Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12798
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Avaliação da frequência, atividade enzimática e sensibilidade a antifúngicos de leveduras do gênero Candida isoladas da cavidade bucal de pacientes portadores do HIV
metadata.dc.creator: Menezes, Ralciane de Paula
metadata.dc.contributor.advisor1: Brito, Denise Von Dolinger de
metadata.dc.contributor.referee1: Naves, Karinne Spirandelli Carvalho
metadata.dc.contributor.referee2: Martinez, Roberto
metadata.dc.description.resumo: A prevalência de Candida spp. como comensal da cavidade oral pode chegar a 70%. Entretanto, a colonização da cavidade oral nem sempre culmina na candidíase bucal, porém pode ser considerada uma condição preliminar para o desenvolvimento da mesma. A candidiase bucal é a infecção fúngica mais comum entre os indivíduos portadores do HIV, resultado do comprometimento imunológico dos mesmos. Considerando a importância desse tipo de infecção em HIV positivos, propusemos a realização do presente trabalho com os seguintes objetivos: determinar a frequência de indivíduos HIV positivos colonizados por Candida spp., bem como as espécies de Candida isoladas; determinar os principais fatores predisponentes para a colonização oral por Candida spp., relacionar a carga microbiana de colonização com a contagem de linfócitos T CD4+, carga viral e terapia antirretroviral utilizada no momento da coleta; determinar a sensibilidade dos isolados de Candida spp. aos antifúngicos fluconazol, itraconazol, voriconazol, anfotericina B e nistatina, pela metodologia de difusão de disco e pesquisar as exoenzimas proteinases, fosfolipases, DNAse e hemolisina nos isolados de Candida spp. No período de maio a outubro de 2012 foram coletadas amostras de saliva de portadores do HIV atendidos no HC-UFU e de indivíduos HIV negativos, as quais foram semeadas em placas contendo Ágar Sabouraud Dextrose e em placas com CHROMágar Candida e incubadas em estufa bacteriológica à 30ºC por 72 horas. A identificação dos isolados foi feita pela metodologia clássica, utilização de ágar cromogênico e assimilação de fontes de carbono e nitrogênio, sendo a diferenciação de C. albicans e C. dubliniensis feita através de PCR. Os testes de sensibilidade e pesquisa de fatores de virulência foram feitos conforme descrito no documento da CLSI (2009) e na literatura. Candida spp. foram isoladas de 89 dos 147 pacientes estudados, totalizando 111 isolados, sendo C. albicans a espécie mais freqüente entre os isolados (67,6%). A contagem média de colônias foi de 8,8x103 UFC/mL. Já no grupo controle 51 das 150 amostras de saliva foram positivas para gênero Candida, obtendo 57 isolados, dos quais 77,2% eram C. albicans. A média de UFC/mL foi de 9,8x10². Os fatores predisponentes para colonização bucal foram uso de antibióticos e prótese oral, bem como uma baixa contagem de CD4+ e alta carga viral. O uso combinado de antirretrovirais da classe dos inibidores de trancriptase reversa apresentou um maior efeito protetor para a colonização do que o uso desses medicamentos associados com inibidores de protease. Os antifúngicos nistatina, voriconazol e anfotericina B apresentaram o maior número de amostras de Candida spp. sensíveis em ambos os grupos, seguidos pelo fluconazol e itraconazol. A produção de fosfolipase foi observada em 69,3% e 72,6% dos isolados provenientes do grupo de pacientes e de HIV negativos, respectivamente. Proteinase foi produzida por 77,5% e 90,7% das espécies de Candida obtidas do grupo de pacientes e de HIV negativos, respectivamente. A produção de hemolisina pelos isolados do grupo de HIV positivos e não portadores, respectivamente, foi igual a 98,2% e 96,5%. DNAse foi produzida por 27% e 21% dos isolados proveniente dos pacientes e dos não HIV. Por fim, com exceção da DNAse, não houve diferença estatisticamente significativa entre os isolados dos dois grupos de estudo em relação às características estudadas.
Abstract: The prevalence of Candida spp. as commensal of the oral cavity can reach 70%. However, oral cavity colonization not always culminates in oral candidiasis, however it can be considered a preliminary condition for the development of it. Oral candidiasis is the most common fungal infection among individuals with HIV, due the result of immune deficiency. Considering the importance of this type of infection in HIV-positive, we proposed to carry out this work with the following objectives: determine the frequency of HIV positive individuals colonized by Candida spp., Candida species isolated; determine the main predisposing factors for oral colonization by Candida spp., to relate the microbial load of colonization with the count of lymphocytes TCD4+, viral load and antiretroviral therapy used at the time of collection; determine the sensitivity of isolates of Candida spp. antifungal fluconazole, itraconazole, voriconazole, amphotericin B and nystatin, by the methodology of disk diffusion and search for the exoenzymes proteinases, phospholipases, hemolysin and DNase in isolates of Candida spp. From May to October 2012 saliva samples from HIV patients attended at Clinical Hospital - Federal University of Uberlândia and HIV negative individuals were collected, which were seeded onto plates containing Sabouraud Dextrose Agar and CHROMagar Candida plates and incubated in a bacteriological incubator at 30ºC for 72 hours. The identification of the isolates was done by classical methodology, using chromogenic agar and assimilation of carbon sources and nitrogen, the differentiation between C. dubliniensis and C. albicans was made by PCR. Candida spp. were isolated from 89 of the 147 patients studied, a total of 111 isolates, C. albicans the most common species among the isolates (67.6%). The average colony count was 8.8x10³ CFU/mL. In the control group 51 of the 150 saliva samples were positive for Candida, obtained 57 isolates, of which 77.2% were C. albicans. The average of CFU/mL was 9.8x10². The predisposing factors for oral colonization were use of antibiotics and oral prosthesis and a low CD4 + cells count and high viral load. The combined use of antiretroviral class of reverse transcriptase inhibitors had a greater protective effect on the colonization than the use of these drugs associated with protease inhibitors. The nystatin antifungal, voriconazole and amphotericin B showed the highest number of samples of Candida spp. sensitive in both groups followed by fluconazole and itraconazole. The phospholipase production was observed in 69.3% and 72.6% of the isolates from the group of patients and HIV negative, respectively. The production of haemolysin by isolates of HIV positive and non-positive patients, respectively, was to 98.2% and 96.5%, DNAse was produced by 27% and 21% of the isolates from patients and non-patients of HIV. Finally, with the exception of DNAse, there was no statistically significant difference between isolates from the two study groups in the characters studied.
Keywords: Candida
HIV
Colonização bucal
Exoenzimas
Sensibilidade a antifúngicos
Oral colonization
Exoenzymes
Sensitivity to antifungal drugs
HIV (vírus)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: MENEZES, Ralciane de Paula. Avaliação da frequência, atividade enzimática e sensibilidade a antifúngicos de leveduras do gênero Candida isoladas da cavidade bucal de pacientes portadores do HIV. 2014. 107 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12798
Issue Date: 28-Feb-2014
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoFrequenciaAtividade.pdf790.41 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.