Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12721
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Estado nutricional de idosos institucionalizados de Uberlândia
Other Titles: Nutritional Status of elderly Institutionalized in the Uberlândia
metadata.dc.creator: Alves, Danielle Fernandes
metadata.dc.contributor.advisor1: Rezende, Carlos Henrique Alves de
metadata.dc.contributor.referee1: Crispim, Cibele Aparecida
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Nilson Penha
metadata.dc.contributor.referee3: Marucci, Maria de Fátima Nunes
metadata.dc.description.resumo: Introdução: O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial propiciando o aumento da demanda de idosos por instituição de longa permanência para Idosos (ILPI). A institucionalização expõe a alterações que podem afetar o estado nutricional dos idosos, cuja prevalência associa-se a maior risco de morbidade e mortalidade. Objetivos: Avaliar o estado nutricional dos idosos residentes em ILPI cadastrados na Secretaria de Desenvolvimento Social de Uberlândia-MG, e caracterizar as ILPI. Materiais e Métodos: Trata-se de estudo transversal, realizado nas ILPI do município de Uberlândia - MG, no período de outubro a dezembro de 2010, com idosos (60 anos ou mais), ambos os sexos, que aceitaram participar do estudo e em condições de aferição de medidas antropométricas. Dados sócio-demográficos foram coletados para verificar o perfil do grupo. Para a avaliação do estado nutricional dos idosos foi utilizada a versão completa da Mini Avaliação Nutricional. As variáveis antropométricas foram realizadas a fim de preencher os itens de avaliação antropométrica da MAN, como: peso, altura, perímetro do braço e da panturrilha. Para descrição e caracterização das ILPI avaliadas foram coletados dados, por meio de entrevista aos responsáveis pela instituição, e anotados em formulário específico. Resultados: Dos 209 idosos residentes no período da coleta de dados, 196 foram submetidos à avaliação nutricional. A maioria das mulheres tinha idade entre 80-89 anos (34%), eram viúvas (50,7%), sem filhos (45,4%) e tinham de 1 a 10 anos de institucionalização (66%). Foi verificado que 68,2% dos idosos eram alfabetizados e 31,1% faziam uso de mais do que três medicamentos por dia. Observou-se que 82,6% dos idosos tinham algum problema nutricional, e que entre os desnutridos, 91,4% tinham problemas neuropsicológicos. Conclusão: A MAN apresentou-se como um método eficiente para a avaliação do estado nutricional desta população evidenciando a alta frequência de risco nutricional. As características das ILPI podem contribuir para o perfil nutricional encontrado. Estudos analíticos poderão contribuir para elucidação de fatores determinantes de estado nutricional de idosos e suas relações com as respectivas ILPI.
Abstract: Background: Population aging is a worldwide phenomenon leding to a rising demand for elderly long-term institutions (LTI). The institutionalization sets out the changes that might affect the seniors nutritional state, which prevalence is associated to a higher risk of morbidity and mortality. Objective: To evaluate the nutritional status of elderly LTI residents registered at the Secretariat of Social Development of Uberlândia-MG, and characterize all the LPI evaluated. Design: This is a cross-sectional study conducted in the LTI of Uberlândia - MG, from October to December 2010, with elderly people (60 years or older), both sexes, who agreed to participate in the study and in the conditions of anthropometric measures. Socio-demographic data were collected to verify the group's profile. To assess the seniors nutritional status, the full version of MNA was used. The anthropometric evaluation was performed in order to complete the items of anthropometric assessment of MNA, like: weight, height, arm circumference and calf. To describe and characterize the LTI, data were collected and recorded in a specific form by interviewing the institution s authorities. Results: From the 209 elderly residents during the data collection period, 196 underwent nutritional assessment. Most of the women were between 80-89 years (34%), widows (50.7%), without children (45.4%) and had 1 to 10 years of institutionalization (66%). It was verified that 68.2% of the subjects were literate and 31.1% were using more than three drugs a day. It was observed that 82.6% of the participants had some nutritional problem, and between the undernourished, 91.4% had neuropsychological problems. Conclusions: The MNA was presented as an efficient method for assessing the nutritional status of this population, suggesting a high frequency of nutritional risk. The characteristics of LTI may contribute to the nutritional status found. Analytical studies could help to elucidate the factors determining the nutritional status of elderly people and the relationships with their LTI.
Keywords: Estado nutricional
Idosos
Instituições de longa permanência
Nutritional status
Elderly
Long-term institution
Ciências médicas
Idosos - Nutrição
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: ALVES, Danielle Fernandes. Nutritional Status of elderly Institutionalized in the Uberlândia. 2011. 89 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12721
Issue Date: 30-Jun-2011
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf1.54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.