Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12088
metadata.dc.type: Tese
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Deriva e análise de risco das aplicações de fungicidas, herbicidas e inseticidas nas culturas do feijão e da soja
Other Titles: Drift and risk assessment of fungicide, herbicide and insecticide application on dry bean and soybean crops
metadata.dc.creator: Bueno, Mariana Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor1: Cunha, João Paulo Arantes Rodrigues da
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Santana, Denise Garcia de
metadata.dc.contributor.referee1: Carvalho, Stephan Malfitano
metadata.dc.contributor.referee2: Gandolfo, Marco Antonio
metadata.dc.contributor.referee3: Oliveira, Rone Batista de
metadata.dc.description.resumo: A utilização de produtos fitossanitários no manejo das culturas do feijão e da soja é muito importante para manter a sanidade dos cultivos. Contudo, o uso inadequado desses produtos pode causar riscos de contaminação à fauna, à flora e aos seres humanos, quando ocorre deriva durante as aplicações. Assim, o trabalho objetivou quantificar a deriva depositada decorrente da aplicação terrestre com diferentes pontas de pulverização, a fim de se obter curvas de deriva para as culturas do feijão e da soja e, a partir dessas, calcular os índices de risco ambiental e ocupacional de produtos fitossanitários utilizados para as duas culturas e estabelecer zonas de segurança para essas aplicações. O trabalho foi dividido em duas etapas: na primeira estimaram-se curvas de deriva para as culturas do feijão e da soja, conforme a metodologia proposta pela norma ISO 22866. Em delineamento de blocos casualizados e esquema de parcela subdividida no espaço 4 x 20 com 10 repetições, foi mensurada a deriva proveniente da pulverização com quatro tipos de pontas (jato plano simples e com indução de ar XR e AIRX e jato plano defletor simples e com indução de ar TT e TTI) em 20 pontos amostrais (correspondentes a 20 distâncias paralelas à linha de cultivo fora da área-alvo, espaçadas em 2,5 m). Para a avaliação dos depósitos em alvos de papel filtro junto ao solo adicionou-se ao tanque de um pulverizador hidráulico de barras um marcador composto do corante Rodamina B para ser detectado por fluorimetria. Na segunda etapa foram calculados os índices de risco de contaminação decorrentes da exposição a fungicidas, herbicidas e inseticidas recomendados para as duas culturas no Brasil. Os índices de risco foram calculados para três diferentes grupos: organismos aquáticos (daphnia, algas e peixes), terrestres (abelhas e minhocas) e risco ocupacional para espectadores, crianças e residentes; calculados de acordo com as modelagens propostas pelas metodologias POCER e HAIR. Foram obtidos quatro modelos de previsão de deriva para a cultura do feijão, e três para a cultura da soja, análogos ao Modelo Holandês , com tendência exponencial de quatro parâmetros, considerando o Percentil 90. Os coeficientes do Modelo Holandês de deriva para cultivo de Cereais (Cereals), assim como os coeficientes do Modelo Alemão para culturas anuais (Field Crops) não são indicados para estimar a deriva nas culturas do feijão e da soja. Em geral, os organismos aquáticos são os mais sensíveis à contaminação por deriva. Não foi observado risco de contaminação para minhocas. Para as abelhas, os inseticidas chlorpyrifos, spinosad e thiamethoxam apresentam riscos, independente do tamanho de gota utilizado na curva de deriva e, portanto requerem diferentes tamanhos de zonas de segurança. O herbicida paraquat é o único com potencial de risco de contaminação ocupacional. Em avaliações de estimativa de deriva e risco nas culturas do feijão e da soja, em condições climáticas brasileiras, sugere-se a utilização dos modelos de previsão de deriva gerados neste trabalho, para cada tipo de ponta de pulverização.
Abstract: The use of pesticides in management of dry beans and soybeans is fundamental to maintain healthy crops. However, inadequate use of these products represent risks of contamination of the fauna, flora and humans through drift during spraying. Thus, this study quantified deposited drift after boom spraying with different nozzles to determine drift curves for dry beans and soybeans and, from such curves, to calculated the indices of environmental and occupational risks of pesticides used for both crops and to establish buffer zones for spraying these products. The study was divided into two parts: the first one estimated drift curves for dry beans and soybean crops, according to the methodology proposed by norm ISO 22866. The experimental design was randomized blocks, in split plots over space 4 x 20 with 10 replications, measuring drift from spraying with four nozzle types (standard and venturi flat fans XR and AIXR and standard and venturi deflector flat fans TT and TTI) in 20 sampling points (corresponding to 20 parallel distances to crop row outside the target area, spaced by 2.5 m). Evaluation of deposition in filter paper targets on the soil, the dye Rodamine B was added to the tank of a hydraulic boom sprayer, which was quantified by fluorimetry. The second part consisted of computations of contamination risk evaluations from exposition to fungicides, herbicides and insecticides recommended for both crops in Brazil. The risk indices were computed for three different groups: water organisms (daphnia, alga and fish), terrestrial (bees and worms) and occupational risk for bystanders, children and residents, according to models proposed by the methodologies POCER and HAIR. Four drift prediction models were obtained for dry beans and three for soybeans, similar to the Dutch Model , with exponential trend of four parameters, considering the 90 percentile. The coefficients of the drift Dutch Model for Cereals, as well as the coefficients of the German Model for Field Crops are not adequate to estimate drift for dry beans and soybeans. In general, water organisms are more sensitive to contamination by drift. No risk of contamination was found for worms. However, the insecticides chlorpyrifos, spinosad and thiamethoxam presented risk to bees, regardless of droplet size used in the drift curve and, therefore, demand different dimensions for the buffer zones. The herbicide paraquat was the only one with potential occupational contamination risk. It is suggested that, for estimation of drift and risk in dry beans and soybeans, for Brazilian climate conditions, the drift prediction models generated in this study, for each nozzle type, should be used.
Keywords: Curvas de deriva
HAIR
POCER
Pontas de pulverização
Produtos fitossanitários
Tecnologia de aplicação
Drift curves
Spray nozzle
Pesticide
Application technology
Produtos químicos agrícolas
Plantas - Proteção
Pulverização
Fitotecnia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Agrárias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Agronomia
Citation: BUENO, Mariana Rodrigues. Drift and risk assessment of fungicide, herbicide and insecticide application on dry bean and soybean crops. 2015. 112 f. Tese (Doutorado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2015.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12088
Issue Date: 25-Mar-2015
Appears in Collections:PPGA - Doutorado em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DerivaAnaliseRisco.pdf2.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.