Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12026
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: As práticas de gestão da escola pública e a relação com seus grupos de interesse
metadata.dc.creator: Freitas, Vanyne Aparecida Franco
metadata.dc.contributor.advisor1: Valadão Júnior, Valdir Machado
metadata.dc.contributor.referee1: Valente, Lucia de Fatima
metadata.dc.contributor.referee2: Reis, José Marcelo Dantas dos
metadata.dc.description.resumo: A escola, enquanto organização e centro de todas as mudanças da sociedade, influencia e é influenciada por atores sociais. Nessas mudanças, e justificado por uma crise gerencial frente ao desmoronamento das estruturas do Estado que geriam a educação, o neoliberalismo impôs às escolas uma noção de quase-mercado, que possivelmente desdobrou-se numa visão negativa das escolas públicas. Assim, as escolas vivem um dilema entre a objetividade da proposta escola empresa e a subjetividade necessária para a formação de seres humanos, e como consequência, surgem os conflitos que vão além do embate intelectual/cultural. Nesse contexto, a Teoria dos Grupos de Interesse ou Teoria dos Stakeholders, reformulada por Freeman (2004), surgiu como norteadora deste estudo, que teve como objetivo identificar, compreender e analisar as práticas de gestão de duas escolas públicas estaduais de Ensino Fundamental completo da cidade de Ituiutaba, nas relações com seus grupos de interesse. Essa teoria parte do foco na interação com a realidade para promover a construção de novas teorias, e propõe que as práticas de gestão sejam estabelecidas para respeitar o bem-estar dos grupos de interesse, em vez de tratá-los como meios para um fim corporativo. E para esclarecer como eram as relações de influência e de participação dos atores sociais nas escolas, e ainda para garantir a triangulação dos resultados, o método utilizado para coleta de dados foi um levantamento documental e dos registros em arquivos, a observação direta e, posteriormente, entrevistas com a direção e com alguns stakeholders das duas escolas. Assim, foi possível evidenciar e confirmar na realidade das escolas a existência de diferenças entre as práticas de gestão prescritas e reais nas suas relações com seus atores sociais, bem como a centralização da gestão na figura do diretor e o processo de responsabilização e de meritocracia . Além disso, evidenciou-se a necessidade de promover a participação e integração dos grupos de interesse na escola e, igualmente, de considerar no processo de gestão seus valores e objetivos, não mais para cumprir papéis prescritos, mas para promover o bem da escola e de todos os envolvidos.
Abstract: The school as an organization and center of all the changes in society influences and is influenced by social actors. In these changes, and justified by a management crisis facing the collapse of state structures that were managing education, neoliberalism imposed on schools a sense of quasi-market, possibly unfolded a negative view of public schools. Thus, schools are experiencing a dilemma between the objectivity of the proposed \"school business\" and subjectivity necessary for the formation of human beings, and as a result, conflicts arise that go beyond the intellectual / cultural clash. In this context, the Theory of Interest Groups or Theory of Stakeholders, reformulated by Freeman (2004), emerged as guiding this study, which aimed to identify, understand and analyze the management practices of two state public schools complete primary education of city of Ituiutaba, in relations with its stakeholders. This theory of the focus on interaction with reality to promote the construction of new theories and suggests that management practices are established to respect the welfare of interest groups, rather than treating them as means to a corporate order. To clarify how was the relationship of influence and participation of social actors in schools, also to ensure triangulation of the results, the method used for data collection was a documentary survey and records in files, direct observation and later, interviews with management and with some stakeholders of the two schools. Thus, it was possible to observe and confirm the reality of schools that there are differences between the prescribed management practices and real in its relations with its stakeholders, as well as the centralization of management in the figure of the director and the process of \'accountability\' and \"meritocracy\". In addition, it highlighted the need to promote the participation and integration of interest groups in the school, and to consider in the process of managing its values and objectives, not to fulfill prescribed roles, but to promote the good of the school and of all involved.
Keywords: Educação
Gestão
Práticas de gestão
Stakeholders
Education
Management
Management practices and stakeholders
Escolas - Organização e administração
Planejamento educacional
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: FREITAS, Vanyne Aparecida Franco. As práticas de gestão da escola pública e a relação com seus grupos de interesse. 2016. 122 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2016.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/12026
Issue Date: 31-Mar-2016
Appears in Collections:CPGAD - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PraticasGestaoEscola.pdf1.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.