Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12683
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Tradução, Adaptação Cultural e Validação do Parkinson s Disease Quality of Life-questionnaire (PDQL) para o português falado no Brasil, o PDQL-BR
metadata.dc.creator: Campos, Marcos
metadata.dc.contributor.advisor1: Rezende, Carlos Henrique Alves de
metadata.dc.contributor.referee1: Resende, Elmiro Santos
metadata.dc.contributor.referee2: Morales, Nívea de Macedo Oliveira
metadata.dc.contributor.referee3: Tumas, Vitor
metadata.dc.description.resumo: A doença de Parkinson é uma doença neurodergenerativa, incapacitante e invariavelmente progressiva, que à medida em que se torna mais grave, os pacientes apresentam progressiva piora na percepção de sua qualidade de vida (QV). O impacto da doença na QV destes pacientes pode ser quantificado por meio de instrumentos de mensuração, que têm sido desenvolvidos, no entanto, em diferentes idiomas e culturas. Para que possam ser utilizados em nosso meio, necessitam passar por um processo de tradução e adaptação cultural e validação. O objetivo do presente estudo foi traduzir, adaptar culturalmente e validar o Parkinson Disease Quality of Live (PDQL) o PDQL-BR, um instrumento de avaliação de Qualidade de Vida Relacionada à Saúde (QVRS) específico para Doença de Parkinson (DP). Método: Após processo de tradução reversa e adaptação cultural, 52 pacientes responderam ao PDQL-BR, ao inventário de Depressão de Beck (IDB) e a questionário sócio demográfico. Vinte e um responderam novamente o PDQL-BR após 14 dias. Aplicaram-se o Unified Parkinson s Disease Rating Scales (UPDRS) e a escala modificada de Hoehn and Yahr . Por meio das propriedades psicométricas do instrumento foram verificadas a qualidade dos dados (ocorrência dos efeitos piso e teto e porcentagem de dados perdidos); a confiabilidade (avaliada através da consistência interna do item, da confiabilidade da consistência interna e da reprodutibilidade do instrumento); a validade (validade discriminante do item, validade convergente e validade discriminante). Resultados: não ocorreram efeitos piso e teto. Na avaliação da consistência interna do item os itens 20, 30 e 37 apresentaram correlação de 0,34, 0,26 e 0,37 respectivamente. Nos demais itens a correlação foi superior a 0,4. O coeficiente α-Chronbach foi superior a 0,65 para todos os domínios e 0,93 para o instrumento. Os escores do PDQL-BR entre as duas aplicações não apresentaram diferenças estatisticamente significativas. Na avaliação da validade discriminante os escores do instrumento e dos domínios sintomas parkinsonianos e sintomas sistêmicos foram diferentes em todas as fase da doença sendo pior quanto mais avançada a doença. Na avaliação da validade convergente o domínio função emocional mostrou forte associação com as escalas UPDRS e IDB, correlação de 0,59 e 0,56 respectivamente. O domínio sintomas parkinsonianos mostrou boa correlação com o UPDRS, correlação de 0,78. Conclusão: a versão traduzida do PDQL não sofreu modificações significativas no processo de tradução e adaptação cultural e sua psicometria semelhante ao instrumento originalmente desenvolvido. Interpretação cuidadosa deve ser dispensada à avaliação das respostas dos itens 20, 30 e 37.
Abstract: Parkinson is a disabling neurodegenerative disease. It is also invariably progressive. The more severe the disease, the worse patients perceive their quality of life (QL). In order to quantify the impact of the disease in the QL of these patients, QL measurement instruments have been developed. However, they need to be translated, culturally adapted and validated in order to be used in our environment. The objective of this study was to translate, culturally adapt and validate the Parkinson disease Quality of Life (PDQL) - the PDQL- BR, an assessment instrument of Health-related Quality of Life (HRQL) specific for the Parkinson Disease (PD). Method: 52 patients answered the PDQL-BR, the Beck Depression Inventory (BDI) and a questionnaire with sociodemographic data. Twenty-one patients answered the PDQL-BR again after 14 days. The Unified Parkinson s Disease Rating Scales (UPDRS) and the modified Hoehn and Yahr scale were also applied. The psychometric properties of the PDQL-BR were assessed by examining data quality, reliability and instrument validity. Data quality was assessed by the occurrence of floor and ceiling effects and the percentage of missing data. Reliability was assessed by internal consistency of the item, internal consistency reliability (homogeneity of the data) and reproducibility of the instrument. Validity was assessed by the convergent and discriminant validity. Results: There were no floor and ceiling effects. For the assessment of the internal consistency, the items 20, 30 and 37 presented correlation coefficient of 0.34; 0.26 and 0.37, respectively. Correlation coefficients for the other items were above 0.4. The α-Cronbach s coefficient was above 0.65 for all domains and 0.93 for the instrument as a whole. Scores of the PDQL-BR between the two applications were statistically similar. For the assessment of the discriminant validity, scores of the instrument and of domains of parkinsonian and systemic symptoms were different for each stage of the disease, being worse for the more advanced ones. For the assessment of the convergent validity, the emotional function domain showed a strong association with the UPDRS and BDI scales (correlation coefficients of 0.59 and 0.56, respectively). The domain Parkinsonian symptoms showed a strong correlation with the UPDRS (coefficient correlation of 0.78). Conclusion: The translated version of PDQL did not show significant change in the process of translation and cultural adaptation. Its psychometric properties were similar to those of the original instrument. Careful interpretation must be given to the evaluation of responses of items 20, 30 and 37.
Keywords: Tradução
Adaptação cultural
Validação
PDQL-BR
Parkinson s disease quality of life-questionnaire (PDQL)
Translation
Cross-cultural adaptation
Validation
Parkinson, Doença de
Qualidade de vida
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: CAMPOS, Marcos. Tradução, Adaptação Cultural e Validação do Parkinson s Disease Quality of Life-questionnaire (PDQL) para o português falado no Brasil, o PDQL-BR. 2010. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12683
Issue Date: 25-Mar-2010
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
marcos.pdf3.69 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.