Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13073
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Caracterização imuno-histoquímica de infiltrado inflamatório em tumores mamários espontâneos caninos
Author: Fernandes, Carla Cristiane
First Advisor: Medeiros, Alessandra Aparecida
First member of the Committee: Szabó, Matias Pablo Juan
Second member of the Committee: Magalhães, Geórgia Modé
Summary: O objetivo foi verificar a associação entre raça e idade das cadelas com ocorrência de tumores malignos; verificar correlação com a utilização de hormônios como método contraceptivo, manifestação de pseudociese, tamanho do tumor e presença de ulceração com o tipo histológico maligno ou benigno. Caracterizar o infiltrado inflamatório dos tumores de mama por meio de marcadores moleculares para linfócitos T (CD3), linfócitos B (IgG), macrófagos (MAC 387 e CD68) e células que expressam MHC II (TAL IB5) utilizando a técnica de imuno-histoquímica. Comparar os infiltrados inflamatórios presentes nos tumores benignos e malignos. Avaliar a influência do tamanho do tumor, presença de ulceração, uso de hormônios como método contraceptivo, tipo histológico do tumor de mama sobre a sobrevida das cadelas. Foram utilizadas 80 fêmeas caninas, portadoras de neoplasias mamárias, atendidas junto ao Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) entre 03/2010 a 03/2011. O método de imuno-histoquímica empregado foi o Complexo Estreptoavidina- Biotina Peroxidase. Dos 80 tumores incluídos no estudo, 90% foram classificados como malignos e 10% como benignos. E 45% destes eram de cadelas sem raça definida (SRD) e, entre as cadelas de raça, as mais comuns foram coocker, pinscher (10%) e poodle (7,5%). Segundo a faixa etária, 19 cadela tinha entre dois a oito anos de idade e 61 eram cadelas que tinham mais de oito anos de idade. Entre essas cadelas 76,25% não possuíam histórico de administração de hormônios contraceptivos e 23,75% utilizaram hormônios como método contraceptivo. A pseudociese foi observada em 24 cadelas. Avaliação da correlação do tamanho do tumor, e da ulceração cutânea com a malignidade ou benignidade, não houve diferença estatística entre estas variáveis. As neoplasias malignas foram predominantes, sendo o tipo carcinoma de maior frequência e entre os benignos o tumor misto foi o mais comum. Não há correlação estatística entre malignidade da utilização de hormônios, pseudociese, tamanho de tumor e ulceração. Tumores malignos assim como os benignos não apresentam diferença estatística com relação a frequência de infiltrado inflamatório, quando utiliza-se como marcadores do processo inflamatório CD3, IgG, MAC 385, CD68, TAL IB5. Não há influência da presença de ulceração, utilização de hormônios, ou ocorrência de tumores malignos ou benignos sobre a sobrevida de cadelas portadoras de tumores mamários espontâneos. Mas, o tamanho de tumores influencia a sobrevida das cadelas, sendo que as cadelas com tumores de tamanhos maiores possuem menor sobrevida.
Abstract: The objective was to assess the association between race and age of dogs witch the occurrence of malignant tumors; check correlation to the use of hormones as a contraceptive method, expression of pseudopregnancy, tumor size and presence of ulceration with histological malignant or benign type. Characterize the inflammatory infiltrate of breast tumors by means of molecular markers for T lymphocytes (CD3), B lymphocytes (IgG), macrophages (MAC 385 and CD68) and cells expressing MHC II (TAL IB5) using the technique of immunohistochemistry. Compare the inflammatory infiltrates present in benign and malignant tumors. To evaluate the influence of tumor size, presence of ulceration, use of hormones as a contraceptive method, histologic type of breast cancer on survival of dogs. We used 80 female dogs, suffering from breast cancer, consulted in Veterinary Hospital of Federal University of Uberlândia (UFU) between 03/2010 a 03/211. The method used of immunohistochemistry was biotin-streptavidin complex. Of the 80 tumors included in the study, 90% were classified as malignant and 10% as benign. And 45% of these were of bitches (SRD) and among bitches race, the most common were coocker, pinscher (10%) and poodle (7,5%). According to age, 19 dog had from two to eight years of age and 61 were female dogs that had more than eight years old. Among these bitches 76,25% had no history of administration of contraceptive hormones and 23,75% used contraception hormones. A pseudocyesis was observed in 24 dogs. Assessment of correlation between tumor size, and skin ulceration with malignancy or benignity, no statistical difference between these variables. The malignancies were predominant and the type of cancer more othen and among the benign mixed tumor was the most common. There is no statistical correlation between malignancy of the use of hormones, pseudopregnancy, tumor size and ulceration. Malignant tumors as well as benign do not present statistical difference in the frequency of inflammatory infiltrate, when used as markers of inflammation CD3, IgG, MAC 385, CD68 E TAL IB5. No influence of the presence of ulceration, use of hormone, or the occurrence of benign or malignant tumors on survival of dogs suffering from spontaneous mammary tumors. But the size of tumors influence the survival of bitches, and bitches with tumors of larger sizes have shorter survival.
Keywords: Câncer em cão
Mamas - Câncer
Imunohistoquímica
Cadela
Linfócitos
Macrófagos
Glândula mamária
Dog
Lymphocytes
Macrophages
Mammary gland
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias
Quote: FERNANDES, Carla Cristiane. Caracterização imuno-histoquímica de infiltrado inflamatório em tumores mamários espontâneos caninos. 2012. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/13073
Date of defense: 10-Aug-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Veterinárias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carla Cristiane.pdf1.51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.