Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12644
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Histologia do testículo aposto a um retalho intestinal (cecal) em ratos
metadata.dc.creator: Rodrigues Júnior, Saulo
metadata.dc.contributor.advisor1: Diogo Filho, Augusto
metadata.dc.contributor.referee1: Eurides, Duvaldo
metadata.dc.contributor.referee2: Tatsuo, Edson Samesima
metadata.dc.contributor.referee3: Oliveira, Paulo Gonçalves
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho experimental tem como objetivo estudar histologicamente a vascularização testicular, depois da aposição cirúrgica de um retalho intestinal (ceco) ao testículo de ratos Wistar, bem como as conseqüências do procedimento para a gônada. Utilizou-se 53 ratos, adultos, machos, com idade entre 12 meses e 16 meses, da linhagem Wistar e pesando entre 290g e 440g selecionados de uma população de ratos de laboratório, aparentemente sadios e divididos em quatro grupos, GI, GII, GIII e GIV. Os ratos, em jejum para sólidos por 12h, foram anestesiados com Cloridrato de cetamina (40mg/Kg) e Cloridrato de xilazina a 2% (1mL / Kg). Os pesos foram aferidos 30 minutos antes dos procedimentos cirúrgicos e 30 minutos antes da eutanásia. Foram operados aleatoriamente ratos dos grupos (I, II, e III). Para o GIV os ratos foram apenas separados, nas mesmas condições, como grupo controle. Após as intervenções cirúrgicas, todos os animais foram tratados com a mesma alimentação (ração), iniciada após a recuperação anestésica, ad libitum e colocados em ambientes com as mesmas características. Foram excluídos sete animais. Grupo I: celiotomia, identificação do ceco, mobilização do testículo direito (TD), por tração, para o abdome, sutura do retalho cecal ao testículo e fechamento da cavidade. Grupo II: celiotomia, mobilização, do TD para o abdome, fixação do testículo ao peritônio e fechamento da cavidade. Grupo III: celiotomia e mobilização do TD para o abdome por três minutos, reposicionamento na bolsa testicular e fechamento da cavidade. Grupo IV: não foram operados. A eutanásia foi feita 20 dias depois e os testículos foram enviados para análise histológica. Realizou-se análise morfométrica (histometria) e classificação segundo escore de lesão (EL). Avaliou-se a vascularização testicular, comparando-se os grupos I e III. Compararam-se estatisticamente as médias dos pesos entre os grupos. Considerouse um p < 0,05. Os diâmetros dos TD no GI foram iguais aos do GII (TD menores) e diferentes dos mesmos diâmetros de GIII e GIV. A média dos escores de lesão nos TD foi de 5,83 pontos para o GI, de 3,3 pontos para o GII, não havendo diferença significativa entre esses. No entanto, foram diferentes de GIII e GIV (sem lesão). A vascularização no GI teve média de 16,9 vasos por campo de grande aumento (400X) no TD. No GIII a média foi de 0,96 no TD e 0,92 no TE, com diferença significativa. O peso médio dos ratos no GI foi igual ao GII e diferente de GIII e GIV. Houve aumento significativo da vascularização dos testículos apostos aos retalhos intestinais. As lesões testiculares encontradas não puderam ser relacionadas à presença do retalho intestinal. A anestesia, a resposta ao trauma cirúrgico, a manipulação dos testículos e a variação dos pesos não provocaram lesões ou redução dos diâmetros testiculares.
Abstract: The aim of this experiment is to study, histologically, the testicular vascularization, after apposition of an intestinal pedicle flap to the testicle of Wistar rats, as well as the consequences of procedure for the gonads. It was used 53 Wistar male rats with age varying between 12 and 16 months, and weighing between 290g and 440g were selected into a laboratory rats population, apparently healthy and divided into 4 groups, GI, GII, GIII and GIV. The rats, with a 12h fast for solid food were submitted to anesthesia using Cetamine hydrochloride (40 mg /Kg) and a 2% Xylazine hydrochloride solution (1mL /Kg). The animals were weighed 30 minutes before procedures and 30 minutes before euthanasia. The surgical procedures were randomly made in rats of GI, GII and GIII, but the rats of GIV were only reserved, in the same conditions, as a control group. After procedures, the animals were treated with the same food, offered after anesthetic recovery, ad libitum and placed in an environmental with the same characteristics. Seven rats were excluded. GI: submitted to celiotomy, mobilization, by traction, of the right testicle (RT) to the abdomen, cecal flap suture to the RT and cavity closure. GII: celiotomy, mobilization of the RT to the abdomen, fixation of RT into abdomen (peritoneum) and cavity closure. GIII: celiotomy, mobilization of the RT to the abdomen, RT exposition to air (3 minutes), reposition into scrotum and cavity closure. GIV: not operated on (control group). Euthanasia was done 20 days after and the testicles were submitted to histological analysis. A Morfometric analysis (histometry) was done and lesions score classification was applied. Testicular vascularization was studied with comparison between GI and GIII. The weight s averages were compared among the groups. A p < .05 was considered. The GI RT diameters were not different to GII RT and all have decreased size in comparison with RT of GIII and GIV. The lesions score s average was 5.83 in the RT of GI and 3.3 in GII, without statistical difference. The vascularization s average in the RT of GI was 16.9 vessels in 400X augmentation field. In the GIII the average was 0.96 to the RT and 0.92 to left testicles. The weight s average in GI was similar with GII but different of GIII and GIV. There was significant vascularization in the testicles with intestinal flaps. Testicle lesions were observed, but the intestinal flap wasn t a proved cause. The anesthesia, the surgical trauma response the manipulation of the testicles and the weigh variations didn t cause lesions or diameters decrease in the testicles.
Keywords: Criptorquia
Vascularização
Retalho intestinal
Ratos
Cryptorquidism
Vascularization
Intestinal pedicle flap
Rats
Testículos - Histologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citation: RODRIGUES JÚNIOR, Saulo. Histologia do testículo aposto a um retalho intestinal (cecal) em ratos. 2008. 110 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12644
Issue Date: 28-Aug-2008
Appears in Collections:PGCS - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Saulo parte 1.pdf6.51 MBAdobe PDFView/Open
Saulo parte 2.pdf6.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.