Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12413
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Estudo da via de sinalização PI3K-Akt E GSK3β em carcinomas epidermoides metastáticos e não metastáticos de cavidade bucal
metadata.dc.creator: Matsuo, Flávia Sayuri
metadata.dc.contributor.advisor1: Faria, Paulo Rogério de
metadata.dc.contributor.referee1: Crema, Virgínia Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Andrade, Cleverton Roberto de
metadata.dc.description.resumo: O carcinoma epidermoide bucal (CEB) representa mais de 90% das neoplasias malignas que acometem essa região. Na maioria dos casos o diagnóstico é realizado em estágio avançado e, portanto o paciente apresenta-se com um prognóstico ruim. Assim, estudos com proteínas envolvidas em vias de sinalização intracelular têm sido amplamente investigadas como futuros biomarcadores de diagnóstico e prognóstico. Nesse contexto, a via PI3K-Akt parece estar associada com o desenvolvimento de muitos tumores, inclusive o CEB. A proteína chave dessa via é Akt, proteína serina/treonina quinase multifuncional regulada através da via PI3K. Uma vez fosforilada, ela é capaz de regular múltiplos substratos que podem desencadear alterações metabólicas e ativar o crescimento, proliferação e sobrevida celular. Dessa forma, esse estudo teve como objetivo investigar, por imuno-histoquímica, a expressão de Akt total, pAKT1-Thr308, pAKT-Ser473, GSK3β, pGSK3β-Ser9 e pmTOR2448 em 106 pacientes, sendo 16 controles e 90 pacientes com CEB e avaliou a associação delas com fatores clinicopatológicos. Além disso, estudou-se a expressão relativa dos genes Akt1/2/3, PIK3CA, mTOR e GSK3β em 23 pacientes, sendo 7 controles e 16 tumores. Todos os casos de CEB empregados no estudo foram confirmados histologicamente e divididos em dois grupos: primários não metastáticos (PNM) e metastáticos (PM). Os dados sociodemográficos e clinicopatológicos de cada paciente foram obtidos a partir da revisão dos prontuários médicos utilizando um questionário semiestruturado. Para estudo imuno-histoquímico, utilizou-se a técnica de TMA (Tissue Microarray) e o método estreptavidina-biotina-peroxidase para a revelação das proteínas. A expressão gênica foi avaliada por PCR em tempo real. Os principais achados desse estudo foram que a expressão imuno-histoquímica das proteínas GSK3β, pGSK3β-Ser9, AKT total e pmTOR2448 foram significantemente maiores no grupo de CEB comparado ao grupo controle, sugerindo que essas proteínas podem estar relacionadas com o desenvolvimento e progressão do CEB. Além disso, a expressão das proteínas AKT total, pAKT1-Thr308, pAKT-Ser473, GSK3β e pGSK3β-Ser9 foram associadas com os fatores clinicopatológicos sexo, história familiar de câncer, localização, gradação histológica e metástases. A proteína GSK3β teve destaque com maior expressão no grupo PM, sugerindo ser um indicador de progressão em pacientes com CEB. Além disso, a sua expressão esteve significantemente associada com vários fatores clinicopatológicos. Através da análise de correlação, pôde-se observar correlação positiva e significante entre as proteínas investigadas, isso sugere que a via de sinalização PI3K-Akt está ativa na amostra de CEB estudada. Contrário aos resultados de imuno-histoquímica, a expressão relativa dos genes foi maior no grupo controle, exceto para os genes AKT3 e GSK3β, mas nenhuma diferença foi observada. A expressão relativa do gene mTOR foi estatisticamente maior no grupo controle, quando comparado aos grupos PNM e PM, o que mostra que a via mTOR é muito complexa e mais estudos são necessários para elucidar o seu papel no desenvolvimento progressão de CEB. Em conclusão, esses resultados indicam a possível ativação da via PI3K-Akt na progressão do CEB, com destaque para a proteína GSK3β como um possível biomarcador prognóstico, especialmente na predição de metástase.
Abstract: Oral squamous cell carcinoma (OSCC) represents more than 90% of all malignant neoplasms that affects these region. In most cases the diagnosis is detected in an advanced stage, hence the patient has a poor prognosis. Thus, studies with proteins that are involved in signaling pathways have been widely investigated as possible new therapeutic targets to aid the early diagnosis and prognosis. The PI3K-Akt signaling pathway has been prominent in the development of many types of tumors, including OSCC. One of the target proteins of this pathway is Akt, a serine/threonine protein kinase that is regulated by PI3K. Once phosphorylated, Akt is able to regulate multiple substrates causing metabolic disorders and activating cellular growth and proliferation. Therefore, this study aimed to investigate by immunohistochemistry the expression of Akt total, pAKT1-Thr308, pAKT-Ser473, GSK3β, pGSK3β-Ser9 e pmTOR2448 in 106 patients, being 16 controls and 90 OSCC patients, and their clinic-pathologic factors association. Additionally, this study also investigated Akt1/2/3, PIK3CA, mTOR e GSK3β gene expression in 23 patients, being 7 controls and 16 OSCC patients. All OSCC diagnoses were histologically confirmed and splitted in two groups: non-metastasizing (PNM) and metastasizing primary tumors (PM). The social and clinic-pathologic data were retrieved from each patient s medical files by using a semi-structured questionnaire. For immunohistochemistry proposal, it was performed a TMA technique and all proteins was revealed by the streptavidin-biotin peroxidase method. For gene expression, it was used the real time PCR approach. The immunohistochemical results showed that GSK3β, pGSK3β-Ser9, AKT total and pmTOR2448 proteins were more expressed in the OSCC group than the control one, suggesting these proteins can be related to OSCC development and progression. Furthermore, AKT total, pAKT1-Thr308, pAKT-Ser473, GSK3β and pGSK3β-Ser9 expression were related to the clinic-pathologic factors, including sex, family cancer history, localization, histological grade and metastasis. The GSK3β protein expression was higher in metastatic patients, therefore indicating to have a biomarker role in OSCC progression and metastasis. The correlation analysis showed significant positive correlation among investigated proteins, which means PI3K-Akt signaling pathway-driven OSCC development. The relative expression of all investigated genes was higher in the control group, except for AKT3 and GSK3β, but no significant differences was observed. The mTOR gene expression was significantly higher in the control group when compared to PNM and PM groups, suggesting such pathway to be somewhat complex and the necessity of further studies to elucidate its role in OSCC development and progression. In conclusion, these results indicate an activation of the PI3K-Akt signaling pathway in our OSCC sample and highlight a pivotal role for GSK3β protein as a prognostic biomarker and predictor of metastasis.
Keywords: Carcinoma epidermoide
Cavidade bucal
Real time PCR
Imunohistoquímica
Via de sinalização PI3K-Akt
Prognóstico
Metástase
Squamous cell carcinoma
Oral cavity
Real time PCR
Immunohistochemistry
PI3K-Akt signaling pathway
Prognosis
Metastasis
Boca - Câncer
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA::CITOLOGIA E BIOLOGIA CELULAR
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biomédicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Estrutural Aplicadas
Citation: MATSUO, Flávia Sayuri. Estudo da via de sinalização PI3K-Akt E GSK3β em carcinomas epidermoides metastáticos e não metastáticos de cavidade bucal. 2015. 82 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biomédicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12413
Issue Date: 29-Apr-2015
Appears in Collections:PPGBC - Mestrado em Biologia Celular e Estrutural Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoViaSinalizacao.pdf4.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.