Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12410
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Peçonha de Bothrops alternatus: avaliação in vitro da atividade antiviral contra a infecção pelo vírus da dengue e a influência de uma toxina isolada na secreção de citocinas
metadata.dc.creator: Dias, Edigar Henrique Vaz
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Fábio de
metadata.dc.contributor.referee1: Santiago, Fernanda Maria
metadata.dc.contributor.referee2: Costa, Júnia de Oliveira
metadata.dc.description.resumo: A peçonha de serpentes tem um futuro promissor para a medicina, pois seus componentes apresentam diversos efeitos fisiológicos e farmacológicos ao interagirem com moléculas das células. Esses componentes podem ser usados como agentes terapêuticos, marcadores para o diagnóstico de várias doenças e ferramentas de pesquisas para decifrar processos fisiológicos e patológicos em humanos. Nosso trabalho teve como objetivo isolar uma fosfolipase A2 da peçonha da serpente Bothrops alternatus e caracterizar sua influência na liberação de citocinas pró e anti-inflamatórias, bem como avaliar a sua ação sobre o efeito antiviral contra o vírus da dengue sorotipo 2. A toxina PLA2 Ba3dP7 apresentou um peso molecular de aproximadamente 17 kDa e teve a capacidade de estimular a produção das citocinas IL-10, IL-12 e TNF-&#945;, porém, a expressão das duas últimas foi estatisticamente significativa, quando comparada com a produção de IL-10, o que sugere um perfil pró-inflamatório dessa toxina (p < 0,05). Os resultados obtidos mostraram ainda que a toxina estimulou a produção de óxido nítrico, o que reforça o papel pró-inflamatório da PLA2 Ba3dP7, dessa forma, essa toxina pode ser uma importante proteína relacionada aos processos inflamatórios gerados pelo envenenamentos por serpentes da espécie B. alternatus. Foi observado que a peçonha bruta diminuiu a citotoxicidade gerada pelo DENV 2 após o pré-tratamento das células C6/36 com a mesma, caracterizando possivelmente seu papel protetor contra a infecção viral. Além disso, a peçonha bruta apresentou atividade virucida (p < 0,05). É importante ressaltar que mais estudos são necessários para determinar qual (ais) componente (s) presente na peçonha é (são) responsável (is) pela a atividade de proteção e pela ação virucida.
Abstract: The snake venom has a promising future for medicine because their components have various physiological and pharmacological effects when interacting with molecules of cells. These components can be used as therapeutic agents, diagnostic markers for various diseases and research tools for deciphering physiological and pathological processes in humans. Our study aimed to isolate a phospholipase A2 from the venom of Bothrops alternatus and characterize their influence on the release of pro and anti-inflammatory cytokines and analyze its action on the antiviral effect against dengue virus serotype 2. The toxin PLA2 Ba3dP7 had a molecular weight of approximately 17 kDa and has the ability to stimulate the production of IL-10, IL-12 and TNF-&#945;, however, the expression of the latter two was statistically significant compared with the production of IL- 10, suggesting a proinflammatory profile of this toxin (p <0.05). The results also showed that the toxin stimulated nitric oxide production, which enhances the proinflammatory role of PLA2 Ba3dP7, thus this toxin may be an important protein related to inflammatory processes generated by poisoning by snakes of the species B. alternatus. It was observed that the crude venom decreased cytotoxicity generated by DENV 2 after pre-treatment of C6/36 cells with the same, possibly featuring its protective role against viral infection. Furthermore, the crude venom showed virucidal activity (p <0.05). Importantly, more studies are needed to determine which (es) component (s) present in the venom is (are) responsible (s) for the protection activity and for virucidal action.
Keywords: Antiviral
B. alternatus
Citocinas
Dengue
Peçonha de serpentes
Cytokines
Snake venoms
Bothrops
Serpente peçonhenta - Peçonha
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA::CITOLOGIA E BIOLOGIA CELULAR
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biomédicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Estrutural Aplicadas
Citation: DIAS, Edigar Henrique Vaz. Peçonha de Bothrops alternatus: avaliação in vitro da atividade antiviral contra a infecção pelo vírus da dengue e a influência de uma toxina isolada na secreção de citocinas. 2015. 64 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biomédicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12410
Issue Date: 24-Jul-2015
Appears in Collections:PPGBC - Mestrado em Biologia Celular e Estrutural Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PeconhaBothropsAlternatus.pdf8.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.