Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12330
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Dando voz ao corpo dando corpo à voz: subjetividades de um corpo-vida
metadata.dc.creator: Brito, Kalassa Lemos de
metadata.dc.contributor.advisor1: Aleixo, Fernando Manoel
metadata.dc.contributor.referee1: Leal, Mara Lúcia
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Hebe Alves da
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa se insere na área das Artes Cênicas Práticas e Processos em Artes - e pretende problematizar/experimentar a relação corpovoz/ subjetividades/ criação. Mais especificamente, abordo a questão do trabalho do atuante no que se refere à liberação de fluxo do corpo-vida no processo de criação. Para isso, adotei procedimentos que compreendem vivências e experimentos técnico-poéticos, pesquisa e leitura bibliográfica, reflexões, registros e sistematização de conceitos e princípios a respeito do tema abordado. O percurso desenvolvido ao longo desta pesquisa aponta para o trabalho do ator sobre si mesmo, compreendido por um processo de autopesquisa, tendo como ponto de partida o (meu) próprio corpovoz e subjetividade. Considerando corpo e subjetividade não como uma identidade fixa, dada à priori, constituinte de um sujeito, mas como forças em fluxo dinâmico e heterogêneo, que estão sempre em trânsito, sempre em relação, sendo gerados e se refazendo a todo instante, de acordo com sua capacidade de afetar e ser afetado, tendo como guia princípios de alteridade. Neste sentido, corpo, voz, emoção, pensamento, intuição, memória, presença e espiritualidade foram trabalhados na busca de uma confluência e permeabilidade entre os elementos, a fim de potencializar aspectos afirmativos da vida e da criação. As práticas realizadas no contexto deste trabalho criaram espaços para uma reflexão somática, possibilitando a fricção e a fisicalização de conceitos e energias, bem como pretenderam estabelecer um campo onde não se distingue poesia e filosofia, corpo e pensamento, modos de ser no mundo e artesanatos, ética e estética. Os procedimentos aplicados contemplam experimentos com matrizes corpóreo-vocais afro-ameríndias, com cantos rituais, toques de tambor xamânico e exercícios do Alfabeto do Corpo. Neste percurso, pude constatar a potência do trabalho com o ritmo, o canto e o movimento no processo de liberação de bloqueios, de desestabilização de dicotomias e condicionamentos. Esgarçando o sujeito, promovendo a flexibilização da subjetividade, o alargamento da percepção, dissolvendo os substratos, ativando os atravessamentos, potencializando a presença - forjando novos modos de ser.
Abstract: The present research is placed within the field of Performing Arts - Practices and Processes in Art - and intends to discuss / experience the connections between bodyvoice / subjectivities / creation. More specifically, I approach the matter of the actor´s job in relation to life-flow release of body-life in the creative process. Therefore, I have adopted procedures such as technical-poetic experiments, literature searching and reading, reflections, records, as well as the systematization of concepts and principles on the subject addressed. The route that was explored during this research points to the actor's work on himself/herself understood through a process of self study, taking as its starting point (my) own corpovoz ( bodyvoice) and subjectivity. Considering body and subjectivity not as a given and fixed identity which constitutes a subject, but as forces in dynamic and heterogeneous flux, which are always in movement, always in relation, being generated and recreating itself at every instant, according to their ability to affect and be affected, guided by the principles of otherness. In this sense, body, voice, emotion, thought, intuition, memory, presence and spirituality were worked out in search of a confluence and permeability between the elements in order to empower the affirmative aspects of life and creation. The practices which were experienced in the context of this work were able to create spaces for somatic reflection, allowing friction and physicalization of concepts and energies as well as they intended to establish a field where poetry and philosophy, body and mind, ways of being in the world and crafts, ethics and aesthetics are not distinguished. The procedures that were used include experiments with african-amerindian body/vocal matrices, with ritual chants, drumming shamanic and Body Alphabet exercises. In such path, I could see the power of working with rhythm, singing and movement in the process of releasing locks, make unstable the dichotomies and conditionings. Unraveling the subject, promoting relaxation of subjectivity, extension of perception, dissolving the substrate, activating the crossings, increasing the presence - forging new ways of being.
Keywords: Subjetividade na arte
Artes cênicas
Corpovoz
Subjetividade
Corpo-vida
Processo criativo
Corpovoz (bodyvoice)
Subjectivity
Body-life
Creative process
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Artes
Citation: BRITO, Kalassa Lemos de. Dando voz ao corpo dando corpo à voz: subjetividades de um corpo-vida. 2013. 122 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12330
Issue Date: 17-May-2013
Appears in Collections:CPART - Mestrado em Artes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DandoVozCorpo.pdf8.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.