Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11917
metadata.dc.type: Dissertação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Title: Rumos e legitimidade da universidade pública no Brasil um estudo da Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.creator: Souza, Sabrina de Cássia Mariano de
metadata.dc.contributor.advisor1: Sá, Raquel Cristina Radamés de
metadata.dc.contributor.referee1: Valadão Júnior, Valdir Machado
metadata.dc.contributor.referee2: Freitas, Maria Ester de
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho analisa os rumos e a legitimidade das instituições públicas de ensino superior no Brasil a partir da década de 90. Em um primeiro capítulo é apresentado o referencial a partir de quatro vertentes teóricas. Da primeira, a Teoria de Declínio Organizacional, é apreendida a importância do ambiente interno e externo na definição da legitimidade das organizações. A perspectiva ambiental é ampliada através da Teoria Institucional, segundo a qual, além do ambiente técnico há também um ambiente institucional caracterizado por crenças e mitos institucionalizados, no qual pressões externas estimulam o isomorfismo das organizações. No reconhecimento de que as reações ao ambiente podem ser percebidas de forma diferenciada pelos agentes, e que estes podem selecionar quais são os aspectos ambientais importantes para o processo decisório é apresentada a Teoria de Esquemas Interpretativos, além da Teoria de Dependência de Recursos, segundo a qual nenhuma organização é capaz de gerar todos os recursos de que necessita e, portanto, precisa obtê-los no ambiente a partir de outras organizações. No segundo capítulo do trabalho, considerando que uma instituição se legitima quando cumpre o seu papel, é apresentada uma visão histórica acerca do papel das universidades públicas no país, com destaque para as transformações recentes nas políticas governamentais que compõe o ambiente no qual estas organizações estão inseridas. O terceiro capítulo compreende a metodologia do trabalho: um estudo de caso, realizado a partir de entrevistas semi-estruturadas, que tem como objeto de análise a Universidade Federal de Uberlândia. No último capítulo, utilizando como base as discussões apresentadas nos dois primeiros capítulos, são analisadas as entrevistas visando identificar a partir da percepção de qual é o papel da Universidade Federal de Uberlândia, se esta instituição tem cumprido este papel e quais os impactos dos caminhos que esta organização tem traçado sobre sua legitimidade.
Abstract: This work analyzes the routes and the legitimacy of the public institutions of superior education in Brazil from the decade of 90. In a first chapter the referencial from four theoretical sources is presented. Of the first one, the Theory of Organizacional Decline, is apprehended the importance of the internal and external environment in the definition of the legitimacy of the organizations. The ambient perspective is extended through the Institucional Theory, according to which, beyond the environment technician also has an institucional environment characterized by beliefs and institutionalized myths, in which external pressures stimulate the isomorphism of the organizations. In the recognition of that the reactions to the environment can be perceived of form differentiated for the agents, and that these can select which are the important ambient aspects for the power to decide process the Theory of Interpretativos Projects is presented; beyond the Theory of Dependence of Resources, according to which no organization is capable to generate all the resources that e needs, therefore, it needs to get them in the environment from other organizations. In the second chapter of the work, considering that an institution if legitimizes when it fulfills its paper, is presented a historical vision concerning the paper of the public universities in the country, with prominence for the recent transformations in the governmental politics that the environment composes in which these organizations are inserted. The third chapter is the methodology of the work: a study of case, carried through from halfstructuralized interviews, that have as analysis object the Federal University of Uberlândia. In the last chapter, using as base the quarrels presented in the two first chapters, are analyzed the interviews having aimed at to identify from the perception of which are the paper of the Federal University of Uberlândia, if this institution has fulfilled to this paper and which the impacts of the ways that this organization has traced on its legitimacy.
Keywords: Análise ambiental
Legitimidade
Universidade pública
Ambient analysis
Legitimacy
Public university
Universidades e faculdades Administração - Brasil
Desenvolvimento organizacional
Universidade Federal de Uberlândia
Clima organizacional
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Uberlândia
metadata.dc.publisher.initials: UFU
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-graduação em Administração
Citation: SOUZA, Sabrina de Cássia Mariano de. Rumos e legitimidade da universidade pública no Brasil um estudo da Universidade Federal de Uberlândia. 2008. 176 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2008.
URI: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/11917
Issue Date: 8-Aug-2008
Appears in Collections:CPGAD - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sabrina.pdf923.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.