Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12920
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeitos de bloqueadores neuromusculares não despolarizantes em jabuti chelonoidis carbonaria
metadata.dc.creator: Alves, Lorena Borges
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, André Luiz Quagliatto
metadata.dc.contributor.referee1: Miguel, Tarciso Tadeu
metadata.dc.contributor.referee2: Santos, Benvinda Rosalina dos
metadata.dc.contributor.referee3: Pachaly, José Ricardo
metadata.dc.contributor.referee4: Lange, Rogério Ribas
metadata.dc.description.resumo: A contenção farmacológica de quelônios para anamnese de rotina, procedimentos diagnósticos ou terapêuticos é frequentemente requeridos em zoológicos ou atendimentos a animais selvagens e exóticos, e em criatórios. O presente estudo verificou os efeitos do rocurônio (0,25 e 0,5 mg/ kg/ IM), do pancurônio (0,02 e 0,04 mg/ kg/ IM) e do atracúrio (0,6 e 0,8 mg/ kg/ IM) sobre a frequência cardíaca, respiratória, reflexo palpebral, pupilar, relaxamento cloacal, reflexo de endireitamento, movimentação e sobre a sensibilidade dolorosa dos jabutis. Para isso foram utilizados 60 jabutis, distribuídos em três grupos. Cada grupo de 20 jabutis foi submetido a um fármaco diferente. Para reversão do efeito dos bloqueadores, foi utilizado a neostigmina (0,07 mg/ kg/ IM). A administração de rocurônio provoca queda na frequência respiratória, sem causar apnéia. Não afeta a frequência cardíaca, nem os reflexos pupilares e palpebrais. Na dose de 0,25 mg/ kg provoca paralisia na locomoção, porém não produz o relaxamento muscular completo. Com 0,5 mg/ kg nota-se além da paralisia, o relaxamento muscular completo e a facilidade de manipulação. O pancurônio provoca queda na frequência respiratória, podendo ocasionar apnéia na dosagem de 0,04 mg/kg; contudo não afeta significativamente a frequência cardíaca. Tanto na dose de 0,02 mg/ kg quanto na dose de 0,04mg/ kg provoca perda da relação de endireitamento, facilidade de manipulação e inibe a locomoção. O atracúrio não provoca alterações estatisticamente significantes na frequência respiratória, cardíaca, relaxamento cloacal, reflexo pupilar e palpebral, nem no relaxamento muscular, reflexo de endireitamento ou na locomoção e sensibilidade dolorosa dos animais.
Abstract: The pharmacological contention of turtles for routine anamnesis, diagnostics or therapeutic procedures is often required in zoos or in supporting wild and exotic animals. This study aimed to evaluate the effects of: rocuronium (0.25 and 0.5 mg/ kg/ IM), pancuronium (0.02 and 0.04 mg/ kg/ IM) and atracurim (0.6 and 0.8 mg/ kg/ IM) on heart and breathing rates; eyelid and pupillary reflexes, cloacal relaxation, straightening reflex, movements and painful sensibility. Around 60 tortoises were used and divided into three groups. Each group was composed from 20 animals subjected to a different drug. To reverse the effect of blocking, neostigmine was used (0.07 mg/ kg/ IM). The administration of rocuronium decreased respiratory rate without causing apnea. Neither the heart rate, nor eyelid and pupillary reflexes were affected. The administration of 0.25 mg/kg paralyzed movements, although a complete muscle relaxation was not observed. With 0.5 mg/kg beyond paralysis, a complete muscular relaxation and easiness in manipulation the animals were noted. The pancuronium decreased respiratory rate and may cause apnea at 0.04 mg/kg; while heart rate was not significantly affected. In both 0.02 mg/kg and 0.04 m/kg it caused loss on the straightening reflex, easiness in manipulation of the animals still, locomotion was inhibited. Atracurium did not statistically changed breathing and heart rate, cloacal relaxation, eyelid and pupillary reflexes, muscle relaxation, straightening reflex, animal locomotion neither painful sensibility.
Keywords: Réptil - América do Sul
Produtos químicos - Efeito fisiológico
Bloqueadores neuromusculares
Contenção
Jabuti Piranga
Chelonoidis carbonaria
Contention
Neuromuscular blockers
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias
Citation: ALVES, Lorena Borges. Efeitos de bloqueadores neuromusculares não despolarizantes em jabuti chelonoidis carbonaria. 2015. 56 f. Tese (Doutorado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12920
Issue Date: 24-Oct-2015
Appears in Collections:TESE - Ciências Veterinárias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EfeitosBloqueadoresNeuromusculares.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.