Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12765
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Rinoplastia estrutural com cartilagem costal em pacientes de hanseníase
metadata.dc.creator: Naves, Marcell de Melo
metadata.dc.contributor.advisor1: Goulart, Isabela Maria Bernardes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Patrocínio, Lucas Gomes
metadata.dc.description.resumo: Introdução: A reintegração social é o maior desfio para aqueles afetados pela deformidade de nariz em sela devido a hanseníase. A reconstrução nasal torna-se extremamente importante na reabilitação dos doentes desfigurados. Este trabalho teve por objetivo descrever a aplicação da técnica de rinoplastia estrutural com enxerto autólogo de cartilagem costal para reconstrução nasal de pacientes com nariz em sela devido à hanseníase e avaliar os resultados estéticos, funcionais e de satisfação do paciente. Casuística e Métodos: Um estudo descritivo foi realizado avaliando-se 10 pacientes com hanseníase virchowiana, que apresentavam nariz em sela, acompanhados no Centro de Referência Nacional em Dermatologia Sanitária e Hanseníase (CREDESH)/HC/UFU, e que foram submetidos a rinoplastia estrutural com enxerto de cartilagem costal, que já haviam recebido alta da poliquimioterapia e estavam há pelo menos um ano sem reação hansênica. Resultados: Os sintomas pré-operatórios mais comuns foram obstrução nasal e queixas estéticas (100%), seguidos por crostas nasais (80%), epistaxe (70%) e sibilos nasais (20%). Após a cirurgia, houve uma melhora da obstrução nasal em 70% dos pacientes, das crostas nasais em 87,5%, e da epistaxe em 85,7% dos pacientes. Correções das disfunções da valva nasal externa foram alcançadas em 100% dos pacientes. Retração columelar e assimetria da ponta nasal foram observados em 80% e 90% dos pacientes. No total, 62,5% e 55,5% dos pacientes mostraram melhora após a cirurgia, respectivamente. O aumento de dorso foi realizado com enxerto em bloco de cartilagem costal e o enxerto de cartilagem picada enrolado em fáscia. A reabsorção e desvio dos enxertos de cartilagem foram mínimos e não resultaram mudanças significantes na satisfação dos pacientes. Conclusão: A rinoplastia estrutural com enxerto de cartilagem costal permitiu que houvesse uma quantidade suficiente de cartilagem para a confecção dos enxertos, permitindo uma estruturação de maneira segura com reconstrução das estruturas do nariz em sela devido à hanseníase. A utilização do enxerto de cartilagem costal picada coberta por fáscia temporal para aumento do dorso nasal nos pacientes com nariz em sela por hanseníase apresentou menor risco de torção da cartilagem e permitiu um aspecto mais natural ao dorso nasal com resultado estético satisfatório. A reconstrução do suporte em L septal foi fundamental para a estruturação do nariz levando a bom resultado funcional, pela melhora da permeabilidade nasal, assim como a diminuição da retração cicatricial no pós operatório.Quanto ao grau de satisfação, os pacientes referiram melhora da qualidade de vida e maior aceitação social devido ao bom resultado estético e funcional com aumento da permeabilidade nasal.
Abstract: Introduction: Social reintegration is one of the most challenge for those affected by saddle nose deformity due to leprosy. The nasal reconstruction becomes extremely important in the rehabilitation of disfigured victims. This study aimed to describe the technique of structural rhinoplasty with autologous costal cartilage for nasal reconstruction in patients with saddle nose deformity due to leprosy and evaluate the aesthetic results, functional and patient. Methods: A descriptive study was conducted evaluating 10 patients with lepromatous leprosy, who had saddle nose, followed at the National Reference Center for Sanitary Dermatology and Leprosy (CREDESH) / HC / UFU, who underwent structural rhinoplasty with costal cartilage graft, which had already been discharged from polychemotherapy and there were at least one year without leprosy reaction. Results: The preoperative symptoms were, more common, aesthetic complaints and nasal obstruction (100%), followed by nasal crusting (80%), epistaxis (70%) and nasal whistling (20%). After surgery, there was an improvement in nasal obstruction in 70% of patients, nasal crusts in 87.5%, and epistaxis in 85.7% of patients. Corrections of external nasal valve dysfunction were achieved in 100% of patients. Columellar retraction and asymmetry of the nasal tip were observed in 80% and 90% of patients. In total, 62.5% and 55.5% of patients showed improvement after surgery, respectively. The increase of the nasal dorsum was performed with en block graft of costal cartilage, and diced cartilage wrapped in fascia. The resorption and diversion of cartilage grafts were minimal and did not result in significant changes in patient satisfaction. Conclusion: structural rhinoplasty with costal cartilage grafts permits a good quantity of cartilage in the manufacture of allowing a safe nasal reconstruction of the saddle nose due to leprosy. The use of diced cartilage wrapped with temporal fascia increased the nasal dorsum in patients with saddle nose by leprosy and showed a lower risk of twisting and allowed a more natural appearance to the nasal dorsum with satisfactory result. The septal L-strut reconstruction was essential in structuring the nose leading to good functional outcome, improvement of nasal patency, as well as decreased postoperative scar retraction at the post-operative time. According to the degree of satisfaction, patients reported improvement in quality of life and greater social acceptance due to good functional and aesthetic results with increased nasal patency.
Keywords: Hanseníase
Nariz em sela
Rinoplastia
Cartilagem costal
Reconstrução
Saddle nose
Leprosy
Reconstruction
Costal rib cartilage
Rhinoplasty
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: NAVES, Marcell de Melo. Rinoplastia estrutural com cartilagem costal em pacientes de hanseníase. 2013. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12765
Issue Date: 11-Apr-2013
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcell de Melo.pdf2.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.