Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11926
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Estudo comparativo entre os modelos de carreira proteana e carreira sem fronteiras por meio de escalas de atitudes
metadata.dc.creator: Silva, Jefferson de Alcântara e
metadata.dc.contributor.advisor1: Mello Junior, Edison
metadata.dc.contributor.referee1: Pinto, Rogério de Melo Costa
metadata.dc.contributor.referee2: Maestro Filho, Antônio Del
metadata.dc.description.resumo: No intuito de ampliar o entendimento sobre o tema gestão de carreiras e valer-se das contribuições provenientes de estudos sobre modelos de carreira já existentes, este trabalho orientou-se pelo objetivo geral de comprovar uma relação entre os modelos de carreira proteana e carreira sem fronteiras, por meio do relacionamento de escalas de atitudes de carreira. Foi realizado um procedimento de validação semântica em dois instrumentos de pesquisa já existentes nos Estados Unidos. Após feita a validação semântica dos questionários de atitudes e testados com um grupo de 15 pessoas, estes instrumentos foram aplicados em uma amostra de 516 estudantes de graduação em Administração da Universidade de Uberaba (UNIUBE), campus Uberaba, onde, 426 tiveram seus escores validados após análise de dados perdidos. Os resultados de confiabilidade e consistência interna dos instrumentos adaptados foram feitos utilizando o coeficiente alfa de Cronbach, a análise do coeficiente meio a meio de Spearman-Brown e a avaliação do efeito piso e teto nos itens respondidos. Foi utilizada, também, uma one-way ANOVA para comparação das médias entre grupos segmentados por período de estudo, gênero e ocupação profissional, concluindo a pesquisa com a análise de correlação entre os escores obtidos para carreira proteana e sem fronteiras. Os resultados indicaram presença moderada de atitudes inerentes aos dois modelos de carreira estudados, bem como apontou uma significante relação direta entre carreira proteana e carreira sem fronteiras quanto ao nível de atitudes de carreira nos domínios: autodirecionamento, direcionamento por valores, mobilidade organizacional e perfil sem fronteiras. Esta pesquisa abre possibilidade para outros estudos sobre gestão de carreira, utilizando os questionários adaptados e validados nesta pesquisa em conjunto com outros instrumentos existentes que possam medir as inclinações dos perfis de carreira existentes em estudantes, bem como também em profissionais que atuam há mais tempo no mercado de trabalho.
Abstract: With the aim of amplifying the understanding of career management and using contributions from existing studies on career models, this work was oriented by the general objective of proving that there is a relationship between models of protean career and boundaryless career, by relating career attitude scales. A procedure of semantic validation was carried out in two research instrument already existent in the United States. After this semantic validation of the attitude questionnaires was accomplished and tested with a group of 15 people, the instruments were applied to a sample of 516 undergraduate Business Administration students from the University of Uberaba (UNIUBE), Uberaba campus, and 426 of these had their scores validated after analysis of missing data. Reliability and inner consistency test results of the adapted instruments were accomplished by using Cronbach alpha coefficient, Spearman-Brown split-half coefficient analysis and evaluation of the ground and ceiling effect of the answered items. A one-way ANOVA was also used for comparing the averages among groups segmented by periods of study, gender and profession, the survey being concluded with the correlation analysis between the scores obtained for protean and boundaryless career. Results indicated the moderate presence of attitudes that are inherent to both models of career studied, as well as pointed to a significant direct relationship between protean and boundaryless career as to the level of career attitudes in the following domains: Self-orientation, orientation by values, organizational mobility and boundaryless profile. This research opens up the possibility for other studies on career management, using the adapted and validated questionnaires in this research in conjunction with other existing instruments that may measure the inclinations of existing career profiles in students, as well as in professionals already placed in the job market.
Keywords: Carreira proteana
Carreira sem fronteiras
Gestão de carreiras
Estudantes universitários
Validação de instrumento
Protean career
Boundaryless career
Career management
University students
Validation of instruments
Ocupações - Planejamento
Escolas de administracao de empresas
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: SILVA, Jefferson de Alcântara e. Estudo comparativo entre os modelos de carreira proteana e carreira sem fronteiras por meio de escalas de atitudes. 2009. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11926
Issue Date: 19-Aug-2009
Appears in Collections:CPGAD - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
jeff.pdf972.97 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.