Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12722
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Soroprevalência de anticorpos contra o vírus da Hepatite A entre estudantes de escolas públicas em duas cidades do Triângulo Mineiro
metadata.dc.creator: Gonçalves, Alana Arantes Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Luiz Carlos Marques de
metadata.dc.contributor.referee1: Silva Segundo, Gesmar Rodrigues
metadata.dc.contributor.referee2: Vergara, Mário Leon Silva
metadata.dc.description.resumo: Introdução: vários países em desenvolvimento têm mudado seus padrões de endemicidade da hepatite A (HA) de alta para intermediária e de intermediária para baixa, como resultados de avanços nas condições sanitárias e de higiene. Adolescentes e adultos sem imunidade são vulneráveis a esta infecção, quando essa doença pode ser mais grave do que se adquirida na infância. Objetivos: verificar as soroprevalências de imunidade contra o vírus da hepatite A (VHA) em alunos de escolas públicas de duas cidades do estado de Minas Gerais, região sudeste do Brasil, e associá-la com as condições socioeconômicas e ambientais de suas famílias. Métodos: determinou-se a soroprevalência de anticorpos anti-VHA (método ELISA) em 487 estudantes na faixa etária de sete a 18 anos, pareados por sexo e idade, que se encontravam matriculados em escolas públicas dos municípios de Uberlândia (604.013 habitantes) e Limeira do Oeste (6.890 habitantes) e coletou-se dados socioeconômicos e ambientais. Resultados: anti-VHA total foi reagente em 62/304 (20,4%) alunos de Uberlândia, sendo mais frequentes (p=0,05) entre os de escolas periféricas (38/150; 25,3%) do que das centrais (24/154; 15,6%), e em 24/183 (13,1%) alunos de Limeira do Oeste. A soroprevalência aumentou com a idade e foi semelhante entre meninos e meninas. Pela análise multivariada nenhuma correlação estatística significante foi encontrada entre soropositividade e condições socioeconômicas e ambientais. Conclusões: as baixas soroprevalências de imunidade contra a HA encontrada na população avaliada revelam a necessidade da implementação de estratégias de vacinação contra essa infecção.
Abstract: Introduction: in several developing countries, the endemicity patterns of hepatitis A (HA) have changed from high to intermediate and from intermediate to low, as a result of improvements in sanitation and hygiene conditions. Adolescents and adults without immunity are vulnerable to this infection, when the disease is more severe than when acquired during childhood. Objectives: to determine the seroprevalence of immunity against hepatitis A virus (HAV) among public school students of two cities located in the state of Minas Gerais, in the Southeastern region of Brazil, and to associate it with their conditions socioeconomic and environmental. Methods: antibodies anti-HAV seroprevalence was determinate (ELISA method) in 487 students, aged 7-18 years. Students were enrolled in public schools in the cities of Uberlândia (604,013 inhabitants) and Limeira do Oeste (6,890 inhabitants), and were divided according to sex and age. Their socioeconomic and environmental data also were collected. Results: total anti-HAV was positive in 62/304 (20.4%) students in Uberlândia, with a higher frequency (p=0.05) among those in peripheral schools (38/150; 25.3%) than others in central schools (24/154; 15.6%), and in 24/183 (13.1%) students in Limeira do Oeste. Seroprevalence increased with age and was similar between boys and girls. The multivariate analysis showed no statistically significant correlation between seropositivity and socioeconomic and environmental conditions. Conclusions: the low seroprevalences of immunity against HA found in the population evaluated reveal the need to implement vaccination strategies against this infection.
Keywords: Hepatite A
Vírus da hepatite A
Epidemiologia
Estudo soroepidemiológico
Minas Gerais
Brasil
Hepatitis A
Hepatitis A virus
Epidemiology
Seroepidemiological study
Hepatite A - Epidemiologia
Vírus da Hepatite A
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: GONÇALVES, Alana Arantes Santos. Soroprevalência de anticorpos contra o vírus da Hepatite A entre estudantes de escolas públicas em duas cidades do Triângulo Mineiro. 2012. 76 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12722
Issue Date: 24-Feb-2012
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf1.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.