Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12268
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Apartamentos mínimos contemporâneos: análises e reflexões para obtenção de sua qualidade
metadata.dc.creator: Mendonça, Rafaela Nunes
metadata.dc.contributor.advisor1: Villa, Simone Barbosa
metadata.dc.contributor.referee1: Nunes, Viviane dos Guimarães Alvim
metadata.dc.contributor.referee2: Pina, Silvia Aparecida Mikami Goncalves
metadata.dc.description.resumo: O fenômeno da minimização das residências, especialmente dos apartamentos, é perceptível e não se restringe apenas à moradia de baixa renda, podendo ser visto até mesmo em imóveis com valores mais altos. Um problema comum, na maioria desses domicílios, é a maneira insatisfatória e inadequada com que respondem aos modos de morar contemporâneos. Os objetivos dessa pesquisa foram analisar as inadequações geradas pela minimização dos apartamentos contemporâneos, seus efeitos sobre os modos de morar, apresentar recomendações que norteiem a melhoria da qualidade funcional destes espaços, através de uma relação mais intensa entre o design e a arquitetura. Empreendimentos lançados na cidade de Uberlândia-MG, entre os anos de 2010 e 2015, destinados à classe média a partir de critérios préestabelecidos foram adotados como objetos de estudo. As análises centraram-se também no mobiliário e equipamentos essenciais à dinâmica doméstica destes apartamentos, disponíveis em lojas de varejo e departamento presentes na cidade, contudo, de abrangência nacional. A minimização, agravada por condicionantes físicos, construtivos e funcionais do edifício, inviabilizam as dimensões físicas e de uso dos equipamentos e do mobiliário que compõe o arranjo da habitação. A restrição sobre os modos de morar ocorrem na medida em que inviabilizam e tornam negativas as sobreposições de atividades, assim como, desconsideram as variações de perfis de moradores e suas necessidades de adaptação e apropriação no decorrer do tempo. Soluções foram indicadas para atender o conceito de uso, flexibilidade, adequação, apropriação, privacidade e ergonomia. A organização do espaço, parte do conhecimento sobre o mobiliário e equipamentos necessários à dinâmica doméstica e esses, por sua vez, devem ser projetados com vistas à modularidade e adaptabilidade. As análises desenvolvidas frente cada conceito, identificaram e evidenciaram os principais problemas de incompatibilidade e inadequação, resultando em recomendações para atender ao uso, flexibilidade, adequação, apropriação, privacidade e ergonomia. Concluímos que ações de design, visando estratégias de modularidade e adaptabilidade para os móveis e equipamentos, são colaboradoras para que a habitação torne-se coerente ao seu destino, estabelecendo relação saudável entre lar e morador.
Abstract: The phenomenon of minimization of the residences, especially of the apartments, it is noticeable and not restricted only to low-income housing and can be seen even in buildings with higher values. A common problem in most of these households, is unsatisfactory and inappropriate manner with which respond to contemporary modes of living. The objectives of this research were to analyze the inadequacies created by the minimization of contemporary apartments, their effects on modes of living, make recommendations that guided the functional quality improvement of these spaces, through a more intense relationship between design and architecture. Projects launched in the city of Uberlândia-MG between 2010 and 2015, aimed at the middle class from pre-established criteria were adopted as objects of study. The analysis also focused on furniture and equipment essential to the domestic dynamics of these apartments, available in retail and department stores present in the city, however, of national scope. Minimizing, exacerbated by physical constraints, functional construction and the building, placing the physical dimensions and use of the equipment and furniture that makes up the housing arrangement. The restriction on the modes of living occur insofar as such and make overlays of adverse activities, as well as, disregard changes in profiles of residents and their needs for adaptation and appropriation in the course of time. Solutions have been shown to meet the concept of use, flexibility, fitness, ownership, privacy and ergonomics. The Organization of space, part of the knowledge about the furniture and equipment needed for the domestic dynamics and these, in turn, must be designed for modularity and adaptability. The analyses developed front each concept, identified and highlighted the main problems of incompatibility and inadequacy, resulting in recommendations to address the use, flexibility, fitness, ownership, privacy and ergonomics. We conclude that actions aiming to design strategies of modularity and adaptability to the furniture and equipment, are collaborators for the housing become consistent to its destination by establishing healthy relationship between home and resident.
Keywords: Edifício de apartamento
Qualidade funcional e ambiental
Comportamento e modo de vida
Processo de projeto
Design
Apartment building
Functional and environmental quality
Behavior and way of life
Project process
Qualidade ambiental
Projeto arquitetônico
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: MENDONÇA, Rafaela Nunes. Apartamentos mínimos contemporâneos: análises e reflexões para obtenção de sua qualidade. 2015. 305 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12268
Issue Date: 14-Aug-2015
Appears in Collections:DISSERTAÇÃO - Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ApartamentosMinimosContemporaneos.pdf7.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.