Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11984
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Relações que dilaceram oportunidades: o espaço invisível entre o eu e o outro
Relações que dilaceram oportunidades: o espaço invisível entre o eu e o outro
metadata.dc.creator: Mendonça, Juliana Moro Bueno
metadata.dc.contributor.advisor1: Valadão Júnior, Valdir Machado
metadata.dc.contributor.referee1: Medeiros, Cíntia Rodrigues de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee2: Irigaray, Helio Arthur Reis
metadata.dc.description.resumo: O trabalho, compreendido como motor da vida humana, caracteriza-se como o pano de fundo deste estudo, já que relações sociais são tecidas no âmbito dessa atividade nas organizações. Relações essas em que se nota a lógica da dominação assinalada pela estruturação de álibis que, em vez de repudiarem comportamentos insidiosos, acabam por estimulá-los. O espaço do trabalho, portanto, a partir da epidemia do assédio moral, deixa de valorizar a experiência humana, rica e profunda, subjugando-a à mordaça do medo. No intuito de compreender esse processo, este estudo guiou-se a partir de diferentes óticas, posto que na literatura existam carências de pesquisas que abordem para além da ótica das vítimas, quando o assunto é assédio moral. O objetivo geral delineado foi identificar as divergências e convergências entre as sentenças/processos procedentes verificados, bem como analisar os distintos discursos dos autos, das vítimas e dos (as) gestores (as) das organizações responsabilizadas, adotando como referência algumas das categorias do assédio, tais como: multicausas, consequências, perfil da vítima, direções do assédio, perfil do agressor e assédio moral como processo. Abarcaram-se também as subcategorias do assédio moral como processo, sendo essas: a duração da violência, fases, táticas do agressor e reação das vítimas. O estudo de caso, como estratégia de procedimento metodológico, foi escolhido tendo como ponto de referência a Justiça do Trabalho, da jurisdição de Uberlândia/MG. Na primeira fase da pesquisa, levantaram-se 243 casos relacionados a assédio moral no trabalho durante o período de 2007 a 2011, em que 49 desses foram procedentes. Na sequência, foi possível analisar 10 casos, com base em dois critérios em que se destacaram (tanto no arcabouço teórico quanto na análise de arquivo pertinente à primeira fase da pesquisa) mulheres, como alvo, e empresas privadas de grande porte como palco do assédio. As narrativas dessas mulheres foram gravadas e transcritas para análise do discurso, bem como as narrativas dos(as) responsáveis pelas organizações (cargo máximo ocupado na filial) em que tais casos ocorreram, ademais, os autos que mostram as duas versões (reclamante e reclamada) e a decisão jurídica foram analisados. Os resultados mostram divergências expressivas nas categorias entre a ótica das vítimas e dos (as) gerentes entrevistados (as), mas também apontam mediações multidirecionais, a partir da contribuição das visões. Por fim, considera-se a mediação preventiva essencial para evitar o processo em efeito cascata. Processo esse retroalimentado pelas consequências maléficas dessa tipologia de violência caracterizada por dilacerar oportunidades.
Abstract: Work, understood as the engine of human life, comprises the basis for this study, since social relationships are woven within this activity inside organizations. In these relationships, it is possible to verify the logic of domination marked by the structuring of alibis, who, instead of repudiating insidious behaviors, ultimately stimulate them. The work place, therefore, due to the moral harassment epidemic, ceases to value the richness and depth of human experience and subjugates it to the muzzle of fear. In order to understand this process, this study was carried out guided by different perspectives, as there is a lack of research that goes beyond the victims perspective in the literature about moral harassment. The overall goal was to identify the delineated differences and similarities between the verified proceeding sentences/processes, and analyze the different discourses of the legal documents of proceedings of the victims and of the managers of the accountable organizations, taking as reference some of the categories of harassment, such as: multicauses, consequences, victim s profile, harassment typology (vertical, horizontal or mixed), the offender s profile and moral harassment as a process. It also encompasses the subcategories of moral harassment as a process, which consist of: the duration of the violence, stages, aggressor s tactics and victim s reaction. The case study, as a strategy for methodological procedure, was chosen taking the Labour Court of the jurisdiction of Uberlândia/MG as reference. In the first phase of the research, 243 cases related to moral harassment at work were raised between the period of 2007 and 2011, of which 49 were confirmed. Shortly after, it was possible to analyze 10 cases, based on two criteria where women stood out as targets, and big private corporations as the stage for the moral harassment (both in the theoretical scope and in the analysis of files relevant to the first stage of the research). These women s narratives were recorded and transcribed for discourse analysis, as well as those by the people in charge of the organizations (occupying the highest positions at the branch) where such cases took place. In addition, the legal documents of proceedings that show the two versions (plaintiff s and defendant s) and the legal decision were analyzed. The results show significant differences in the categories between the perspective of the victims and that of the interviewed managers, and also point out multidirectional mediations from the contribution of the different views. To finish, preventive mediation is considered as essential to prevent the ripple effect of the process, which is fed back by the evil consequences of this type of violence, characterized by torn opportunities.
Keywords: Assédio moral no trabalho
Oportunidades dilaceradas
Mediações
Moral harassment at work
Torn opportunities
Mediations
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: MENDONÇA, Juliana Moro Bueno. Relações que dilaceram oportunidades: o espaço invisível entre o eu e o outro. 2013. 233 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11984
Issue Date: 30-Apr-2013
Appears in Collections:CPGAD - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Moro.pdf1.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.