Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12649
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Efeito da hidroginástica nos fatores de risco para aterotrombose em mulheres com obesidade grau III
metadata.dc.creator: Borges Júnior, Laerte Honorato
metadata.dc.contributor.advisor1: Resende, Elmiro Santos
metadata.dc.contributor.referee1: Mello, Marco Tulio de
metadata.dc.contributor.referee2: Jorge, Paulo Tannus
metadata.dc.contributor.referee3: Freitas, Patrícia Silvestre de
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo investigou o efeito da hidroginástica nos fatores de risco para aterotrombose em mulheres com obesidade grau III. A amostra foi constituída de 28 voluntárias, distribuídas em dois grupos: grupo tratado (n=16, 37,7 + 7,5 anos) que participou do programa de hidroginástica, e um grupo controle (n=12, 35,6 + 7,2 anos). Os critérios de inclusão foram: ser do gênero feminino, ter idade entre 20 e 50 anos, possuir IMC 40 kg/m2, ser sedentária, ter liberação médica para prática de exercício físico, ter disponibilidade para participação nas aulas de hidroginástica, fazer acompanhamento no ambulatório de cirurgia bariátrica e residir em Uberlândia. O programa de hidroginástica foi desenvolvido em um período de dezesseis semanas, com uma freqüência de três vezes por semana, duração de cinqüenta minutos e intensidade moderada. Os grupos foram comparados pré e após o estudo quanto a composição corporal, perfil lipídico, glicemia de jejum, pressão arterial sistêmica, estresse, ansiedade e depressão. Para análise estatística foram utilizados os testes de U de Mann-Whitney, Wilcoxon, e qui-quadrado, consideraram-se significantes valores de p<0,05. Ao final da avaliação foi observado aumento da composição corporal no GC, foi notada uma tendência à redução nos valores de estresse, ansiedade e depressão no GT e aumento no GC, apesar dos testes não mostrarem significância estatística. Quanto às outras variáveis analisadas, não houve diferença estatisticamente significante, as mesmas merecem análise mais detalhada, uma vez que o tamanho da amostra e o curto tempo de intervenção foram fatores limitantes neste estudo. Esses resultados demonstraram que a hidroginástica teve efeito favorável na redução da CA. No que se refere ao peso corporal e IMC, a hidroginástica contribuiu efetivamente para o não aumento dessas variáveis no GT, em comparação com o que ocorreu no GC. Existe uma tendência de melhora nos níveis de estresse, ansiedade e depressão no grupo que realizou hidroginástica. Os valores da PA, glicemia de jejum, colesterol total, HDL-C, LDL-C e triglicérides não se modificaram após 16 semanas de hidroginástica. Fazem-se necessárias ações governamentais que invistam em um programa de reabilitação para essa população; isso beneficiaria a saúde dos pacientes e reduziria os gastos no âmbito do SUS.
Abstract: The current study investigated the effect of water gymnastic on the risk factors to atherosclerosis and thrombosis in women with morbid obesity. The sample consisted of 28 volunteers, distributed in two groups: treatment group (n=16, 37,3 + 7,5 years) who participated of the program of water gymnastic, and a control group (n=12, 35,6 + 7,2). The inclusion criteria were: female, age between 20 and 50 years old, BMI > 40kg/m2, to be sedentary, have been allowed to the practice of exercises and to have availability to join the classes of water gymnastic, to be followed up in the bariatric surgery out clinic and to live in Uberlandia. The program of water gymnastic took place in six weeks time, three times a week, for fifty minutes with moderate rhythm. The groups we compared pre and post treatment with regard to: corporal composition, lipid profile, fasting glucose, arterial blood pressure, stress, anxiety and depression. For the statistical analysis the following methods were used: U-test of Mann-Whitney, Wilcoxon, and qui square, taking as significant, values of p<0,05. The final evaluation showed rising in the corporal composition of the Control Group, a tendency to reduction of the values for stress, anxiety and depression in the Treatment Group and rising in the same values in the Control Group, nevertheless the tests didn't show statistical significant difference. For the other variants evaluated there was no statistical significant difference. A deeper evaluation is needed, once the sample size and the short treatment time are limitation in the current study. These results showed favorable effect of water gymnastic on the reduction of abdominal circumference. Regarding to the weight and BMI, water gymnastic was efficient as a contributor to hold that variants, preventing their rising up in the Treatment group when compared to the control group. A tendency to improvement was observed in the stress, anxiety and depression levels in the Treatment group. Values of Arterial Pressure, fasting glucose, and lipid profile didn't change after 16 weeks of water gymnastic. This study points out the need of governmental actions investing in a rehabilitation program for this population, which would improve patient's health and reduce the expenses of the SUS.
Keywords: Hidroginástica
Obesidade
Cirurgia bariátrica
Reabilitação
Obesity
Water gymnastic
Bariatric surgery
Rehabilitation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: BORGES JÚNIOR, Laerte Honorato. Efeito da hidroginástica nos fatores de risco para aterotrombose em mulheres com obesidade grau III. 2008. 89 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12649
Issue Date: 15-May-2008
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Laerte.pdf5.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.