Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12116
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Desempenho de híbrido de girassol em resposta ao vigor das sementes, população de plantas e desuniformidade de semeadura, no outono de 2009 em Uberlândia-MG
Other Titles: Performance of hybrid sunflower in response to seed vigor, plant population and uniformity of sowing in 2009 autumn in Uberlândia MG
metadata.dc.creator: Brunes, Rélia Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Carlos Machado dos
metadata.dc.contributor.referee1: Melo, Benjamim de
metadata.dc.contributor.referee2: Fernandes, Jonas Jäger
metadata.dc.contributor.referee3: Aguiar, Paulo Antonio de
metadata.dc.contributor.referee4: Cruz, Simério Carlos Silva
metadata.dc.description.resumo: Na cultura do girassol, é comum ocorrer plântulas dominadas, talvez, devido à desuniformidade entre sementes do mesmo lote. Essa variação resulta do gradiente natural de maturação das sementes no capítulo, o que tem exigido mais rigor no beneficiamento para se reduzir a variação. Embora seja conhecida a relação da desuniformidade de emergência com a produtividade, há carência de constatações científicas sobre ela. Este trabalho objetivou avaliar o desempenho de híbrido de girassol em resposta ao vigor das sementes, à população de plantas e à desuniformidade de semeadura no outono de 2009 em Uberlândia MG, sobre o comportamento individual das plantas resultantes e o desempenho geral das comunidades. Foram conduzidos dois experimentos na área experimental da Fazenda do Glória, da Universidade Federal de Uberlândia. No primeiro experimento, o delineamento foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos incluíram sete combinações de distribuição de sementes de alto e baixo vigor ao longo da linha de semeadura, correspondente às seguintes proporções de plantas provenientes de sementes de alto vigor na comunidade: 1,0 (A:A); 0,75 (3A:1B); 0,67 (2A:1B); 0,50 (1A:1B); 0,33 (1A:2B); 0,25 (1A:3B); 0,0 (1B:1B). No segundo experimento, o delineamento foi o de blocos ao acaso com arranjo em parcelas subdivididas com cinco repetições. Nas parcelas, foram avaliadas quatro populações (35 mil, 40 mil, 45 mil e 50 mil plantas ha 1); nas subparcelas, foi avaliada a desuniformidade de semeadura mediante variação na data de semeadura na linha, sendo: 1) semeadura uniforme (0 0 0 0); 2) semeadura intercalada de sementes sete dias após a primeira semeadura (0 7 0 7); 3) semeadura intercalada 14 dias após a primeira semeadura (0 14 0 14); e, 4) semeadura aos 7 e 14 dias após a primeira semeadura (0 7 14 0). Foram avaliadas medidas de emergência, sobrevivência de plantas 60 dias após a primeira semeadura e na colheita, diâmetro e altura de capítulo, umidade e produtividade. Conclui-se que: a) as combinações de vigor das sementes não interferiram no diâmetro, na altura de capítulos, na sobrevivência das plantas, na umidade e na produtividade das comunidades; b) o aumento na proporção de sementes de alto vigor proporcionou acréscimo linear na produtividade das plantas individuais originárias das sementes de alto vigor nas comunidades, porém não apresentaram um comportamento dominante sobre plantas de baixo vigor adjacentes na linha de semeadura; c) emergência, sobrevivência 60 dias após a semeadura e na colheita (comunidade) e o diâmetro de capítulos (desempenho individual de plantas de semeadura uniforme) se reduziram com o aumento da população de plantas; d) na análise individualizada das plantas em função da desuniformidade de semeadura, as de semeadura uniforme apresentaram desempenho superior para diâmetro de capítulo e produtividade, enquanto na comunidade não houve diferenças de produtividade em função da população e da desuniformidade de semeadura .
Abstract: In the sunflower cultivation seedlings dominated probably because of nonuniformity between seeds from the same portion is a common occurrence. This variation results from a natural gradient of seed maturation in the capitulum, which has demanded a rigorous processing to reduce variation. Although the relationship between nonuniform emergence and productivity is already known, there is a lack of scientific findings on it. This study aimed to evaluate the performance of hybrid sunflower in response to seed vigor, plant density, and uniformity of sowing during 2009 autumn in Uberlândia, Brazil, with a focus on the behavior of individual plants and the resulting overall performance of communities. Two experiments were carried out at Uberlândia s Federal University s Glória Experimental Farm. The first trial was a randomized block design with four replications. Treatments consisted of seven combinations of high and low vigor seed s distribution along the seeding line, which corresponded to the following ratios of plants sprung from seeds of high vigor in the community: 1,0 (1A:1A); 0,75 (3A:1B); 0,67 (2A:1B); 0,50 (1A:1B); 0,33 (1A:2B); 0,25 (1A:3B); 0,0 (1B:1B). The second trial was a randomized block design with a split plot arrangement with five replications. Four populations (35,000, 40,000, 45,000 and 50,000 plants ha 1) were evaluated; and in the split plots it was evaluated the sowing uniformity through the variation in the sowing date, being: 1) uniform sowing (0 0 0 0); 2) interspersed sowing seeds seven days after the first sowing (0 7 0 7); 3) interspersed sowing fourteen days after the first sowing (0 14 0 14); 4) sowing seven days and fourteen days after the first sowing (0 7 14 0). We evaluated the emergence measures, seedlings survival 60 days after the first sowing and in the harvest, capitulum diameter and height, moisture, and productivity. We conclude that: a) seed vigor combinations did not affect capitulum diameter and height, plant survival, moisture, and productivity of sunflower communities; b) the increase in the proportion of high vigor seeds increased linearly the productivity of individual plants sprung from high vigor seeds within communities, although they did not show a dominant behavior over low vigor adjacent plants in the sowing line; c) emergence, survival 60 days after sowing and in the harvest (community), and capitulum diameter (individual performance of uniform sowing plants) reduced with the increase of plant population; d) in the analysis of individual plants according to sowing nonuniformity, uniform sowing plants had a superior performance as to capitulum diameter and productivity, while there was no differences in productivity due to population and sowing nonuniformity in the community.
Keywords: População
Desuniformidade
Competição
Tournesol
Helianthus annuus
Population
Uniformity
Competition
Girassol - Cultivo
Girassol - Semente
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Agronomia
Citation: BRUNES, Rélia Rodrigues. Performance of hybrid sunflower in response to seed vigor, plant population and uniformity of sowing in 2009 autumn in Uberlândia MG. 2010. 51 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12116
Issue Date: 26-Jan-2010
Appears in Collections:PPGA - Mestrado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
relia.pdf4.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.