Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12625
Document type: Dissertação
Access type: Acesso Aberto
Title: Satisfação dos professores de contabilidade no Brasil
Author: Araújo, Tamires Sousa
First Advisor: Miranda, Gilberto José
First member of the Committee: Freitas, Sheizi Calheira de
Second member of the Committee: Passos, Janduhy Camilo
Summary: A satisfação no trabalho tem sido discutida no meio organizacional com foco no bem estar dos funcionários. No âmbito da profissão docente, pesquisas já realizadas apontam que os professores têm apresentado baixa satisfação (JESUS et al., 1992; PEDRO; PEIXOTO, 2006; PEDRO, 2011). A profissão docente em contabilidade passou por algumas alterações em decorrência a mudanças do ensino superior, tais como: a ampliação do ensino público e privado, a criação do ensino a distância, crescimento do número de alunos matriculados, expansão da pós-graduação, e alterações advindas da adoção das IFRS. Em meio a tais mudanças, a proposta desse trabalho foi identificar a predominância da satisfação dos professores de contabilidade no Brasil. Para atender tal propósito o estudo utilizou como suporte a Teoria dos Dois Fatores desenvolvida por Herzberg (1987), que tem por base a Teoria da Motivação Humana de Maslow (1943), que propõe que a satisfação é movida pelo enriquecimento de cargos , que seria oferecer oportunidades para o crescimento psicológico do empregado, mantendo-o satisfeito com o seu trabalho. A pesquisa classifica-se como descritiva e utilizou-se para a análise dos dados a abordagem quantitativa. O instrumento de coleta de dados foi o questionário de Satisfação no Trabalho para Professores desenvolvido por Pedro e Peixoto (2006). Foram obtidas 641 respostas válidas de docentes de todas as regiões do Brasil. Os resultados evidenciam que o sentimento de satisfação é presente nos docentes dos cursos de Ciências Contábeis, pois a maioria dos docentes gostam da profissão e em geral, sentem-se satisfeito com a profissão . Em relação ao ciclo de vida docente, identificou-se que na medida em que os anos de experiência aumentam a satisfação docente também cresce, de forma que nos primeiros anos do ciclo de vida (1 a 3 anos) os docentes têm menores índices de satisfação, já a última fase (acima de 35 anos) estão concentrados os maiores níveis. O fator que mais impulsiona a satisfação é a Realização Pessoal, que é um fator motivacional. Também foi possível identificar os sentimentos mais expressivos entre os docentes, destacam-se os sentimentos positivos elegidos por 67,3% dos respondentes, enquanto os sentimentos negativos, que remetem à insatisfação profissional, foram apontados por 32,7% dos professores pesquisados. Esses resultados sugerem que apesar das mudanças do cenário contábil, os docentes encontram-se satisfeitos com a profissão.
Abstract: Satisfaction at work has been discussed in organizational environment focusing in the workers well-being. Within the teaching profession, researches already made indicate that teachers have showed low satisfaction (JESUS et al., 1992; PEDRO; PEIXOTO, 2006; PEDRO, 2011). The teaching profession in accounting went through some alterations due to changes in higher education, such as: the expansion of public and private education, the creation of distance learning, growth in the number of enrolled students, graduate expansion, and changes arising from the IFRS adoption. Amid these changes, the purpose of this study was to identify the preponderance of satisfaction of accounting teachers in Brazil. To meet this purpose the study used to support the of Two-Factor Theory developed by Herzberg (1987), which is based on the Theory of Human Motivation by Maslow (1943), which proposes that satisfaction is driven by \'enrichment positions\' that would provide opportunities for the workers psychological growth, keeping them satisfied with their work. The research is classified as analytical and used for data analysis the quantitative approach. The data collection instrument was a survey of \"Work Satisfaction for Teachers\" developed by Pedro and Peixoto (2006). It were obtained 641 valid responses of teachers from all regions of Brazil. The results show that the feeling of satisfaction is present in teachers of the Accounting courses, since most of the teachers \'love of the profession\' and \'generally feel satisfied with the profession\'. In regard to teaching life cycle, it was found that the extent to which the years of experience increase the teaching satisfaction also grows, so in the early years of the life cycle (1-3 years) the teachers have lower rates of satisfaction, the last phase (above 35 years) the highest levels are concentrated. The main factor that drives satisfaction is the Personal Achievement, which is a motivational factor. It was also possible to identify the most significant feelings among teachers, it is highlighted the \'positive\' feelings elected by 67.3% of respondents, while the negative feelings that lead to poor job satisfaction were mentioned by 32.7% of surveyed teachers. These results suggest that despite the changes of accounting scenario, teachers are satisfied with the profession.
Keywords: Professor
Ciências Contábeis
Brasil
Job satisfaction
Teachers
Accounting
Brazil
Satisfação no trabalho
Professores - Brasil
Professores - Contablidade
Area (s) of CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Language: por
Country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
Institution Acronym: UFU
Department: Contabilidade Financeira
Program: Programa de Pós-graduação em Ciências Contábeis
Quote: ARAÚJO, Tamires Sousa. Satisfação dos professores de contabilidade no Brasil. 2015. 84 f. Dissertação (Mestrado em Contabilidade Financeira) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12625
Date of defense: 11-Dec-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SatisfacaoProfessoresContabilidade.pdf3.81 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.