Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11969
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Governança corporativa analisada nos limites circunscritos da crise subprime: análise dos efeitos da crise na volatilidade das ações no novo mercado brasileiro e no prime standard alemão
metadata.dc.creator: Fischer, Márcio Alexandre
metadata.dc.contributor.advisor1: Ribeiro, Kárem Cristina de Sousa
metadata.dc.contributor.referee1: Reis, Ernando Antonio dos
metadata.dc.contributor.referee2: Nakamura, Wilson Toshiro
metadata.dc.description.resumo: A governança corporativa emergiu num contexto de necessidade de mecanismos de incentivo e controle, com códigos que são postos à disposição das empresas para aprimorar a própria ideia de governança, com o objetivo de regular o funcionamento das estruturas internas e externas, de forma a conceder aos investidores maior segurança quanto à realização plena de seus objetivos de retorno com baixa volatilidade. É fato, por conseguinte, que empresas, instituições de supervisão e regulação tem calcado sua confiança nos padrões de governança e nos instrumentos de gestão e monitoramento dos riscos a tal ponto de entender que suas decisões poderiam ser tidas como apropriadas e eficientes para evitar ocorrências que desembocassem em riscos sistêmicos. Por isso, este estudo procura responder acerca dos efeitos da crise subprime na volatilidade de retorno das ações das empresas listadas no Novo Mercado brasileiro e no Prime Standard alemão, nos segmentos comercial, industrial e de serviços. Atém-se aos objetivos de analisar se existe diferença de volatilidade que sejam significativas nos dois países, para as empresas classificadas nos segmentos propostos, nos períodos pré-crise, crise e pós-crise. Na investigação empírica foram utilizados os testes de Kolmogorov-Smirnov, Shapiro-Wilks, Simetria e Curtose (normalidade dos dados), Levene e Box s M (homogeneidade dos dados) como pressupostos para o Teste T de Student, além do teste de esfericidade de Greenhouse-Geisser e Huynh-Feldt para a Análise de Variância Multivariada MANOVA com medidas repetidas. A utilização do Teste T de Student analisou a volatilidade das ações brasileiras comparativamente às alemãs, por ano e semestre e dentro das categorias de segmentos empresariais. A análise multivariada com medidas repetidas utilizou os testes de Pillai s Trace, Wilks Lambda, Hotelling s Trace e Roy s Largest Root para avaliar diferenças de grupos em múltiplas variáveis dependentes métricas simultaneamente. Considerando a metodologia empregada, os resultados apontam para a rejeição das hipóteses de nulidade de igualdade de volatilidade entre as empresas de ambos os países. Porém, confere-se aceitação da hipótese nula entre cada segmento. Nesse sentido, pode-se entender haver diferenças significativas entre a volatilidade das ações brasileiras e alemãs de forma geral, exceto no período do auge da crise, mas tal diferença não é atestada na análise por segmentos. Ademais, o segmento de serviços foi o mais volátil dentre os segmentos analisados.
Abstract: Corporate governance has emerged in the context of the need for incentive mechanisms and control codes that are available to companies to enhance the very idea of governance, in order to regulate the functioning of the internal and external structures in order to give investors greater certainty as to the fulfillment of their goals return with low volatility. It is a fact, therefore, that businesses, institutions of oversight and regulation has underpinned confidence in the standards of governance and management tools and monitoring of risks to the point of understanding that their decisions could be taken as appropriate and efficient to prevent occurrences finish on systemic risks. Therefore, this study seeks to answer about the effects of subprime crisis in the volatility of stock returns of companies listed on the Novo Mercado in Brazil and Prime Standard German, in the commercial, industrial and services. Adheres to the purposes of analyzing whether there are differences that are significant volatility in both countries, for companies classified in the segments proposed in the precrisis, crisis and post crisis. In empirical research we used the Kolmogorov-Smirnov, Shapiro-Wilks, symmetry and kurtosis (normality of data), Levene\'s and Box\'s M (homogeneous data) and assumptions for Student\'s t test, and test of sphericity Greenhouse - Geisser and Huynh-Feldt for Multivariate Analysis of Variance - MANOVA - repeated measures. The use of Student\'s t test analyzed the volatility of Brazilian stocks compared to Germany, a year and half and within the categories of business segments. Multivariate analysis with repeated measures tests used Pillai\'s Trace, Wilks\' Lambda, Hotelling\'s Trace and Roy\'s Largest Root to assess group differences across multiple metric dependent variables simultaneously. Considering the methodology employed, the results point to the rejection of the null hypothesis of equal volatility between companies of both countries. However, we grant accepting the null hypothesis between each segment. In this sense, one can understand there are significant differences between the volatility of the Brazilian and German actions in general, except during the height of the crisis, but this difference is not attested in the analysis segment. Furthermore, the service sector was the most volatile among the segments analyzed.
Keywords: Volatilidade de retorno das ações
Novo mercado brasileiro
Prime standard alemão
Segmentos comercial, industrial e de serviços
Return volatility of the shares
New brazilian market
Prime standard german
Segments commercial, industrial and services
Governança corporativa
Bolsa de valores Brasil
Bolsa de valores Alemanha
Crise financeira global, 2008-2009
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: FISCHER, Márcio Alexandre. Governança corporativa analisada nos limites circunscritos da crise subprime: análise dos efeitos da crise na volatilidade das ações no novo mercado brasileiro e no prime standard alemão. 2012. 200 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11969
Issue Date: 19-Apr-2012
Appears in Collections:CPGAD - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
d1.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open
d2.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.