Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12287
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: A dança dos orixás de Augusto Omolu e suas confluências com a antropologia teatral
metadata.dc.creator: Ferreira Junior, Antonio Marcos
metadata.dc.contributor.advisor1: Meira, Renata Bittencourt
metadata.dc.contributor.referee1: Aleixo, Fernando Manoel
metadata.dc.contributor.referee2: Martins, Suzana Maria C.
metadata.dc.description.resumo: O foco da presente dissertação é a Dança dos Orixás elaborada por Augusto Omolu na perspectiva da experiência com os princípios de formação do ator/bailarino encontradas na Antropologia Teatral de Eugênio Barba. Neste trabalho a experiência tem papel central como metodologia e também como abordagem: a pesquisa se fez em campo. O presente trabalho se divide em quatro partes. Na primeira parte através do eu; experiências; com-vivências; apreensõe apresento as impressões, sensações de um processo que foi pessoal com grande carga de subjetividade. Apresento, também, análises do meu processo de desenvolvimento artístico e sócio-psicofísico. Na segunda parte apresento as falas do mestre usando as transcrições de suas aulas que tornam possível ver e entender como ele absorveu e reorganizou os princípios da Antropologia Teatral e por outro lado como os aplica nos princípios corporais absorvidos na dança do candomblé. Na terceira parte Dança dos Orixás; Antropologia Teatral; Ator/ Bailarino Triângulo Amoroso apresento os princípios da Antropologia Teatral que se destacam nas falas de Eugênio Barba - e de alguns de seus colaboradores em especial, energia, dilatação corporal, pré-expressividade, resistência e treinamento. Na quarta parte, apresento uma breve historiografia da formação da cultura do candomblé no Brasil, e aponto as nações vindas de lá como responsáveis pela formação de uma cultura religiosa e artística eminentemente brasileiras. Ao final desta dissertação, defendo a legitimidade e consistência da proposta de Mestre Augusto Omolu elaborador de uma ―técnica‖ de dança que oferece condições sócio-psicofísicas e artísticas para pesquisadores e artistas que querem analisar e desenvolver trabalhos a partir de uma dança brasileira de matriz africana.
Abstract: The focus on this work is based on the Orixá´s Dance developed by Augusto Omolu in a transcultural perspective that combines the principles of formation that belongs to Eugenio Barba´s Theatrical Anthropology and utilized by actors and dancers. Here, I present the results of this Field research that occurred on Salvador (Bahia´s State Capital) on the first semester of 2010. It is divided in four parts: The First part begins ―Through me‖; Experiences; living (among others); tensions; I present those impressions, sensations of a personal process with a large amount of subjectivity. I also made an analysis and presented in the process of my artistic development and social-psicophysical. It goes from body weirdness (strangeness of body´s behavior) and methods, to the creation (incorporated) of my own way to participate and execute the gestures and methods normally used on physical preparation. On second part of this research, I present the master´s speach using transcriptions of his classroom allowing to observe and understand the way he absorved and reorganized the theatrical antropology and how he applies it on body´s principles that were absorved from candomblé´s dance. In the third part "Orixá´s dance; Theatrical Anthropology; Actor/ Dancer - Triangulo love" I present the theatrical Anthropology´s concept over the Eugenio Barba´s Speach (teachings) such as some of his followers regarding to energy, dilatation, body issues, resistance and training. On fourth part I present a brief historiography of cultural formation on Brazilian´s Candomblé, and pinpoint their nations natural providers as responsable for an authentic Brazilian religious and artistic culture. At the end of this work I defend the legitimacy and consistence of Master Augusto Omolu´s proposal, that elaborated a Dance technique that offers social - psicophysics and artistic conditions to researchers and artists to analyse and develop several works through a Brazilian Dance with an Africa Essence and begining.
Keywords: Dança dos Orixás
Antropologia teatral
Augusto Omolu
Eugênio Barba
Dança afro-brasileira
Candomblé
Orixás´s dance
Theatrical anthropology
Afro-brazilian dance
Teatro e sociedade
Dança Aspectos sociais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Linguística, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Artes
Citation: FERREIRA JUNIOR, Antonio Marcos. A dança dos orixás de Augusto Omolu e suas confluências com a antropologia teatral. 2011. 138 f. Dissertação (Mestrado em Linguística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12287
Issue Date: 28-Feb-2011
Appears in Collections:CPART - Mestrado em Artes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d.pdf2.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.