Jan-2016
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Veterinárias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiagnosticoLeptospiroseBovina.pdf923.61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.