Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12293
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title:  A música sertaneja é a que eu mais gosto! : Um estudo sobre a construção do gosto a partir das relações entre jovens estudantes de Itumbiara-GO e o Sertanejo Universitário
metadata.dc.creator: Santos, Daniela Oliveira dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Ribeiro, Sônia Tereza da Silva
metadata.dc.contributor.referee1: Arroyo, Margarete
metadata.dc.contributor.referee2: Ben, Luciana Marta Del
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem como objetivo principal compreender como o gosto é construído a partir das relações entre jovens estudantes e o Sertanejo Universitário. Foram escolhidos sete jovens, dentre os estudantes do Colégio da Polícia Militar Unidade Dionária Rocha, localizada na cidade de Itumbiara-GO, com idade entre 14 e 17 anos, para participar da investigação. Nos objetivos específicos, pretende-se identificar as práticas que os jovens estabelecem com o Sertanejo Universitário e destacar como o gosto é apropriado nas/a partir dessas diversas práticas e, por conseguinte, compreender os processos de aprendizagem existentes nessas relações. No intuito de melhor entender o campo em que esta pesquisa se insere, a revisão da literatura destaca estudos associados à juventude na contemporaneidade, à relação jovem-música-escola e jovem-música-gosto, além de uma breve trajetória da música sertaneja, com destaque para sua vertente atual, o Sertanejo Universitário. No segundo capítulo, é apresentado um panorama da Sociologia da Música, com ênfase em sociólogos que colaboraram para o crescimento da área. Ainda no mesmo capítulo, é destacada a teoria do gosto, de Antoine Hennion, sendo ressaltados seus fundamentos a partir de três pilares: o gosto como uma performance, a construção do gosto com apoio na atividade coletiva e a reflexividade do amador. No terceiro capítulo, são detalhados os procedimentos metodológicos aplicados à pesquisa, optando-se pelas entrevistas narrativas como técnica de coleta de dados. Ainda neste capítulo, encontram-se informações sobre as observações realizadas na escola e durante um evento de música sertaneja, além da filmagem de um show realizada na Festa do Arraiá, em Itumbiara-GO. Para a análise, utilizo a técnica da triangulação dos dados, destacando o que os jovens narraram sobre suas práticas e performances com o Sertanejo Universitário, em que aspectos seu gosto se apoiava em uma atividade coletiva e de que forma aconteciam momentos de reflexividade. As observações realizadas permitiram a visualização das ações dos jovens envolvidos com a música, sendo igualmente importantes as reflexões sobre a escola como um espaço no qual os jovens realizam diversas práticas musicais. Nas considerações finais, é apresentada minha compreensão sobre o gosto como o resultado de uma série de práticas que os jovens estabelecem com a música, tais como: a escuta constante, o canto, a dança, dentre outras. Esta pesquisa proporciona também conhecer as estratégias utilizadas pelos jovens estudantes pesquisados para suas práticas musicais. Dessa forma, o gosto se constrói nas diversas práticas que foram percebidas enquanto os jovens executavam um instrumento (performance), nos vários momentos em que destacaram a importância do estar junto dos colegas, dos amigos e da família (atividade coletiva) e quando, por meio de uma palavra ou até mesmo pela ausência desta, davam provas de seu gosto por meio de uma atividade reflexiva.
Abstract: This research\'s main objective is to understand how the taste is built from the relationships between youth students and the Sertanejo Universitário. Seven 14 17 years old teenager students were chosen from Colégio da Polícia Militar - Unidade Dionária Rocha, located in the city of Itumbiara-GO, to participate of the investigation. More specifically, aimed to identify practices these young with the Sertanejo Universitário, and to focus how the taste is appropriated through various practices and, therefore, understand the learning process within those reationships. In order to better understand the field in which this research is part, the literature review presented studies associated with youth in contemporary, the relationship between young-music-school and young-music-taste, plus a brief history of ―música sertaneja‖ especially its current side, the Sertanejo Universitário. The second chapter provides an overview of the Sociology of Music, with emphasis on sociologists who contributed to the growth of the area. In the same chapter, the taste theory of Antoine Hennion is shown, and its foundations based on three pillars: the taste as a performance, the construction of taste with support in the collective activity and reflexivity of the amateur. The third chapter details the methodological procedures applied to research, choosing the narrative interviews as a technique for data collection. Also in this chapter, there the observations made in school and during an event of the ―música sertaneja‖, there is from a concert held on the Arraiá in Itumbiara-GO. For the analysis, I use the technique of triangulation of data, exposing the youth narrated about their practices and performances with the Sertanejo Universitário, in what respects their tastes were supported by a collective activity and how it happened moments of reflexivity. The observations allowed the visualization of the actions of youth involved with the music, and equally important reflections on the school as a space where youth perform various musical practices. In addition, I state my studies about the taste is presented as a result of a series of practices that provides youth with music, such as the constant listening, singing, dancing, among others. This research also provides to know the strategies used by youth students surveyed for their musical practices. Thus, the taste is built in diverses practices that were perceived the youth executed an instrument (performance), in the many who exhibited the importance with your colleagues, friends and family (collective activity) and when through a word or even the absence, gave evidence of his taste through a reflective activity.
Keywords: Jovens e música
Construção do gosto
Educação musical
Sertanejo universitário
Youth and music
Construction of taste
Music education
Música
Música sertaneja
Música e juventude
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Artes
Citation: SANTOS, Daniela Oliveira dos. A música sertaneja é a que eu mais gosto! : Um estudo sobre a construção do gosto a partir das relações entre jovens estudantes de Itumbiara-GO e o Sertanejo Universitário. 2012. 149 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12293
Issue Date: 9-Mar-2012
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Artes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf2.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.