Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12826
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação do conteúdo dos instrumentos de qualidade de vida aplicados em crianças e adolescentes com paralisia cerebral de acordo Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF)
metadata.dc.creator: Teymeny, Andressa Andrade
metadata.dc.contributor.advisor1: Morales, Nívea de Macedo Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Dionísio, Valdeci Carlos
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Carlos Henrique Martins da
metadata.dc.contributor.referee3: Riberto, Marcelo
metadata.dc.description.resumo: A paralisia cerebral (PC) é um grupo de distúrbios motores resultantes de uma lesão no cérebro em desenvolvimento que pode causar limitações funcionais e prejuízo na qualidade de vida (QV). Os instrumentos de QV abrangem diferentes conceitos e dimensões, o que torna difícil a comparação entre os resultados dos diversos estudos e a escolha do instrumento mais apropriado para cada pesquisa. A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) tem sido utilizada como uma interface comparativa no estudo dos instrumentos de QV. Este estudo teve o objetivo de verificar e comparar o conteúdo dos instrumentos de QV utilizados para a avaliação de crianças e adolescentes com PC, de acordo com a CIF. Por meio da pesquisa em base de dados eletrônicos foram identificados cinco instrumentos genéricos e cinco específicos utilizados para avaliar a QV de crianças e adolescentes com PC. Duas pesquisadoras analisaram independentemente os itens e conceitos de todos os questionários e cada item foi associado com as categorias da CIF por meio de regras internacionalmente reconhecidas. A estatística de Kappa foi usada para descrever o grau de concordância entre os pesquisadores. Dos 488 itens analisados, 623 conceitos foram identificados e 563 associados com 175 diferentes categorias da CIF: 130 com o componente função corporal, 333 com o componente atividade/participação, 50 com o fator ambiental e 50 com o componente fator pessoal. Tanto os questionários genéricos como os específicos tiveram em geral um maior número de conceitos associados ao componente atividade/participação. O CP QOL Child foi o instrumento que representou de forma mais equilibrada os componentes função corporal (20,0% dos conceitos), atividade/participação (36,2% dos conceitos) e fator ambiental (26,1% dos conceitos), com alguns conceitos relacionados com fator pessoal (9,2%) e outros não contidos na CIF (7,7%). O coeficiente de Kappa variou entre 0,80 a 0,97. O estudo mostrou que os instrumentos de QV aplicados a crianças e adolescentes com PC abrangeram principalmente o componente atividade/participação e o componente função corporal da CIF. Os componentes fatores ambientais e fatores pessoais foram poucos estudados. O componente estrutura corporal foi representado em um item de um questionário. Esta análise poderá guiar clínicos e pesquisadores na escolha do instrumento mais apropriado para o conteúdo que será avaliado.
Abstract: Cerebral palsy (CP) is a group of motor disorders resulting from a lesion in the developing brain that can cause functional limitations and impair quality of live (QoL). The comparison of results from different studies and the choice of appropriate quality of life questionnaires is limited by the diversity of concepts and dimensions covered by these questionnaires. The International Classification of Functionality (ICF) has been used as a comparative interface in the analysis of QoL questionnaires. This study aimed at verifying and comparing the content of QoL questionnaires used to evaluate children and adolescents with CP according to the ICF. We identified 5 generic instruments and 5 specific ones used to evaluate the QoL of children and adolescents with CP in electronic databases. Two researchers independently analysed all the items and concepts of the questionnaires. Each item was linked to ICF categories by means of internationally recognized rules. The Kappa statistic was used to describe the degree of agreement among researchers. From the 488 items analyzed, 623 concepts were identified and 563 linked with 175 different categories of the ICF: 130 with the body function component, 333 with the activity/participation component, 50 with the environmental factors component and 50 with the personal factor component. Generic instruments, as well as specific ones had a higher number of concepts associated to the component activity/participation. The CP QOL Child was the instrument with the most balanced representation of the body function (20.0% of the concepts), activity/participation (36.2% of the concepts) and environmental factors (26.1% of the concepts) components. It also covered some concepts related to the personal factor component (9.2%) and others not included in the ICF (7.7%). The Kappa coefficients range between 0,80 at the 0,97. The study showed that QoL instruments applied to children and adolescents with CP mainly cover the activity/participation component and the body functions component of the ICF. The environmental factors and personal factors are not much studied. The body structures component was represented in only one item of the questionnaires. This analysis can guide clinicians and researchers in choosing the most appropriate instruments for the content to be evaluated.
Keywords: Classificação Internacional de Funcionalidade
Incapacidade e saúde
Qualidade de vida
Paralisia cerebral
Criança e adolescente
International Classification of Functioning
Disability and health
Quality of life
Cerebral palsy
Child and adolescents
Paralisia cerebral nas crianças
Doenças mentais Classificação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: TEYMENY, Andressa Andrade. Avaliação do conteúdo dos instrumentos de qualidade de vida aplicados em crianças e adolescentes com paralisia cerebral de acordo Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). 2011. 144 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12826
Issue Date: 28-Feb-2011
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoConteudoInstrumentos.pdf3.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.