Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12816
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Variações hemodinâmicas sistêmicas agudas após a infusão de solução de diálise peritoneal em pacientes diabéticos e não diabéticos
metadata.dc.creator: Spíndola, Simone Borba
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira Filho, Sebastião Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee1: Resende, Elmiro Santos
metadata.dc.contributor.referee2: Araújo, Messias Antônio de
metadata.dc.contributor.referee3: Canziani, Maria Eugênia Fernandes
metadata.dc.description.resumo: Objetivo: Comparar as variações hemodinâmicas sistêmicas agudas após a infusão de solução de diálise peritoneal em pacientes diabéticos e não diabéticos. Métodos: Foram avaliados 42 pacientes em diálise peritoneal, divididos em dois grupos: diabéticos (D) e não diabéticos (ND), que após a realização de ecocardiograma e avaliação clínica foram submetidos à cardiografia por bioimpedância torácica (CBT). Em seguida, foram infundidos na cavidade abdominal dois litros de solução de diálise peritoneal (Dianeal PD-2, Baxter®) com concentração de 1,5% de glicose, à temperatura ambiente (25 a 28°C) e realizada CBT antes e após 20 minutos do início da infusão. Foram medidas as pressões arteriais sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM) (mmHg), frequência cardíaca (FC) (bpm), índice cardíaco (IC) (L/min/m²), índice sistólico (IS) (mL/bat/m²), índice de resistência vascular sistêmica (IRVS) (dyne.s.cm&#713;5/m²) e índice de complacência arterial total (ICAT) (mL/mmHg/m²) pré e pós infusão da solução de diálise peritoneal. Resultados: Foram observadas elevações significantes nas PAS, PAD, PAM e IRVS e redução significante do IC após a infusão de solução de diálise peritoneal em ambos os grupos (p<0,05). A FC variou de 67 ± 7 para 62 ± 9 bpm (p<0,05) no grupo ND, e manteve seus valores basais no grupo D após a infusão de solução de diálise. O ICAT variou de 6,2 ± 2,5 para 5,4 ± 2,4 mL/mmHg/m² (p<0,05) no grupo D, manteve-se sem alteração no grupo ND após a infusão de solução de diálise. Conclusão: A infusão de solução de diálise peritoneal altera agudamente a função sistólica do VE nos pacientes diabéticos e nos não diabéticos. Os processos hemodinâmicos reflexos adaptativos, como as variações na frequência cardíaca, parecem estar atenuadas nos pacientes diabéticos.
Abstract: Objective: This study sought to compare acute systemic hemodynamic changes after the infusion of peritoneal dialysis (PD) solution to diabetic and non-diabetic patients. Design: Diabetic and non-diabetic CKD patients receiving PD between July 2011 and August 2012 were selected. Patients: A total of 42 patients undergoing PD were analyzed and divided into 2 groups: diabetics (D) and non-diabetics (ND). Interventions: After echocardiography and clinical evaluation, patients were submitted to thoracic electrical bioimpedance (TEB) cardiography. Two liters of 1.5% glucose PD solution (Dianeal PD-2, Baxter®) at room temperature (25 to 28°C) was then infused into the abdominal cavity. TEB was performed 20 min before and after the initiation of infusion. Outcome measures: The following parameters were measured before and after the infusion of PD solution: systolic (SAP), diastolic (DAP) and mean arterial pressure (MAP) (mmHg); heart rate (HR) (bpm); cardiac index (CI) (L/min/m²); stroke index (SI) (mL/beat/m²); systemic vascular resistance index (SVRI) (dyne·sec·cm&#713;5/m²) and total arterial compliance index (TACI) (mL/mmHg/m²). Results: Significant increases in SAP, DAP, MAP and SVRI were found, as well as a significant decrease in the CI, after the infusion of PD solution to both groups (p < 0.05). The HR values changed from 67 ± 7 to 62 ± 9 bpm (p < 0.05) in the ND group and maintained the baseline values in the D group after the infusion of PD solution. In addition, TACI was reduced from 6.2 ± 2.5 to 5.4 ± 2.4 mL/mmHg/m² (p < 0.05) in the D group but exhibited no alterations in the ND group after the infusion of PD solution. Conclusion: The infusion of PD solution acutely alters left ventricular systolic function in diabetic and non-diabetic patients. Moreover, hemodynamic reflex adaptive processes, such as changes in HR, seem to be attenuated in diabetic patients.
Keywords: Diálise peritoneal
Alterações hemodinâmicas sistêmicas
Diabetes
Peritoneal dialysis
Systemic hemodynamic changes
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: SPÍNDOLA, Simone Borba. Variações hemodinâmicas sistêmicas agudas após a infusão de solução de diálise peritoneal em pacientes diabéticos e não diabéticos. 2013. 61 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12816
Issue Date: 27-Sep-2013
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VariacoesHemodinamicasSistemicas.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.