Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11940
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Empresa e família: instituições que se entretecem na continuidade de uma cultura organizacional
metadata.dc.creator: Silva, Roseane Grossi
metadata.dc.contributor.advisor1: Valadão Júnior, Valdir Machado
metadata.dc.contributor.referee1: Oliveira, Márcia Freire de
metadata.dc.contributor.referee2: Teixeira, Enise Barth
metadata.dc.description.resumo: Compreender uma empresa e executar ações para alcançar os objetivos desejados, é desvendar as normas, costumes, hábitos, regras sociais, sonhos, emoções e significados que a constituem; é reconhecer que a racionalidade econômica se entretece com a subjetividade; enfim, é entender os indivíduos e as relações que constroem a sua Cultura Organizacional. Interpretar a cultura de uma organização é reconhecer as ambiguidades resultantes das experiências que são próprias a cada indivíduo que a compõe, não podendo assim, ser-lhe atribuída uma noção que remete apenas à homogeneidade. A cultura é heterogênea, composta simultaneamente pelo consenso, claridade e consistência das manifestações; é formada pelas diferenças, compondo subculturas; e é ambígua, em que o consenso, a clareza e a consistência existem em determinadas circunstâncias, sendo efêmeros. No negócio de família as funções e atividades da empresa estão amparadas pelos familiares. A empresa inicia o processo de crescimento e surgem múltiplos fatores, instigantes e limitantes de sua continuidade, permitindo, ou não, que o negócio possa se perpetuar por gerações e pelo tempo desenvolvendo as atividades em direção ao futuro e obtendo sucesso em longo prazo. A cultura organizacional pode ser apontada como fator contribuinte da continuidade das empresas familiares, emergindo a necessidade de compreender quais seriam, então, as manifestações imbricadas nessas empresas que interferem em sua perpetuidade. Assim, a proposta deste trabalho é responder como as manifestações culturais, sob a perspectiva da integração, diferenciação e fragmentação, de uma organização familiar de Uberlândia, atuam limitando e/ou possibilitando à sua continuidade? O estudo possui abordagem qualitativa e é descritivo. O método de procedimento utilizado buscou aporte na etnografia. O estudo de caso foi utilizado como uma estratégia para alcançar o objetivo proposto. No que se refere às técnicas para coleta de dados foram utilizadas a observação não participante; observação participante e; pesquisa de documentos, centradas em cinco categorias: Como as Coisas Funcionam; As Brincadeiras e Piadas que as Pessoas Fazem; Adequação da Estrutura Física e Equipamentos; Política de Remuneração; e Relacionamento Entre os Pares e Outros Grupos. Para interpretação dos dados, foi realizada a análise de conteúdo e análise de discurso. A escolha do objeto se deveu por informações que caracterizavam a empresa, declaradamente, uma organização familiar. Foi constatada a influência marcante da cultura organizacional no universo dessas empresas, bem como reveladas características associadas as manifestações culturais, que desvendaram temas, possibilitando o enriquecimento da literatura e contribuindo com os estudos sobre empresas familiares. Pôde ser verificada a presença de uma cultura organizacional sob a perspectiva da integração, diferenciação e fragmentação. Ao mesmo tempo em que a cultura apresentou manifestações que podem possibilitar sua continuidade, foram encontradas outras manifestações, que vão de encontro destas, limitando a perpetuidade. Ou ainda, devido ao entretecimento entre família e empresa, que perpassa pela cultura da organização, estar constantemente associando ambas as instituições, há a presença de manifestações, tanto que limitam como possibilitam sua continuidade, simultaneamente. Pôde ser verificado que a influência familiar não só faz parte dessas empresas, como também são imprescindíveis, direcionando e motivando a harmonia do sistema organizacional.
Abstract: Understanding enterprise and performing actions to achieve the desired goals is to unravel the rules, customs, habits, social rules, dreams, emotions and meanings that constitute it. It is to recognize that economic rationality is intertwined with subjectivity, ultimately. It is to understand the individuals and the relationships they build their organizational culture. Interpreting the culture of an organization is to recognize the ambiguities arising from experiences that are unique to each individual who composes it and cannot be given a concept that refers only to homogeneity. The culture is heterogeneous, composed simultaneously by consensus, clarity and consistency of events. It is formed by the differences, making subcultures and it is ambiguous in that consensus, clarity and consistency exist in certain circumstances, being ephemeral.In a family business functions and activities of the company are fostered by relatives. The enterprise starts the process of growth and there are multiple challenging and limiting factors to their continuity, allowing or not that the business can persist over generations and by time developing activities toward the future and achieving long-term success. Organizational culture may be indicated as a factor taxpayer of the continuity of family businesses, emerging from the need to understand which would be the events in those companies that interfere in its perpetuity. Therefore, the aim of this study is to answer as the cultural events, from the standpoint of integration, differentiation and fragmentation of a family organization at Uberlandia, act limiting and/or enabling its continuity? The study has a qualitative approach and it is descriptive. The method of procedure used was based in ethnography. The case study was used as a strategy to reach the proposed objective. As regards to techniques for data collection were used non-participant observation, participant observation and search for documents focusing on five categories: How Things Work, The jokes that people make; Adequacy of Physical Structure and Equipment, Remuneration Policy and Relationships Among Pairs and Other Groups. For data interpretation, a content analysis and discourse analysis were performed. The choice of object was caused by information that characterized the enterprise declaredly a family organization. It was noted that the marked influence of organizational culture in the universe of these enterprises as well as revealed characteristics associated with cultural events which unveiled topics allowing the enrichment of literature and contributing to studies on family businesses. The presence of an organizational culture from the perspective of integration, differentiation and comminution could be verified. At the same time the culture had demonstrations that can enable its continuity. Other events that go against them, limiting perpetuity, were found. Or due to interweaving of family and business, that permeates the culture of the organization, constantly linking the two institutions, there is the presence of events, which limit both its continuity as possible, simultaneously. It was noted that relative influence not only is one of these enterprises but also is essential, directing and motivating the harmony of the organizational system
Keywords: Antropologia interpretativa
Cultura organizacional
Empresa familiar
Administration
Interpretive anthropology
Organizational culture
Family business
Cultura organizacional
Empresas familiares
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: SILVA, Roseane Grossi. Empresa e família: instituições que se entretecem na continuidade de uma cultura organizacional. 2010. 197 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2010.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11940
Issue Date: 27-Jul-2010
Appears in Collections:CPGAD - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diss Roseane.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.